Tag Archives: habitação

Grupo De Trabalho das comunidades Povo sem Medo e Gringolândia

Grupo De Trabalho das comunidades Povo sem Medo e Gringolândia aprova Plano de Ação para regularização e urbanização das comunidades

Grupo De Trabalho das comunidades Povo sem Medo e Gringolândia aprova Plano de Ação para regularização e urbanização das comunidades

Vitória! Na última sexta-feira (14/12), no Grupo de Trabalho formado pela Secretaria da Casa Civil do Rio de Janeiro com a participação das lideranças das comunidades e demais entidades da sociedade civil, foram aprovados o Relatório Final e o Plano de Ação para a regularização da Gringolândia e Povo Sem Medo. Esses documentos prevêem: 1)

Nota da Intersindical em solidariedade às famílias desabrigadas pelo desabamento do prédio ocupado em São Paulo

Nota da Intersindical em solidariedade às famílias desabrigadas pelo desabamento do prédio ocupado em São Paulo

A Intersindical lamenta profundamente o incêndio e desabamento do prédio em São Paulo que abrigava os moradores da Ocupação Paissandú. É mais um triste Dia dos Trabalhadores com esta tragédia que representa o descaso do poder público com relação a quem não tem onde morar. QUEM OCUPA, NÃO TEM CULPA!

10 características do fascismo brasileiro

10 características do fascismo brasileiro

O fascismo não pode ser entendido como experiências históricas europeias isoladas e datadas, mas como uma corrente de pensamento, que de diferentes formas e intensidade, permanece até os nossos dias e disputa a condução da sociedade, cada vez mais próxima e mesclada com o liberalismo. No caso brasileiro, as características do fascismo estão associadas às condições específicas de nosso país, que é herdeiro de uma situação colonial, da escravidão, da dependência econômica, da ausência de uma elite nacionalista e de uma posição subalterna frente ao imperialismo.

MTST conquista avanços para trabalhadores sem teto da Ocupação Povo Sem Medo

Em marcha histórica, MTST conquista avanços para trabalhadores sem teto da Ocupação Povo Sem Medo

As trabalhadoras e os trabalhadores do MTST tiveram uma importante vitória nesta terça-feira (31). Após mais de 10 horas de caminhada e 23 quilômetros percorridos de São Bernardo a São Paulo, o movimento finalmente conseguiu abrir uma mesa de negociação com o Governo do Estado, além de avançar em demandas para as outras ocupações do MTST.

MTST Grande Marcha dos Sem Teto

MTST faz Marcha de São Bernardo a São Paulo contra despejo de ocupação

Junte-se à Grande Marcha dos Sem Teto! Na próxima terça-feira, dia 31, o MTST organizará uma marcha histórica. Milhares de trabalhadores sem-teto sairão da Ocupação Povo Sem Medo de São Bernardo do Campo em caminhada até o Palácio do Governo de São Paulo, no Morumbi, a partir das 6h da manhã.

Despejos administrativos - ilegalidade e inconstitucionalidade

Despejos administrativos: ilegalidade e inconstitucionalidade em Belo Horizonte

Confira o parecer-protesto elaborado pelo núcleo jurídico das Brigadas Populares contra os desejos administrativos realizados pela Prefeitura de Belo Horizonte. As Brigadas Populares opinam pela imoralidade, ilegalidade e inconstitucionalidade dessa prática!

A luta se faz com pressão popular: vitória do MTST em São Paulo

Mais de 10 mil trabalhadoras e trabalhadores do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) enfrentaram o frio desta terça-feira (13) para parar o centro econômico da cidade e garantir que o compromisso firmado em março, em resposta à ocupação de 22 dias do Movimento em frente ao Escritório da Presidência, seja de fato cumprido.

Nota das centrais sindicais em solidariedade à Ocupação Chico Prego, no ES

As diretorias estaduais do Espírito Santo da CUT, da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, da CSP/CONLUTAS e o Sindicato dos Servidores Públicos do ES manifestam total apoio à Ocupação Chico Prego, localizada no Ed. Maria Clara da Silva, e repúdio a decisão judicial de 2ª instância que deferiu pedido liminar de reintegração de posse do prédio em questão.

Ocupação Maria Guerreira, em BH, em iminente ameaça de despejo!

Mais de 100 famílias da Ocupação Maria Guerreira, localizada no bairro Copacabana em Belo Horizonte, estão ameaçadas de despejo por uma decisão horrorosa do Juiz da 3ª Vara dos feitos da Fazenda Pública Municipal que, sem observar os direitos fundamentais e o princípio da dignidade humana, estipula um prazo de 72 horas para os moradores saírem de suas casas, sem apresentar qualquer alternativa de moradia e ainda prevê multa para o Estado caso este opte pela via democrática e justa do diálogo e negociação.

Por que as ocupações urbanas de Campinas ocupam o centro da cidade?

Nós somos moradores das ocupações Nelson Mandela, Vila Paula, Itayu, Joana D`Arc e Capadócia, aqui de Campinas. Nesse dia 9 março, saímos das ocupações de madrugada e ocupamos o largo do Rosário, no centro de Campinas. Somos mulheres, homens, idosos, estudantes, vendedores, empregados domésticos, eletricistas, enfim, trabalhadores e trabalhadoras que decidiram ocupar o centro da cidade para exigir apenas uma coisa: nosso direito à moradia! Um direito negado constantemente pelo poder público.

Associação Paulista Viva pede retirada violenta de acampamento da resistência do MTST

A Associação Paulista Viva emitiu um posicionamento com ataques e mentiras sobre o MTST e mandou ofício para órgãos e parlamentares pedindo a retirada violenta da ocupação em frente ao Escritório da Presidência. Mostra seu incômodo com uma manifestação pacífica e com a presença de pobres na avenida.

Apresentação pública da Plataforma das Remoções

O Observatório de Remoções, grupo de pesquisa-ação na qual se integram pesquisadores/as dos LABCIDADE e LABHAB da FAU/USP e da Universidade Federal do ABC, convida todas e todos a participarem da apresentação pública da plataforma das remoções e debaterem sobre os resultados do mapeamento colaborativo que identifica ameaças e remoções, reintegrações de posse e despejos coletivos nas cidades de São Paulo, Santo André, Diadema, São Bernardo do Campo e Mauá.

Nota do MTST Brasil sobre a violência da polícia na Cehab e a criminalização do movimento

O dia 21 de fevereiro de 2017 ficará marcado como um dia de total descontrole do Estado de Pernambuco no que diz respeito à Segurança Pública. Se a população assistiu horrorizada os desdobramentos do assalto milionário a uma empresa de segurança pela manhã, não foi menos desesperador o campo de guerra criado pela polícia durante a tarde em frente a Companhia Estadual de Habitação de Obras de Pernambuco (CEHAB), no bairro de Campo Grande.

MTST monta acampamento de resistência contra a retirada de direitos em frente ao escritório da Presidência da República, em SP, e exige Fora Temer!

Desde a noite da última quarta-feira (15),na Avenida Paulista, cerca de 400 pessoas, a maioria integrante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), estão acampadas em frente ao escritório da Presidência da República, protestando contra os retrocessos sociais deste governo golpista.

Massacre Anunciado: Famílias da ocupação Primeiro de Maio fazem manifestação em Betim

A ocupação Primeiro de Maio em Betim está com o despejo marcado para o próximo dia 2 de Novembro. A comunidade é altamente consolidada: são dezenas de famílias, mais de 77 casas de alvenaria construídas, campo de futebol, área verde protegida, criação de animais. A ocupação ocorreu em um terreno que há mais de 40

Nota Pública das ocupações Resiste Izidora (Minas Gerais)

Nota Pública do Resiste Izidora (Ocupações Rosa Leão, Esperança e Vitória)

Será realizado por 20 desembargadores que compõem o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o julgamento do processo judicial que decide o futuro das 8 mil famílias (cerca de 30.000 pessoas) que compõem as três ocupações da Izidóra – Rosa Leão, Esperança e Vitória – que, em 3,6 anos de luta já construíram mais de 5.000 casas de alvenaria e são comunidades em franco processo de consolidação.

MST ocupa fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, interior de São Paulo.

Na manhã de hoje, cerca de 200 famílias de trabalhadores e trabalhadoras rurais sem terra, do MST, ocuparam a fazenda Ouro Verde, em Itirapuã, próxima ao município de Franca-SP. A fazenda é objeto de ação federal por crime contra a liberdade individual. Em 2013, a Polícia Federal e o Ministério Público do Trabalho libertaram 28

Domingo em defesa da democracia, contra o golpe de Temer e seus comparsas

O domingo (31) foi marcado por uma série de atos contra o golpe e o ilegítimo governo de Michel Temer em diversas cidades do país. Em São Paulo, mais de 40 mil pessoas ocuparam o Largo da Batata e caminharam rumo ao escritório político e as imediações da residência do presidente interino. Edson Carneiro Índio,

Resiste Maria Bonita! Nasceu um pedaço do sertão nas fronteiras da Região Metropolitana de BH

Resiste Maria Bonita Acorda, não arreda o pé Que o povo todo unido Não aceita despejo, constrói na fé! Uma nova ocupação surge na região metropolitana de BH. Uma comuna urbana em memória a Maria Bonita e aos espinhos da resistência sertaneja. Maria Bonita quer semear moradias na aridez da nossa metrópole, em um terreno

PM prende Eduardo Suplicy e o detém durante reintegração de posse em SP

A truculência da Polícia Militar se expande sem limites. Se até mesmo o ex-senador Eduardo Suplicy, preso nesta segunda-feira, foi vítima, o que dirá o cidadão comum, sobretudo se for pobre e negro, defendendo uma área ocupação por pessoas que não têm onde morar. O ex-senador e ex-secretário de Direitos Humanos de São Paulo, Eduardo

Seminário “Liberdade de expressão em tempos de golpe” vai discutir a criminalização dos movimentos sociais

O Comitê pela Democratização da Comunicação do Distrito Federal realizará, no dia 23 de julho, o seminário Liberdade de Expressão e Criminalização em Tempos de Golpe, para discutir a criminalização dos movimentos sociais, o cerceamento à liberdade de expressão, o papel da mídia na ruptura democrática, o direito de resposta e a vigilância na internet

Programa de habitação de Temer privilegia os mais ricos e ignora os mais pobres

A suspensão de novas contratações e a paralisia das obras do programa Minha Casa Minha Vida já atingem 6,1 milhões de famílias em todo o País. As contratações da faixa 1, que beneficia as famílias que ganham até R$ 1,8 mil, estão suspensas. A faixa 1,5 – que contemplaria famílias que ganham até R$ 2.350

Família de movimentos de moradia tem consciência política fortalecida

Antropólogo acompanhou a trajetória de famílias de dois conjuntos habitacionais da Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo. Pesquisa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP mostra a utilização dos movimentos populares de moradia como instrumento de reivindicação de políticas sociais. A tese, defendida no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social,

PM de MG despejou na manhã desta segunda-feira cerca de 200 famílias das Ocupações Maria Vitória e Maria Guerreira, em Belo Horizonte

“Nota pública de denúncia e de clamor por sensatez” emitida nesta manhã pelas Brigadas Populares de Minas Gerais Dona Efigênia, durante vigília, nessa noite fria de Belo Horizonte, MG, clama para que as 200 famílias das Ocupações Maria Vitória e Maria Guerreira, no bairro Copacabana (rua Blumenau, próximo aos bairros Santa Amélia e São João

Grande mobilização nacional: Temer jamais! Nenhum direito a menos!

Em defesa da aposentadoria, da saúde, educação e dos direitos trabalhistas! Fora Temer, não ao golpe, nenhum direito a menos! Com menos de um mês da aplicação do golpe, a conta já chegou aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. O presidente ilegítimo e golpista, Michel Temer, não esconde o que estava por trás do afastamento

Dia 7: Rolezinho sem Temer!

No Shopping Iguatemi, em São Paulo! Vamos fazer um Rolezinho Sem Temer! Nos últimos dias as manifestações de rua estão conseguindo desestabilizar o governo, que está sendo obrigado a recuar de suas medidas de ataque. Já caíram dois ministros, voltaram atrás do Ministério da Cultura, do corte do Minha Casa Minha Vida Entidades, tiveram que

Vitória dos trabalhadores sem teto: governo golpista recua e anuncia volta da contratação do Minha Casa Minha Vida Entidades

Mesmo após violenta repressão, a ocupação foi mantida na Secretaria da Presidência da República, em São Paulo, até que conseguissem a vitória. O MTST conquistou uma grande vitória na noite desta quarta-feira, 01. Após diversos trabalhadores sem teto ocuparem a fachada da sede paulista do escritório da Presidência da República, na Avenida Paulista, o presidente

Contra o presidente golpista, milhares caminham até a residência de Temer (vídeo)

Na tarde deste domingo, 23, milhares de trabalhadores caminharam rumo à casa do ilegítimo presidente golpista Michel Temer (PMDB). A atividade, convocada pela Frente Povo Sem Medo, reuniu movimentos sociais como MTST e sindicais, como a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora. [Leia mais aqui]  

Contra o presidente golpista, milhares caminham até a residência de Temer

Saiba mais: → Assista à intervenção da INTERSINDICAL na manifestação Na tarde deste domingo, 23, milhares de trabalhadores caminharam rumo à casa do ilegítimo presidente golpista Michel Temer (PMDB). A atividade, convocada pela Frente Povo Sem Medo, reuniu movimentos sociais como MTST e sindicais, como a Intersindical – Central da Classe Trabalhadora. Os trabalhadores se

Nota do MTST sobre cortes no Minha Casa Minha Vida

Hoje, o Ministério das Cidades publicou decisão que suspende a contratação de mais de 10 mil moradias selecionadas no Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades, destinadas a famílias de baixa renda (Faixa 1). Este foi o primeiro corte efetivo em programas sociais realizado pelo Governo ilegítimo de Michel Temer, que até ontem anunciava que

PMDB avisa que fará revisão de programas sociais e promoverá privatizações

O PMDB preparou nos últimos dias outro conjunto de propostas, dessa vez com ênfase nas áreas sociais, chamado de “A Travessia Social”. Elaborado pela Fundação Ulysses Guimarães, presidida pelo ex-ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, o documento antecipa o que Michel Temer (PMDB) pretende fazer frente à Presidência da República em relação a praticamente todos

Nota de apoio ao companheiro Guilherme Boulos

A Intersindical central da Classe Trabalhadora declara apoio irrestrito ao companheiro Guilherme Boulos, do MTST, que está sendo perseguido e criminalizado por ter declarado que os trabalhadores não aceitarão o golpe calados. Vai ter luta,  greves e ocupações. A representação do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA) pedindo a prisão do companheiro por “incitação ao crime”

Multidão toma as ruas contra o impeachment, o ajuste fiscal e pela saída de Eduardo Cunha

Multidão toma as ruas contra o impeachment, o ajuste fiscal e pela saída de Eduardo Cunha

Contra o impeachment, contra o ajuste fiscal e pelo fora Eduardo Cunha, milhares de trabalhadoras e trabalhadores foram às ruas de todo o Brasil nesta quarta-feira. Em São Paulo, onde se realizou a maior manifestação, diversos movimentos sociais, com destaque para o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), entidades sindicais e estudantis ocuparam a avenida Paulista até a Praça da República, onde finalizou o ato. A Intersindical Central da Classe Trabalhadora se somou  a atividade,  como vem se empenhando pela unidade em torno da pauta e dos interesses populares.

Repasses para o programa Minha Casa Minha Vida são cortados em mais de R$ 5,5 bilhões

Levantamento produzido pela ONG Contas Abertas mostra que entre janeiro e outubro de 2015, R$ 11,5 bilhões foram repassados do Orçamento da União para viabilizar a aquisição de moradias para o programa Minha Casa Minha Vida. No mesmo período do ano passado, entretanto, o montante já havia atingido R$ 17 bilhões. Isso significa R$ 5,5

Polícia Militar do DF reprime brutalmente sem-tetos

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Manifestantes pediam reunião com presidente da Terracap para viabilizar construção de casas populares Um grupo ligado ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) bloqueou a DF-260 na manhã desta quarta-feira (30) para pedir uma reunião com o presidente da Terracap, empresa pública que atua como imobiliária do Distrito Federal.

Contra cortes em programas sociais MTST ocupa Ministérios da Fazenda pelo país

INTERSINDICAL –  Central da Classe Trabalhadora Contra o corte no programa Minha Casa Minha Vida 3 e redução de verbas para a saúde em decorrência do novo pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) foi às ruas nesta quarta-feira em diversas cidades do país. Em São Paulo o

Índio | Facão do governo corta no “andar de baixo” e agrava tensão

Edson Carneiro Índio* O governo federal anunciou um pacotão de R$ 66,2 bilhões para garantir a meta de superávit primário. Parte desses recursos será proporcionada por mais cortes no orçamento que afetam a saúde e o investimento no programa Minha Casa Minha Vida (MCMV), além do adiamento do reajuste salarial e outras medidas prejudiciais ao

Nota do MTST sobre os cortes no orçamento: tomaremos as ruas no dia 23!

O MTST mais uma vez repudia as soluções adotadas pelo Governo Federal que joga o custo da crise nas costas dos trabalhadores mais pobres. Desta vez foi anunciado o corte de mais R$26 bilhões no Orçamento. Os principais cortes referem-se ao congelamento no salário de servidores e ao financiamento do Minha Casa Minha Vida, além

Frente de Resistência Urbana realiza atos em 11 estados pelo lançamento do Minha Casa Minha Vida 3

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Entidades denunciam política habitacional que não ataca a intensa especulação imobiliária e  exigem o cumprimento  do Estatuto das Cidades A Frente de Resistência Urbana, composta pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Movimento de Luta Popular (MLP), Fórum das Ocupações de Uberlândia e Brigadas Populares, realiza hoje atos pela moradia

Quinta-feira Vermelha: Diante dos ataques, responderemos com luta!

Estaremos nas ruas na próxima quinta-feira (25/6) contra a ofensiva da direita e o ajuste fiscal do governo, em defesa dos nossos direitos: 1) Contra o ajuste fiscal do governo federal, estados e municípios – Pelo lançamento imediato do programa Minha Casa Minha Vida 3, liberando as verbas da moradia popular. Não aos despejos! –

Prefeitura de São Paulo expulsa pobres de áreas nobres da cidade

Sexta-feira, 9 horas da manhã. Bairro de Guaianazes, zona leste de São Paulo. Sob o sol forte, Francisca de Jesus e outras moradoras do conjunto habitacional José Bonifácio sobem a estrada de terra que dá acesso aos prédios da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). Se fosse há um ano atrás, a pernambucana de

Top