Temer vai exterminar postos de trabalho no Banco do Brasil

Começaram as manobras do governo golpista de Michel Temer para privatizar bancos estatais. O Banco do Brasil anunciou ontem, domingo (20/11), o fechamento de 781 agências, o equivalente a 14% de um total de 5.430. Também foi confirmada abertura do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), alardeado desde outubro, contudo o Banco vinha constantemente negando e dando respostas evasivas quando perguntado sobre redução de funcionários. A diretoria do BB espera a adesão de de até 18.000 funcionários aptos a se aposentar. Conforme o PEAI, os bancários e bancárias terão até 9 de dezembro para aderir.

Além dos cortes de dotação de pessoas e plano de aposentadoria, o BB também anunciou a ampliação do público alvo da jornada de 6 horas, estendendo a opção aos assessores de todas unidades.

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    Das unidades fechadas, 379 serão convertidas em postos de atendimento (com poucos ou nenhum funcionário) fechando postos de trabalho. As outras 402 agências serão desativadas, somando-se as 51 que já foram fechadas no mês passado. O BB ainda não informou quais serão desativadas. Também serão enxugadas pelo Governo Temer 31 superintendências regionais e três diretorias foram extintas.

    “Precisamos ficar alertas e prontos para a luta quanto a este Plano, agências fechadas, acúmulo de função, falta de funcionários e principalmente aos passos rumo à privatização”, diz Eneida Koury, presidente o Sindicato dos Bancários de Santos e Região, e funcionária do BB. O movimento sindical solicitou no domingo reunião urgente com a diretoria do BB nesta terça, 22, em Brasília.

    Texto: Gustavo Mesquita
    Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x