greve geral

No dia de ontem não houve cidade grande ou média que não tenha sentido os efeitos dos movimentos chamados pelas centrais.

Setores importantes da classe trabalhadora brasileira cruzaram os braços e deram um sinal claro e contundente ao governo, aos deputados e às mentiras da grande mídia.

Movimentos populares e entidades sindicais pararam a rodovia Anhanguera, no sentido São Paulo, próximo ao Trevo da Bosch, principal entrada de Campinas. Às 17h, todos se reúnem no Largo do Rosário para grande ato unificado, em defesa da aposentadoria e dos direitos do povo. SAIBA MAIS → Calcule sua aposentadoria → Baixe o jornal da …

Greve Geral: Trabalhadores fecham principal acesso a Campinas Leia mais »

Metroviários, professores, químicos, bancários, petroleiros, metalúrgicos, servidores públicos, entre outros, aderem a greve geral. No fim do texto, acompanhe o que já rolou pelo país! O Brasil amanheceu de greve, nesta sexta-feira. De norte a sul do país, a classe trabalhadora enfrenta o desemprego e as ameaças de intimidação e realiza expressiva paralisação nacional em …

DE BRAÇOS CRUZADOS: Balanço da Greve Geral Leia mais »

Em Osasco, região metropolitana de São Paulo, entidades sindicais e movimentos populares pararam a cidade com uma série de manifestações, em defesa da aposentadoria e dos direitos do povo. O sindicato Químicos Unificados, filiado à Intersindical, esteve na linha de frente. Depois de ato unificado no centro da cidade, uma agência da Caixa Econômica Federal …

Greve Geral: Osasco parou nesta sexta-feira Leia mais »

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região e a Intersindical estiveram à frente das mobilizações da Greve Geral na  manhã de hoje. Juntamente com a CUT, sindicatos, estudantes e movimentos populares paralisaram as duas pistas da entrada da cidade de Santos, na altura do cemitério do Saboó, das 4h50 até 7h da manhã. No …

Greve Geral: Intersindical tranca o trânsito da Baixada Santista Leia mais »

Trabalhadores do Hospital Regional de São José, na região metropolitana de Florianópolis, cruzam os braços nesta Greve Geral, em defesa da aposentadoria. Também exigem a abertura de negociação com o Governo do Estado. Às 16h, a categoria ao ato unitário no centro da capital catarinense. O SindSaúde-SC é filiado à Intersindical. SAIBA MAIS: → Calcule …

Greve Geral: Trabalhadores da saúde estão na luta em Florianópolis Leia mais »

Filiado à Intersindical, Sinai-RN organiza manifestações em Natal Apesar da chuva constante que cai em Natal, o Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do Rio Grande do Norte (Sinai-RN) está desde cedo nas ruas, realizando manifestações contra a Reforma da Previdência e em defesa da aposentadoria e do funcionalismo estadual. Nessa manhã, há atos …

Greve Geral: Em Natal, funcionalismo estadual está nas ruas Leia mais »

Diretor do sindicato, Sérgio Magalhães explica importância da greve para a categoria e para todo o país.

Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) tem expectativa alta para Greve Geral.

Sindicatos locais definem participação do setor em protesto contra a reforma da Previdência de Bolsonaro.

Ricardo Landal, da base do Sindipetro-RS, conversou com a Intersindical e destacou a unidade entre as federações nacionais da categoria.

O dia 14 de junho será histórico. O povo brasileiro vai realizar uma grande greve geral em defesa da aposentadoria, de empregos e da educação pública.

Em meio à Campanha Salarial, o dirigente Antonio Martins, do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis (Sintraturb), falou sobre a Greve Geral desta sexta-feira.

Alta rotatividade e trabalho insalubre acendem alerta da categoria sobre “deforma” da Previdência. Nesta segunda parte, falamos com Nilza Pereira, do Sindicato Químicos Unificados, regional Osasco, e da Federação dos Trabalhadores do Ramo Químicos do Estado de São Paulo (Fetquim).

Amanhã (terça-feira, 11) será dia de assembleia em sindicatos da categoria pelo país.

Nós, ferroviários, informamos a todos os usuários de trens da CPTM, que haverá paralisação dos trens a partir da ZERO HORA do dia 14/06, em apoio à luta de todos os trabalhadores, contra a reforma da Previdência.

As representações estudantis reforçaram a unidade da juventude com a pauta da defesa da Previdência Pública e irão se somar nas ações de mobilização da Greve Geral.

O Secretário Geral da Intersindical Edson Índio reforçou, na plenária, a importância da participação das categorias dos transportes na mobilização, juntamente com toda a classe trabalhadora, a juventude e o povo na Greve Geral do dia 14/06.

Uma grande multidão tomou a avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste 15 de maio. O traço marcante da imensa manifestação foi a unidade entre estudantes, professores, pais de alunos e milhares de trabalhadores de outras categorias.

O Brasil foi chacoalhado por milhões de pessoas nesta quarta-feira, Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Aposentadoria e da Educação Pública. Foi histórico. Teve a capacidade de unificar a classe trabalhadora, em particular o pessoal da educação e a juventude em defesa de dois direitos fundamentais: a educação pública e a previdência social.

Greve Nacional da Educação, de 15 de maio, ganhará o reforço das centrais sindicais e movimentos populares e o caráter de esquenta rumo à greve geral

A Intersindical é contundente em afirmar que a trama golpista é contra o povo brasileiro e não esta dirigida unicamente a um político ou partido.

No sábado 16 de dezembro às 15h no histórico Cineclube Bijou (Teatro Studio Heleny Guariba, Praça F. Roosevelt, 184, Centro, SP) acontece o lançamento do documentário 1917, A GREVE GERAL (SP, 90 min, Cor, Digital, 2017) do diretor argentino/brasileiro Carlos Pronzato.

Baixe o jornal da Greve Nacional de 5 de dezembro e entenda por que os trabalhadores do Brasil devem cruzar os braços!

Policiais civis, federais, municipais, rodoviários federais e agentes penitenciários em diversas capitais aderiram à greve geral, apesar do silêncio da grande mídia.

Em Goiânia greve geral e manifestações seguem com força. Mais de 2000 pessoas protestam no centro da cidade.

Greve geral do dia 28 de abril contra com adesões até de cidades fronteiriças, como Paranhos, no Mato Grosso do Sul, que faz divisa com o Paraguai.

Santa Luzia (MA) adere à greve geral e povo vai às ruas contra a reforma da Previdência, trabalhista, a terceirização e o congelamento dos investimentos públicos por 20 anos.