intersindical

Cinco exigências da Classe Trabalhadora

Diante do contexto atual lutamos por cinco medidas emergenciais, que são essenciais para a garantia da vida e dos direitos do povo brasileiro. Leia mais.

Derrotar a pandemia

Derrotar a pandemia, Bolsonaro e a ganância dos bancos

Nota de Conjuntura da Intersindical – A Intersindical Central da Classe Trabalhadora reafirma que o caminho da superação da crise econômica, sanitária e política brasileira passa pela reafirmação da solidariedade e afirmação do papel do estado e do serviço público.

derrotar bolsonaro

Ocupar as ruas em defesa dos direitos, da democracia e para derrotar Bolsonaro

O governo de Jair Bolsonaro atua para destruir os direitos da classe trabalhadora, desmontar o Estado, entregar as empresas estatais e as riquezas naturais do país, devastar as terras indígenas para entregá-las à sanha de mineradoras e agronegócio. Para tudo isso, Bolsonaro conta com apoio e votos da maioria do Congresso Nacional, do STF, da Rede Globo, Folha SP e da grande mídia. O que está em curso, portanto, é um projeto de destruição nacional para subordinar o país atender aos interesses do capital financeiro e dos Estados Unidos.

Convocação da Plenária Estadual Intersindical Central da Classe Trabalhadora – Bahia

A Comissão Organizadora da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, Seção Bahia, convoca a Plenária Estadual, para recomposição política, que acontecerá em Salvador, no dias 15 de Fevereiro de 2020, às 14h, no auditório do Convento de São Francisco de Assis situado no Largo do Cruzeiro de São Francisco, S/N – Pelourinho, Salvador.

Resolução de Balanço da Intersindical

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora é resultado de um longo processo, principalmente a partir de 2006 na batalha para reorganizar a nossa classe com base no classismo, com coerência e independência política frente a patrões, partidos e governos. Em 2014, realizamos o congresso nacional de fundação e em 2016, o primeiro Congresso da Central.

Boulos afirma seu compromisso com as pautas do movimento sindical

Boulos afirma seu compromisso com as pautas do movimento sindical combativo

A Intersindical recebeu, no último dia 08, durante a reunião da sua Direção Nacional, Guilherme Boulos, líder do MTST e pré candidato à Presidência da República pelo PSOL. Boulos participou do debate sobre conjuntura nacional, atividade que contou com a presença de cerca de cem lideranças sindicais.

Eleições 2018: votar em quem defende a classe trabalhadora e a soberania nacional

Eleições 2018: votar em quem defende a classe trabalhadora e a soberania nacional

Nenhum voto em quem apoiou o golpe e os retrocessos! O desemprego e o subemprego atingem quase 30 milhões de pessoas. Para muitos, só restou o bico e o subemprego. Mesmo aqueles que estão no mercado formal já são atingidos pela introdução dos “contratos” precarizantes da reforma trabalhista, pela compressão salarial, pelos ataques às convenções coletivas, pela terceirização e pejotização desenfreadas, pelo esvaziamento da justiça do trabalho e pela tentativa de desmontar os sindicatos.

Intersindical participa do Fórum Social Mundial 2018 | INTERSINDICAL

Intersindical participa do Fórum Social Mundial 2018

Salvador (BA) foi território do Fórum Social Mundial -2018, entre os dias 13 e 17 de março, 17 anos após sua primeira edição em Porto Alegre. Foram milhares de militantes sociais e ativistas de várias partes do mundo que se reuniram na capital baiana com a perspectiva de levar adiante a “semente transformadora” do FSM.

Pela Vida das Mulheres, Soberania e Democracia | Dia das Mulheres

Pela Vida das Mulheres, Soberania e Democracia

O 08 de março é o Dia Internacional de Luta das Mulheres. Nós sempre estivemos à frente das lutas por igualdade de direitos, por uma vida sem violência e em defesa do direito de decidir sobre nossos corpos. Isso é o feminismo: a ação coletiva das mulheres para transformar suas vidas e o mundo.

Todo apoio ao Sintraturb e demais sindicatos catarinenses

Todo apoio ao Sintraturb, Centrais e demais sindicatos catarinenses

Protesto não é crime! Nota de solidariedade da Intersindical ao Sintraurb de demais sindicatos catarinenses. A INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora denuncia a lastimável proposta do Vereador Bruno Souza, membro do grupo de extrema-direita MBL, que colocará em votação na Câmara Municipal de Florianópolis/SC, hoje (21/02) às 15h30, uma moção de repúdio ao Sintraturb (Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Urbano da Grande Florianópolis) e demais entidades sindicais que organizaram o vitorioso Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, na última segunda-feira (19/fev).

Pressão popular enterra deforma da previdência

O Dia Nacional de Luta em defesa da aposentadoria neste 19/02 foi decisivo para inviabilizar a votação da reforma da previdência neste ano. O dia de luta foi marcado por greves, paralisações e grandes mobilizações em todo o país. Em São Paulo, além das paralisações, mais de 20 mil pessoas lotaram a Avenida Paulista pra protestar contra a tentativa de Temer entregar a previdência pública para os bancos.

intersindical, manifestação, reforma da previdência (PEC 287)

Trabalhadores/as realizam atos e paralisações em defesa da Previdência

Trabalhadores da farmacêutica Astrazeneca participaram de um ato organizado pelo Unificados nesta segunda-feira, 19/02, Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência Social. A fábrica localizada em Cotia conta com cerca de 1.200 trabalhadores/as. Diversas categorias profissionais e movimentos populares realizam desde as primeiras horas de hoje assembleias com atrasos de jornada, paralisações e greves em protesto a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287) que impedirá a aposentadoria de milhões de brasileiros/as.

Bancários realizam pedágio contra a Reforma da Previdência

Bancários realizam pedágio contra a Reforma da Previdência

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e a Intersindical Central da Classe Trabalhadora realizou pedágio nesta segunda-feira (Dia Nacional de Paralisações e Manifestações), dia 19/2, a partir das 11h, em frente à Estação da Cidadania, na Av. Ana Costa (340), em Santos/SP, com faixas e entrega de carta aberta à população denunciando o desmonte da Previdência com a Reforma que o governo tenta aprovar no Congresso Nacional.

Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência

Trabalhadores paralisam atividades neste Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência Social

O dia 19 de fevereiro acordou com uma forte mobilização em torno da luta contra a Reforma da Previdência, proposta pelo governo Temer. As centrais sindicais e movimentos sociais realizaram nas primeiras horas da manhã manifestações nos aeroportos em todo o Brasil, com abordagem aos deputados e assessores que se dirigiam à Brasília, mostrando a indignação do povo em frente à proposta.

Nota: O projeto de Austeridade do MDB ataca o povo

Nota: O projeto de Austeridade do MDB ataca o Povo e o patrimônio gaúchos

A Direção Nacional INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora, reunida em 27 e 28 de janeiro, em São Paulo, manifesta apoio aos Servidores Públicos Estaduais do Rio Grande do Sul e repúdio ao Regime de Recuperação Fiscal e Privatizações que o Governo Sartori pretende aprovar em convocação extraordinária da Assembleia Legislativa, nos dias 29 a 31 de janeiro.

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Trabalhadores vão às ruas em defesa da democracia, pelo direito de Lula ser candidato e contra a agenda do grande capital

Milhares de trabalhadores foram às ruas nesta quarta-feira (24) em defesa da democracia e de Lula ser candidato. Em São Paulo, a INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora, juntamente com a Frente Povo Sem Medo e diversos movimentos populares de trabalhadores e trabalhadoras lotaram a Praça da República em defesa da democracia e contra as reformas trabalhista e da Previdência!

Aposentadoria fica. Mobilização social permanece necessária!

Aposentadoria fica! Mobilização social permanece necessária

Aposentadoria fica! Na tarde desta quinta-feira (14), o Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, foi forçado pela pressão popular, a admitir não ter os votos necessários para acabar com o direito de milhões de pessoas a aposentadoria, adianto a votação da Reforma da Previdência Social.

Contato dos Deputados

Acesse o contato dos Deputados Federais. Faça pressão total sobre eles!

Você pode fazer o download da lista oficial com todos os contatos dos Deputados da Câmara Federal clicando neste link (em PDF). Se preferir em tabela, você também pode fazer o download com os telefones dos Deputados Federais clicando neste outro link (em tabela). Nas listas há os telefones dos Deputados, e-mail, gabinete na Câmara etc.

I Congresso do SindSaúde-SC começa hoje!

I Congresso do SindSaúde/SC começa hoje!

Começa hoje o I Congresso do SindSaúde/SC, o maior evento de debate político da história da categoria da saúde em Santa Catarina. Pela primeira vez nos 66 anos de história do Sindicato, sócios poderão participar de um Congresso Sindical, a instância máxima de discussão e deliberação da categoria. É este Congresso que definirá os rumos das lutas do Sindicato pelos próximos anos.

Anjuli Tostes Dia 5-12 GREVE GERAL INTERSINDICAL

Anjuli Tostes: Dia 5/12 é GREVE NACIONAL!

A Auditora Federal da CGU e militante da Intersindical Central da Classe Trabalhadora​ e das Brigadas Populares​, Anjuli Tostes, mandou o recado após a reunião das minorias, na Câmara dos Deputados​, que ocorreu na tarde desta terça-feira (28).

GREVE NACIONAL 5/12: Contra reforma da Previdência Social!

Centrais Sindicais convocam GREVE NACIONAL dia 5/12 contra reforma da Previdência Social e em defesa dos direitos

As Centrais Sindicais convocam todas as entidades sindicais e movimentos sociais a realizarem ampla mobilização nas bases – assembleias, atos, debates e outras atividades – como processo de organização de uma Greve Nacional, no dia 5 de dezembro, contra as propostas de reforma da Previdência Social, que acaba com o direito à aposentadoria dos trabalhadores brasileiros.

10/11: Chega de apatia e divisão! - INTERSINDICAL

Chega de apatia e divisão!

Chega de apatia e divisão! O MTST e os sem teto deram a letra: Unir o povo e realizar grandes mobilizações em defesa dos direitos, do desenvolvimento social e da democracia, contra o desmonte do Estado.

MP 805/17: Temer aumenta contribuição e cancela reajustes de servidores

Temer aumenta contribuição de servidores e cancela reajustes salariais

Nesta terça, 31, Temer enviou ao Congresso Nacional a Medida Provisória (MP) 805/17 aumentando a contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%. Além de tungar o salário do funcionalismo, o ilegítimo ainda mandou cancelar reajustes salariais já acordados com os servidores.

Intersindical no Ceará é oficialmente fundada - INTERSINDICAL

Intersindical no Ceará é oficialmente fundada

Vários sindicatos, trabalhadores, dirigentes e militantes sociais estão reunidos, nesta sexta-feira, na sede do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) para fundar oficialmente a Intersindical Central da Classe Trabalhadora no Estado do Ceará.

Intersindical Ceará fundação demonstra unidade de trabalhadores

Unidade: Trabalhadoras/es fundam a Intersindical Ceará

Diversos sindicatos, trabalhadores, dirigentes e militantes sociais se reúnem no dia 27/11 em Fortaleza para fundar oficialmente a Intersindical Central da Classe Trabalhadora no Estado do Ceará. Funcionando com uma coordenação provisória desde 2014, os trabalhadores avançam na organização da Central ao oficializar a fundação e dar passos na consolidação de um sindicalismo de luta e democrático, com independência política.

25 de outubro - FORA TEMER na Avenida Paulista

HOJE: FORA TEMER na Av. Paulista!

Nessa quarta-feira (25) vamos juntos dizer que basta de Michel Temer! Estamos indo de volta à escravidão, cada vez mais bandidos protegidos pelo sistema político mandam e desmandam de acordo com seus interesses, vendendo o Brasil, desmontando a educação, a ciência e toda política de amparo às periferias e aos pobres.

Unidade e luta em defesa dos serviços, patrimônio público, aposentadoria e emprego-6

Resolução: Unidade e luta em defesa dos serviços e do patrimônio público, da aposentadoria e emprego para todas/os

A gravidade da situação exige a atenção e a mobilização do povo brasileiro, da classe trabalhadora e dos setores democráticos. A ofensiva imperialista, neoliberal e reacionária em curso aprofunda a exploração do trabalho, abocanha mais renda pública, restringe liberdades democráticas e avança na utilização predatória dos recursos naturais.

Estrutura sindical: O debate precisa ser retomado pelos trabalhadores

O debate da estrutura sindical precisa ser retomado pelos trabalhadores

O historiador Rossano Sczip abriu o Seminário “Reforma Trabalhista: Resistência e Impactos sobre a Organização da Classe Trabalhadora”, promovido pela Intersindical na última sexta-feira (13), com uma aula sobre a construção da organização dos trabalhadores e do sindicalismo no Brasil.

INTERSINDICAL apoia a greve dos trabalhadores dos Correios

Nota da INTERSINDICAL em apoio à greve dos trabalhadores dos Correios

A INTERSINDICAL Central da Classe Trabalhadora manifesta sua total e irrestrita solidariedade e apoio à greve das trabalhadoras e trabalhadores dos Correios. Os trabalhadores ecetistas seguem numa greve forte em suas 35 bases sindicais desde o dia 19 de setembro contra a privatização, o fechamento de agências, contra a pressão para adesão do plano de demissão voluntária, falta de concursos, dentre outros ataques aos direitos, além da luta por um aumento real dos salários.

Todo apoio à Ocupação Povo Sem Medo, em SBC!

Todo apoio à Ocupação Povo Sem Medo, em São Bernardo do Campo!

Cerca de sete mil famílias ocupam um terreno em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A área está abandonada há décadas e possui dívidas milionárias com IPTU não pago. A ocupação completou no último domingo trinta dias de muita resistência, solidariedade e participação popular.

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris fazem paralisação contra privatização

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris fazem paralisação contra privatização

Trabalhadores da empresa de ônibus Carris Porto Alegrense – a única empresa pública de transporte coletivo da capital do Rio Grande do Sul – realizaram na madrugada desta sexta-feira (22) uma pequena paralisação para dar um recado ao prefeito Nelson Marchezan: não somos ladrões e não aceitamos a entrega da empresa à iniciativa privada.

'Vamos' avança no 1º debate sobre a democratização da economia

‘Vamos’ avança no 1º debate sobre a democratização da economia

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora integrou o primeiro debate sobre a democratização da economia, realizado pela Frente Povo Sem Medo, por meio da plataforma Vamos!, na última terça-feira (12) à noite em São Paulo. Edson Carneiro Índio, secretário-geral da Intersindical Central da Classe Trabalhadora falou ao lado dos economistas Laura Carvalho e Luiz Gonzaga Belluzzo, do sociólogo Ruy Braga e de Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

IFSC e o golpe continuado contra a democracia

IFSC e o golpe continuado contra a democracia

Desde 2016, o golpe em curso no Brasil tem mostrado suas garras na devastadora retirada de direitos contra a classe trabalhadora. O Congresso Nacional, o Judiciário, o MPF, tem sido utilizados como instrumentos do grande capital para acelerar o ritmo da precarização da vida dos trabalhadores e trabalhadoras e para perseguir aqueles e aquelas que lutam.

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Recife > Resultados 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Recife > Apresentação dos Resultados 25/11

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Belo Horizonte > Um Programa Negro, Feminista e LGBT 11/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Belo Horizonte > Um Programa Negro, Feminista e LGBT 11/11

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Belém > Territórios e Meio Ambiente 28/10

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Belém > Territórios e Meio Ambiente 28/10

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Fortaleza > Comunicações e Cultura 07/10

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Fortaleza > Comunicações e Cultura 07/10

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Porto Alegre > Política 30/09

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Porto Alegre > Política 30/09

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Rio de Janeiro > Economia 21/09

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: Rio de Janeiro > Economia 21/09

Agenda de todas as atividades:

– Apresentação: Por que discutir um Programa para o Brasil? > São Paulo 26/08

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: São Paulo > Apresentação 26/08

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil: São Paulo > Apresentação 26/08

Agenda de todas as atividades:

– Democratização da Economia > Rio de Janeiro 16/09

– Democratização do Poder e da Política > Porto Alegre 30/09

– Democratização das Comunicações e Cultura > Fortaleza 14/10

– Democratização dos Territórios e Meio Ambiente > Belém 28/10

– Um Programa Negro, Feminista e LGBT > Belo Horizonte 11/11

– Apresentação dos Resultados > Recife 25/11

FSM: Encontro Latinoamericano e Caribenho de Solidariedade à Venezuela - INTERSINDICAL

Intersindical participa de Encontro Latinoamericano e Caribenho de Solidariedade da FSM à Venezuela

Convocados pela Federação Sindical Mundial, nos reunimos na cidade de Bogotá com 25 organizações sindicais e de aposentados do país anfitrião, junto a delegações de trabalhadores do Brasil, Panamá e Uruguai, com o propósito de debater, adotar e impulsionar ações comuns de solidariedade em favor do povo e do governo revolucionário da República Bolivariana da Venezuela: bastião de luta anti-imperialista em nossa América e fortaleza assediada pelas forças coléricas da contra revolução mundial.

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil

Vamos! Sem medo de mudar o Brasil – Diante dos ataques reiterados que o povo brasileiro vêm sofrendo do grande capital, com a entrega da soberania nacional, a perda de direitos sociais e conquistas históricas, a Frente Povo Sem Medo, formada por diversas articulações de esquerda, está promovendo um ciclo de debates para repensar o Brasil.  

Intersindical Minas Gerais na cidade de Passos

Intersindical Minas Gerais realiza reunião de planejamento na cidade de Passos

A Intersindical dá um passo importante no seu processo de ampliação e interiorização em Minas Gerais. No próximo sábado, 12 de agosto, a cidade de Passos (sudoeste de Minas), vai receber a reunião de planejamento da Intersindical Minas Gerais, debatendo os desafios da conjuntura e ampliando a intervenção da central nas lutas do estado.

MANIFESTO PELA PAZ NA VENEZUELA

MANIFESTO PELA PAZ NA VENEZUELA

O povo venezuelano, livre e soberano, retomou em suas mãos o poder originário, elegendo massivamente representantes para a Assembleia Nacional

Intersindical audiência pública na CDH do Senado debate aposentadoria especial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem

Intersindical participa de audiência pública na CDH do Senado

AO VIVO: Intersindical participa de audiência pública na CDH do Senado que debate aposentadoria especial para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. O debate aborda também a Reforma Trabalhista que está para ser votada nesta terça-feira (11) no plenário do Senado Federal. Acompanhe a transmissão.

Chacina de Pau D'Arco

Nota de repúdio à chacina de Pau D’Arco (PA) e ao governo de Simão Jatene

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora manifesta sua indignação e repúdio a mais uma chacina de trabalhadores e trabalhadoras que ocorreu no Pará, cujo governo de Simão Jatene (PSDB) há 20 anos instalado na máquina pública, já está se acostumando a ver tal situação sem que tome providência no sentido de impedir a concretização dessa  perversa realidade.

A Intersindical lamenta o falecimento da ex-Primeira Dama, Dona Marisa Letícia

A Intersindical lamenta o falecimento da ex-Primeira Dama, Dona Marisa Letícia

A Intersindical – Central da Classe Trabalhadora lamenta a morte da ex-Primeira Dama, Dona Marisa Letícia, filha de imigrantes, mulher, operária, companheira. Diante de sua passagem, nos solidarizamos com a dor da família e amigos, a quem desejamos força, conforto e paz. A solidariedade da classe trabalhadora para com os seus é um princípio.

Amauri Soares, PM da reserva: "Segurança pública é só pretexto"

Desastre anunciado: PLP 257 e PEC 241 exterminam de vez com os direitos dos brasileiros

Na entrevista a seguir, Amauri Soares, integrante da Direção Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora e Policial Militar da Reserva, sustenta que haverá uma regressão de direitos de quase 200 anos, explica as consequências que o PLP 257/16 terá para a sociedade brasileira e expõe a tática usada pelo governo Temer com a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241/16…