fbpx

Temer vai exterminar postos de trabalho no Banco do Brasil

Começaram as manobras do governo golpista de Michel Temer para privatizar bancos estatais. O Banco do Brasil anunciou ontem, domingo (20/11), o fechamento de 781 agências, o equivalente a 14% de um total de 5.430. Também foi confirmada abertura do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), alardeado desde outubro, contudo o Banco vinha constantemente negando e dando respostas evasivas quando perguntado sobre redução de funcionários. A diretoria do BB espera a adesão de de até 18.000 funcionários aptos a se aposentar. Conforme o PEAI, os bancários e bancárias terão até 9 de dezembro para aderir.

Além dos cortes de dotação de pessoas e plano de aposentadoria, o BB também anunciou a ampliação do público alvo da jornada de 6 horas, estendendo a opção aos assessores de todas unidades.

Das unidades fechadas, 379 serão convertidas em postos de atendimento (com poucos ou nenhum funcionário) fechando postos de trabalho. As outras 402 agências serão desativadas, somando-se as 51 que já foram fechadas no mês passado. O BB ainda não informou quais serão desativadas. Também serão enxugadas pelo Governo Temer 31 superintendências regionais e três diretorias foram extintas.

“Precisamos ficar alertas e prontos para a luta quanto a este Plano, agências fechadas, acúmulo de função, falta de funcionários e principalmente aos passos rumo à privatização”, diz Eneida Koury, presidente o Sindicato dos Bancários de Santos e Região, e funcionária do BB. O movimento sindical solicitou no domingo reunião urgente com a diretoria do BB nesta terça, 22, em Brasília.

Texto: Gustavo Mesquita
Fonte: Sindicato dos Bancários de Santos e Região
ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top