fbpx

Tag Archives: feminismo

RN: SINAI promove palestra “A História de Luta das Mulheres” neste dia 20

RN: SINAI promove palestra “A História de Luta das Mulheres” neste dia 20

A direção do SINAI-RN vai promover uma palestra voltada para as mulheres da base do Sindicato. “A História de Luta das Mulheres” é o tema da palestra que acontece no dia 20 de julho, às 9h, no auditório do SINAI. A palestra será ministrada por Risolete Fernandes. As interessadas devem se inscrever confirmando presença pelos

Bernadete Souza fala do massacre propagado pelo agronegócio

Camponesa, militante e mãe de santo, Bernadete Souza integrou a plenária de abertura do 1° Encontro de Mulheres da Intersindical trazendo um relato sobre como as políticas de crédito incentivam a expansão do agronegócio e da agroindústria em detrimento dos pequenos produtores rurais e das pessoas que vivem no campo. “É mais fácil sair da

Luka Franca: este recrudescimento conservador em todas as esferas é um problema de todos

As mulheres correspondem a metade da população brasileira e a mais de 40% da força de trabalho. Além disso, 50% da população brasileira são negros e metade são mulheres. “Pensar nestas estatísticas ajuda a pensar como podemos interferir no processo político. Vemos o recrudescimento conservador em todas as esferas e precisamos nos organizar”, afimou Luka

Eneida Koury: Novo feminismo deve ser um feminismo classista

Eneida Koury, primeira mulher eleita a ocupar a presidência do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, destacou durante o 1° Encontro de Mulheres da Intersindical na noite de quinta-feira (17), em São Paulo, o papel estratégico da Intersindical Central da Classe Trabalhadora no atual contexto político e a urgência do feminismo classista. “Quis a

Rute Alonso: Mulheres têm que assumir o protagonismo de suas histórias

A militante feminista Rute Alonso, da União de Mulheres, foi uma das convidadas para a mesa de abertura do 1° Encontro de Mulheres da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, na noite de quinta-feira (17), em São Paulo. Ela lembra que “reconhecer a desigualdade de gênero é o primeiro passo em direção à transformação dessa realidade”

1º Encontro de Mulheres da Intersindical começa hoje às 17h

Organizar as mulheres da Intersindical Central da Classe Trabalhadora é uma tarefa importante e coletiva. Para combatermos as desigualdades, a exploração, a violência, o machismo e racismo em todos os espaços precisamos de força e união. Por isso conclamamos todas as trabalhadoras que querem ter capacidade de ação e interferência política a participarem do 1º

Vergonha nacional: 1ª Marcha das Mulheres Negras é marcada por tiros, racismo e tumulto

Vergonha nacional: 1ª Marcha das Mulheres Negras é marcada por tiros, racismo e tumulto

A 1ª Marcha das Mulheres Negras, realizada quarta-feira (18) em Brasília, é o retrato da truculência e do avanço das forças conservadoras sobre os direitos das minorias e a forma como negros e negras são tratados no País. Tumulto, confusão, gás de pimenta e muito bate boca foram usados na tentativa de calar a voz de cerca de 50 mil mulheres negras que exigiam respeito à vida, igualdade de gênero e democracia social.

Químicos Unificados: Vamos conversar sobre machismo, desigualdade e violência contra as mulheres

O Coletivo de Mulheres do Sindicato Químicos Unificados convida todas as trabalhadoras e trabalhadores para um encontro sobre gênero, que será realizado nas regionais Campinas e Osasco. A atividade é aberta a todos, sob orientação da socióloga Marcela Moreira. Em setembro, o Coletivo realizou um primeiro encontro para provocar discussões e descobertas sobre as origens

Mapa da Violência 2015: Espírito Santo é um dos líderes em feminicídio

O estado do Espírito Santo está entre os que registram os maiores números de homicídios de mulheres, segundo dados do Mapa da Violência 2015, divulgado na segunda-feira, 09. O estudo, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), aponta que o Estado está em segundo lugar no ranking de assassinato de pessoas do sexo feminino,

Mulheres vão às ruas protestar contra Eduardo Cunha e suas manobras conservadoras

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora Mulheres de todo o Brasil e de diferentes partes do mundo se uniram nesta quarta-feira (28) em defesa das liberdades dos seus corpos e contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que busca punir vítimas de violência sexual para encobrir seus crimes de corrupção por meio do Projeto

Viviana Abud, da FSM: a questão de gênero é uma luta política que necessita de formação

Coletivo de Mulheres da Intersindical discute o panorama da mulher no trabalho

O Coletivo de Mulheres da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora,debateu com a chilena Viviana Abud da Federação Sindical Mundial a perspectiva de classe e gênero na América Latina. Um dos grandes desafios dos sindicatos é a formação, e, neste caso, com recorte de gênero: “Sabemos o que é ser oprimidas e sabemos o que

Viviana Abud, da FSM: a questão de gênero é uma luta política que necessita de formação

Viviana Abud, da FSM: a questão de gênero é uma luta política que necessita de formação

“Como gênero, somos oprimidas, mas enquanto classe trabalhadora, somos exploradas. E é aí que se encontra o ponto inicial da luta que travamos”, analisou a dirigente sindical chilena, Viviana Abud, subcoordenadora de mulheres da América Latina da FSM (Federação Sindical Mundial) e Secretária Geral do SITECO (Sindicato Interempresa de la Gran Minería y Ramas Anexas) na noite desta quarta-feira, 30.

Mulheres da Intersindical convidam: América Latina na Perspectiva de Classe e Gênero

As condições de vida e trabalho latino-americano, o avanço das terceirizações e as maneiras de superarmos as desigualdades de gêneros nos espaços de direção política são temas relevantes para debatermos a América Latina com recorte de classe e gênero. Assim, as mulheres da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, convidam todas e todos para o debate

Mulheres debatem questões de gênero no Cefol

95 mulheres participaram ontem (13) do primeiro de uma série de encontros que o Coletivo de Mulheres do Sindicato Químicos Unificados organizou para as trabalhadoras químicas nas regionais de Campinas, Osasco e Vinhedo, e demais convidadas, no Centro de Formação e Lazer (Cefol) da Regional Campinas. No próximo domingo (20), esta mesma atividade se realizará

Coletivo de Mulheres dos Químicos Unificados prepara trabalhadoras para encontro sobre gênero

As trabalhadoras da base do Unificados estão convidadas a participar de encontros regionais nos Centros de Formação e Lazer (Cefol) de Campinas e Osasco, que serão atividades preparatórias para o Encontro de Mulheres da Base, a partir da discussão de alguns temas centrais: “feminismo”, “direito ao corpo” e “mulher e trabalho”. Em Campinas o encontro

Instituto Patrícia Galvão lança plataforma com dados sobre violência contra mulheres

A ferramenta funciona como um dossiê e entra no ar em agosto, trazendo as últimas pesquisas publicadas sobre assuntos como violência doméstica, sexual, feminicídio e violência de gênero na internet (como a pornografia de vingança). O Instituto Patrícia Galvão, organização social sem fins lucrativos voltada à comunicação e direitos das mulheres, lançou na segunda-feira (27)

Top