opinião

Só não viu quem não quis ou quem, por razões ideológicas, não quis ver, que o processo contra o ex-presidente Lula estava viciado desde o início.

Não é mágica, mas ilusionismo. A exposição de motivos formulada por Henrique Meirelles, atual ministro da fazenda aposentado aos 57 anos pelo Banco de Boston, é mais uma peça de ilusão elaborada por economistas.

A afirmação de que a única saída para a crise econômica é o governo fazer ajuste fiscal é tão repetida pela televisão e pelos jornais que para muitos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil se coloca como verdade. Por isso não é exagero relembrar a frase acima que na Alemanha nazista foi dita pelo ministro de propaganda de Adolf Hitler: Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade.

O governo interino de Michel Temer encaminhou ao Congresso uma Proposta de Emenda à Constituição – PEC 241/16, que, se aprovada, terá o condão de alterar o papel do Estado brasileiro. Ela determina que a expansão do gasto público não-financeiro nos próximos 20 anos não poderá ser superior à inflação. Pouco se falou da gravidade …

Antônio Augusto Queiroz | A PEC 241 e o papel do Estado brasileiro Leia mais »

O Brasil precisa acordar. Não dá mais para aceitar calado o que está acontecendo nesse país. Corrupção, mal-caratismo, crueldade contra a população brasileira promovido pelo próprio governo, que sequer precisou se eleger. Foi na base do golpe. Eu mesmo não votei na Dilma, justifiquei meu voto no 13 contra o Aécio. Ter que ver o governo e o projeto que foi derrotado nas urnas assumir todos os ministérios é uma afronta à democracia. Eu não votei na Dilma, eu votei contra a possibilidade do PSDB voltar ao poder, contra ter que ver o José Serra ministro das relações exteriores, contra o Brasil retroceder nos direitos conquistados na base de muita luta nos últimos 30 anos.

Se comprar a Petrobrás já significa um grande negócio em qualquer circunstância, essa avaliação fica ainda mais tentadora em uma conjuntura de crise. A conjunção da crise política e da crise econômica ao longo dos últimos tempos tem contribuído para provocar uma preocupante paralisia nas atividades do conjunto do setor público brasileiro. Em particular, ganha …

Paulo Kliass | Petrobras: o golpe da privatização Leia mais »

Leia também: → Boletim de conjuntura econômica 6: 15 medidas alternativas à PEC 55 → Boletim de conjuntura econômica 5: As ilusões da PEC 55 → Boletim de conjuntura econômica 4: O lado mítico do ajuste fiscal → 3: A inflação na crise brasileira atual: desvendando mitos → 1: 3 mitos sobre o desemprego no Brasil atual Sammer Siman¹ …

Conjuntura econômica nº2 Leia mais »

Tramitando sem debate algum entre a sociedade, escondida pela velha mídia do público, a PEC 241 ameaça devastar SUS, universidades públicas, Previdência e muito mais. Veja por quê. Grazielle David* O artigo 3º da Constituição Federal esclarece quais são os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil: construir uma sociedade livre, justa e solidária; garantir o desenvolvimento …

Grazielle David | Brasil: o grande ataque aos serviços públicos Leia mais »

Paulo Bearzoti Filho* Amplia-se divisão no governo — entre os que exigem medidas antipopulares e o grupo fisiológico. Disputa é promissora, mas também perigosa. Ela ressuscita o espectro de 1964 Governo interino, plano de longo prazo Recessivo, privatista, insensível aos parcos direitos sociais duramente conquistados nos últimos 25 anos, o pacote de medidas econômicas e …

Paulo Bearzoti Filho | Um golpe, duas facções Leia mais »

Marcos Verlaine* Dizer que a Operação Lava Jato está paralisando os poderes Executivo e Legislativo constitui-se num tremendo equívoco. Pelo contrário! Está em curso, com força e desfaçatez, uma agenda conservadora e regressiva. É preciso denunciá-la, debatê-la e combatê-la, sob pena de retrocessos incomensuráveis. Enquanto alguns setores políticos e sociais protestam e combatem o ‘golpe’ …

Marcos Verlaine | Governo e base estão desmontando o Estado brasileiro Leia mais »

Paulo Kliass* O financismo pretende sufocar os serviços de saúde, educação, previdência e demais direitos republicanos que devem ser oferecidos pelo Estado brasileiro. As tentativas de reação política em torno da estratégia do afastamento de Dilma Roussef remontam ao dia seguinte da divulgação dos resultados do pleito de outubro de 2014. As forças que haviam …

Paulo Kliass | O desmonte de Temer Leia mais »

Oficialmente, o que existe de parte do governo interino em relação ao tema é uma preocupação com o efeito cascata dos subsídios dos ministros do Supremo Tribunal Federal, que são considerados tetos remuneratórios da Administração Pública nos três níveis de governo, e com a criação de mais de 10 mil cargos, que poderá ser vetada …

Antônio Queiroz | Reajustes dos servidores devem ser honrados Leia mais »

Leia também: → Boletim de conjuntura econômica 6: 15 medidas alternativas à PEC 55 → Boletim de conjuntura econômica 5: As ilusões da PEC 55 → Boletim de conjuntura econômica 4: O lado mítico do ajuste fiscal → 3: A inflação na crise brasileira atual: desvendando mitos → 2: Conjuntura econômica nº2 Sammer Siman¹ e Vitor Hugo Tonin² Em …

3 mitos sobre o desemprego no Brasil atual Leia mais »

A recessão e as altas taxas de juros produzem um cenário devastador na economia e, por consequência, nas relações de trabalho. Gastou-se mais do que se arrecadou. Assim, inevitavelmente, será necessário fazer ajustes. O grande problema é que a variável de ajuste é sempre o assalariado. Marcos Verlaine* Já vimos este filme antes e por isto …

Marcos Verlaine | Querem que o trabalhador pague a conta mais uma vez Leia mais »

Paulo Klias* O pacote de malefícios, sem nenhuma legitimidade democrática, aponta para tempos difíceis. A única certeza é a de que os golpistas não terão vida fácil. O anúncio dos principais nomes a ocuparem postos estratégicos na área econômica do Presidente Interino Michel Temer foi saudado com muita festa e fogos de artifício pelos mais …

Paulo Klias | Temer e os orgasmos do financismo Leia mais »

Os debates emocionados sobre a crise política têm ofuscado as mentes e, claro, também sou vítima disso. Mas um aspecto pelo menos me parece claro: estamos verificando um avanço muito perigoso do Estado de exceção e o, pior, sob o aplauso dos “dois lados” que tomaram de assalto a vida social para fazer parecer que tudo no mundo gira ao seu redor.

Antônio Augusto de Queiroz* O reajuste salarial dos servidores, embora previsto no orçamento para 2016, está sob ameaça, tanto em função da paralisia do Congresso Nacional, quanto em razão da dependência do desfecho do processo de impeachment, que poderá afastar a Presidente que patrocinou os acordos salariais. Somente a pressão e a mobilização dos servidores …

Toninho | Reajuste dos servidores sob ameaça Leia mais »

Sammer Siman* E agora José? A festa acabou. A luz se apagou… Que o de cima sobe e o de baixo desce é uma lição que aprendemos desde que o mundo é mundo, ou, melhor dizendo, desde que o Brasil é Brasil, pelo menos a julgar por esse capítulo que beira a 516 anos de …

Sammer Siman | E quem paga a conta da crise? Leia mais »

Para além da mobilização contra o governo Pezão, dia 03 de fevereiro marca a primeira atividade do recém reativado MUSPE (Movimento Unificado dos Servidores Estaduais). Esta movimentação dos servidores públicos havia tido sua última intervenção em 2008, quando chegou a levar ao Palácio Guanabara (sede do Governo Estadual) 8 mil pessoas. Além de um reajuste unificado.

Sammer Siman* O mar de lama tóxica despejado pela mineradora Samarco/Vale/BHP fez mais que matar gente, rio, toda uma biodiversidade e deixar centenas de milhares de pessoas sem água. Ele desnuda o caráter privatista e transnacionalizado do Estado brasileiro, dada sua omissão e conivência diante do maior crime ambiental do país e a insistência dos …

Sammer Siman | O Estado transnacional no Brasil Leia mais »

Aldo Santos* Que o Brasil está mergulhado numa profunda crise econômica, política e Ético/moral ninguém duvida, mas isso não dá o direito de acompanharmos em silencio e com indiferença o crescimento dos conservadores e fundamentalistas no país. Mesmo diante dessa profunda crise, por mais que tenhamos nos esforçado para buscar uma interlocução pela esquerda, acompanhamos …

Aldo Santos | O avanço das forças reacionárias? Leia mais »

Guilherme Boulos* Nesta terça (28), a agência de risco S&P (Standard & Poor’s) rebaixou a nota do Brasil e apontou a perspectiva de perda do grau de investimento para o país. O governo Dilma reagiu docilmente, dizendo que o Congresso deveria entender o sinal da agência e agilizar a aprovação do ajuste fiscal. O medo …

Guilherme Boulos | Chantagem Financeira Leia mais »

Vanessa Gravino* O patriarcado e o racismo são estruturais e estruturantes na construção do Brasil. No processo de colonização (homens e) mulheres africanas foram arrancadas de suas terras e trazidas à força para a América pelos europeus. Essas mulheres cumpriram múltiplos papeis para a formação da nação brasileira. Foram trazidas na condição de propriedade dos …

Vanessa Gravino | As terceirizações e a dominação-exploração das mulheres Leia mais »

Bernadete Menezes* O que aconteceu no Paraná é inaceitável! Às vésperas do 1º de maio, um verdadeiro massacre contra professores, acompanhado pelo governador Beto Richa (PSDB), que assistia e torcia do alto de seu gabinete, como mostram vídeos nas redes sociais. Está claro. Este é o método para impor o arrocho comandado pelo governo Dilma …

Bernadete Menezes | Não à violência de Richa e ao arrocho de Dilma Leia mais »

Estamos em 1860. O Império Britânico acaba de vencer a famosa “Guerra do Ópio” contra a China, talvez uma das páginas mais cínicas e criminosas da história cínica e criminosa do colonialismo. Metade do comércio da Inglaterra com a China baseia-se na venda ilegal de ópio. Diante da devastação provocada pela droga em sua população, …

Vladimir Safatle: Quem nos governa? Leia mais »