sintepp

Entre os dias 14 e 15 de fevereiro  acontecerá o V Encontro Estadual de Funcionárias/os de Escola do SINTEPP promovido pela CCNT na Universidade Estadual do Pará (UEPA), em Belém/Pa. Em breve mais informações.

CAMPANHA SALARIAL 2019 SINTEPP A primeira audiência entre SINTEPP e Governo do Estado ocorreu na manhã do dia 16/01 –, tendo o governo sido representado pela Secretária de Educação, Leila Freire, sua equipe técnica, além da participação da Deputada Marinor Brito (PSOL). A primeira audiência entre SINTEPP e Governo do Estado ocorreu na manhã do …

CAMPANHA SALARIAL 2019 SINTEPP CONCLAMA A CATEGORIA À LUTA! Leia mais »

De acordo com a assessoria jurídica do Sintepp, a decisão do STF não analisa o mérito sobre o direito que os servidores do magistério possuem sobre o valor correto do piso.

Acompanhe e participe de nossa Agende da Greve do Sintepp: 04 de junho (segunda-feira), 09:00h: Ato Público em Solidariedade à Ocupação da EE Helena Guillon;

Temos visto muita coisa errada acontecendo esses dias. O que paralisou a educação foi o descumprimento dos compromissos assumidos pelo prefeito Macarrão.

Nota do Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores em Educação Pública do Pará (SINTEPP) em apoio e solidariedade ao advogado Rivelino Zarpellon

Em cima da hora, o governo informou ao MPPA que a reunião seria no mesmo dia e horário, 19/03, às 16h, mas que não seria mais na CODEM e sim no Palácio Antônio Lemos.

O SINTEPP marcou presença na marcha alusiva ao Dia Internacional das Mulheres, que aconteceu na manhã quinta-feira, 8, em Belém. Nossa entidade em sua fala saudou as participantes e ressaltou que não poderia deixar de comparecer a deste momento de união das mulheres aguerridas, valorosas e que ao logo destes anos de luta conquistaram importantes direitos na Federação e no Estado do Pará.

No dia 22 de março, o Sintepp realizará o I Encontro de Mulheres do SINTEPP, na E.E Anísio Teixeira, em Belém-PA, com o tema “O protagonismo das mulheres contra a retirada de direitos”.

A assembleia geral da rede estadual de ensino, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (1), na EE. Cordeiro de Farias, analisou a proposta de acordo apresentada pelo governo Simão Jatene/PSDB durante a audiência de conciliação na tarde de 31.10, no Tribunal de Justiça do Estado (TJE).

31 de outubro – Paralisação estadual: Não há conciliação com retirada de direitos. A luta dos trabalhadores em educação em todo o país têm sido de resistência contra os ataques aos direitos.

O SINTEPP esteve na tarde desta segunda-feira (17) na abertura do XVII Encontro Estadual dos Sem Terrinhas, que ocorre no período de 17 a 19.10, na Universidade Federal do Pará, em Belém, e promove a integração e formação política e social entre crianças dos acampamentos e assentamentos de nosso Estado.

Jatene entrará para a história como o governador cumpridor de um dos maiores rombos aos cofres públicos do Pará. Em 2015 convenceu a ALEPA, que tem maioria composta por base aliada à sua gestão, a aprovar no apagar das luzes da legislatura daquele ano a extensão da lei que isenta por mais 30 anos para 37 empresas em atuação no Estado. Detalhe: os deputados paraenses aprovaram sem ter noção do valor real que este rombo milionário causará ao Pará.

Aulas confessionais nas escolas públicas indicam retrocesso, avalia Sintepp. O Sindicato das Trabalhadoras e dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará – SINTEPP, vem a público manifestar sua preocupação diante da decisão favorável do Supremo Tribunal Federal – STF sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) 4439, que questiona o modelo de ensino religioso e permite aulas confessionais nas escolas públicas do país

Somando-se as atividades da greve da Rede Estadual, Sintepp realizou nos dias 15 e 16 mais um ciclo de debates sobre a Reforma do Ensino Médio e o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração com as Regionais Marajó, Nordeste I, Oeste e Sudeste.

O ato público de abertura da GREVE, na manhã desta quinta-feira (14), demarcou a posição da categoria, que farta da política mal direcionada do governo Jatene/PSDB para a área da educação, se deslocou ao Seducão onde pretendia audiência com a Secretária de Educação Ana Cláudia Hage. Porém, mesmo sendo antecipadamente informada do movimento paredista, a Secretária de Estado lamentavelmente ignorou o protesto e incumbiu aos seus subordinados a tarefa de atender aos manifestantes.

A assembleia geral da rede estadual de ensino, que ocorreu na manhã de 01.09, na E. E. Cordeiro de Farias, avaliou o andamento da Campanha Salarial 2017 e deliberou pela deflagração da greve a partir do dia 14.09, definindo deste modo sua agenda para o período e demais desdobramentos de construção e organização do movimento paredista.

31/08 – Paralisação Estadual da educação no Pará. Na luta pelo pagamento do piso salarial! Governo Simão Jatene (PSDB) não cumpre determinação judicial. Piso do magistério é lei, não vamos abrir mão!

Sem interesse político de reajustar salários, governo do estado informa que irá recorrer judicialmente para tentar não pagar piso.

Os companheiros de localidades mais distantes já saíram de casa na manhã desta segunda-feira (22) para participar do Ocupa Brasília. O ato, que se realizará nesta quarta-feira (24) na capital federal com um sonoro ‘Fora Temer’, em defesa das ‘Diretas Já’ e da retirada de pauta dos projetos de reforma da Previdência e reforma trabalhista, promete ser um dos maiores protestos já realizados em unidade com todas as centrais sindicais e os movimentos sociais.

Após mais um ano de negociações sem efeito com o governo do estado do Pará para que o piso salarial dos trabalhadores e trabalhadoras em educação da rede estadual de ensino seja cumprido, eles decidiram em assembleia no último dia 26 de abril iniciar um período de greve por tempo indeterminado a partir de 3 de maio. O governo do Estado, no entanto, entrou com ação na Justiça pedindo a ilegalidade da greve, mas não obteve e a greve está mantida!

Saiba mais: → Câmara dos Deputados dá tiro de morte nos direitos trabalhistas → Nota Pública do Ministério Público do Trabalho contra a Reforma Trabalhista e apoiando a Greve Geral → Juízes e advogados em defesa da Justiça do Trabalho No dia 28/04, não vou trabalhar, vou à rua protestar! As mídias tradicionais – televisão, rádios e …

Servidores municipais de Belém aderem à Greve Geral do dia 28 de abril Leia mais »

Francamente preocupadas com os rumos que a reforma do ensino médio tem tomado no Estado do Pará, algumas entidades científicas e de classe reuniram-se e decidiram assumir uma posição conjunta para comunicar à sociedade paraense os riscos e prejuízos que podem advir da referida reforma.

Teve início na tarde desta quinta-feira (02), o 22º Congresso do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará), na capital Belém (PA).

A assembleia geral de 24|11 debaterá indicativo de greve. Reunidos (as) em assembleia geral na manhã desta quinta-feira (17) na EE Cordeiro de Farias os (as) trabalhadores (as) em educação da rede estadual de ensino deliberara, pela manutenção do estado de greve e aprovaram a agenda de lutas contra a PEC 55 e a reforma …

Pará: paralisação 25/11. Dia 29/11 marcha à Brasília Leia mais »

A Assessoria Jurídica do Sindicato das (os) Trabalhadoras (es) em Educação Pública do Pará (Asjur/SINTEPP) encaminhou para a Secretaria de Educação do Pará (SEDUC), endereçada à direção da URE 09, esta semana o parecer referente à orientação da SEDUC de cortar o ponto de trabalhadores da educação que participarem de atividades sindicais. A Assessoria Jurídica …

Pará: Sintepp responde juridicamente a orientação da SEDUC de cortar o ponto em atividades sindicais Leia mais »

Os trabalhadores e as trabalhadoras em educação da rede estadual de ensino do Pará realizam uma semana de lutas e paralisações para pressionar sobre a pauta do pagamento do piso salarial do magistério. Apesar da decisão favorável do Tribunal de Justiça do Estado (TJE/PA) no último dia 24|08, infelizmente não há qualquer sinalização para a …

Trabalhadores da educação do Pará têm semana de luta Leia mais »

O Sintepp esteve em audiência na SEAD na tarde desta terça-feira (23) onde a pauta foi o pagamento do piso|2016. Além da Coordenação do Sindicato participaram da reunião educadores que solicitaram à direção entrada na sala. Pelo governo estavam SEAD e SEDUC. Após a abertura da reunião, o Sintepp informou da participação da categoria nas …

Em audiência na SEAD governo Jatene (PSDB) confirma calote ao piso Leia mais »

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Nesta terça-feira, 08, trabalhadores de diversos movimentos sociais e sindicais, como professores do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública no Estado do Pará) e militantes do Movimento Xingu Vivo Para Sempre, ocuparam pela terceira vez a Câmara dos Vereadores de Altamira, no Pará. A ação direta ocorreu para …

Trabalhadores ocupam Câmara de Altamira (Pará) e evitam votação de projeto que prevê privatização da água Leia mais »

A Subsede do Sintepp de Irituia realizou assembleia geral dia 22/08, às 9h, no auditório da E.M. “Prof. Francisco Nunes”, juntamente com representantes do Sindsaúde, do Sindisi, sindicato dos servidores da administração, e AMAI – Associação dos Moradores e Amigos de Irituia, para unificar a luta pelos direitos da população.

“Diante dessa caótica situação, o Sintepp requereu ao Ministério Público Federal que tome providências necessárias, através de procedimento administrativo, inquérito civil e, se necessário, ação civil pública, referente à grave situação estrutural das unidades escolares deste Estado, considerando o valor do empréstimo para esse fim, solicitado pelo Estado do Pará ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tendo como fiadora …

Sintepp denuncia Jatene ao MPF pelo caos nas escolas públicas do Pará Leia mais »