bancos

Baixe o jornal e saiba como Temer quer o fim da APOSENTADORIA

19 FEV – DIA DE LUTA: greves, paralisações e manifestações em todo país! CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O JORNAL DA INTERSINDICAL OU LEIA ONLINE. Pressão total sobre os deputados. Do voto do deputado na reforma, dependerá o voto  do povo trabalhador nas eleições. Se votar, não volta!

Lucro dos bancos 2017, no 3º trimestre R$ 13,6 bi (aumento de 10,4%)

Lucro dos 4 maiores bancos cresce 10,4% no 3º trimestre e soma R$ 13,6 bi

O lucro líquido dos 4 maiores bancos do Brasil cresceu 10,4% no 3º trimestre em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo levantamento da provedora de informações financeiras Economatica, a soma dos ganhos de Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e Santander no período entre julho e setembro foi de R$ 13,6 bilhões ante R$ 12,3 bilhões no 3º trimestre de 2016.

Conselho de Administração da Caixa pode transformar banco em S/A

Conselho de Administração da Caixa pode transformar banco em S/A

O Conselho de Administração (CA) da Caixa pode votar nesta quarta-feira 18, alterações no estatuto da empresa. Entre os itens há mudanças que interferem no direito dos trabalhadores e uma transformação substancial, fazendo com que a instituição se torne uma sociedade anônima (S/A). A conselheira que representa os empregados, Rita Serrano, vai votar contra essa proposta de alteração do estatuto.

Caixa começa a aplicar jornada flexível para não pagar hora extra

Caixa começa a aplicar jornada flexível para não pagar hora extra

Descumprindo o Acordo Coletivo de Trabalho, a Caixa começou a implementar nas agências e departamentos a jornada flexível para todos os empregados, se recusando a fazer o pagamento das horas extras. A prática foi verificada no fechamento dos contracheques de setembro em várias agências do Espírito Santo. O Sindicato alerta que medida é ilegal e orienta bancários a não assinarem o ponto cujo registro for feito como flexível.

Itaú é condenado a pagar 7ª e 8ª horas e PLR proporcional

Itaú é condenado a pagar 7ª e 8ª horas e PLR proporcional

Uma bancária de Jundiaí ganhou um processo referente a 7ª e 8ª horas e PLR proporcional. A sentença, proferida no dia 25 de agosto pela juíza Cristiane Helena Pontes, condena o Itaú a pagar R$ 80 mil para a funcionária, que de 2011 a 2015 atuou com a função de assessora operacional de empresas.

Bancos brasileiros fecharam 2.535 postos de trabalho no 1º bimestre

No primeiro bimestre de 2017, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), os bancos brasileiros fecharam 2.535 postos de trabalho no Brasil. Esse saldo representa um crescimento de 223,75% em relação ao mesmo período de 2016, quando o saldo foi negativo em 783 postos de trabalho bancário.

Mantida condenação contra Bradesco por assédio moral

Justiça do trabalho condena Bradesco a pagar indenização de R$ 800 milhões

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul condenou o Bradesco a pagar uma indenização de R$ 800 milhões ao Fundo de Amparo ao Trabalhador por dispensa discriminatória e sonegação de valores a empregados. De acordo com o Ministério Público do Trabalho, autor da ação civil pública que originou a condenação, a empresa demitiu dois irmãos que trabalhavam em diferentes agências do banco, no mesmo dia, em represália pelo pai deles, um ex-gerente do banco, ter entrado com uma reclamação trabalhista contra o Bradesco.

Número de bancários demitidos até outubro supera o de todo o ano de 2015

Foi divulgada na quarta-feira, 28, a pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (Caged). O estudo aponta que de janeiro a outubro de 2016 os bancos brasileiros fecharam 10.009 postos de trabalho no Brasil, uma quantia que supera o total fechado em 2015, que foi de 9.886. O número de 2016 representa um aumento de 58,4% em relação ao número de postos fechados no mesmo período no ano passado, que foi 6.319.

Bradesco anuncia fechamento de agências

O encerramento de unidades pode ocorrer nos próximos meses e atendimento será transferido para postos de atendimento menores, precarizando ainda mais o atendimento aos clientes e as condições de trabalho dos bancários.

Quinta semana de greve começa com recorde de agências fechadas no Espírito Santo

A quinta semana da greve dos bancários começou nesta segunda-feira (3) com 359 agências fechadas no Espírito Santo, o número representa 80% da totalidade de agências bancárias do estado e marca um recorde histórico. São 28 dias de greve, número que supera a marca história do movimento paredista de 2004. A greve persiste após a rodada de negociação da última semana devido a insatisfação da categoria com a proposta apresentada pela Fenaban. Na noite de hoje, os bancários se reúnem em plenária no Centro Sindical para formular estratégias para ampliar a mobilização local da greve.

Os banqueiros são culpados pela greve

Greve só continua porque bancos, que lucraram quase R$ 30 bi em seis meses, querem pagar aumento mais baixo que a inflação para os funcionários.

Greve dos Bancários completa 22 dias e bancos não negociam

A greve dos bancários completa 22 dias, nesta terça (27/9), o movimento já é maior que o ano passado quando durou 21 dias. O Comando Nacional dos Bancários enviou carta à Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) reiterando a disposição para negociar

Greve toma conta do Brasil e pressiona banqueiros

Em duas semanas de mobilização nacional, categoria mostra disposição para lutar por aumento digno, valorização da PLR, dos vales, auxílio-creche, respeito aos empregos e fim das metas.

Bancários do Espírito Santo em greve fazem ato e denunciam bancos

No primeiro semestre de 2016 o lucro líquido dos cinco maiores bancos que atuam no Brasil (Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil e Caixa) somou R$ 29,7 bilhões. Em contrapartida, houve extinção de 13.606 postos de trabalho no período de um ano. Entre junho de 2015 e junho de 2016, o total de empregados nas cinco instituições passou de 439.422 para 425.216.

Os juros dos bancos e a greve dos bancários

Apesar de tantos lucros explorando a população, seus funcionários e os recursos do tesouro nacional – através do recebimento das taxas de juros que remuneram os títulos da dívida pública – os bancos apresentaram uma proposta 2,39% inferior à inflação do período. A categoria reivindica 14,78%, referentes à inflação mais 5% de aumento real.

Greve dos bancários é culpa dos patrões que mais lucram no mundo

Parece inacreditável, mas os bancos que mais lucram no mundo, sim no mundo, oferecem reajuste abaixo da “manipulada” inflação de 9,62%. As filiais do Santander no Brasil são as que dão o maior lucro aos espanhóis, o Itaú, BB e Bradesco figuram entre os primeiros do ranking mundial de rentabilidade. Mesmo assim, os bancos, irredutíveis, continuam oferecendo 7% e abono único de R$ 3,300.

Fenaban empurra bancários para 10º dia de greve

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) está irredutível em aplicar reajuste com índice abaixo da inflação para àqueles que trabalham, lucram e enchem os cofres dos banqueiros, mais do que qualquer outro setor da economia. Os cinco maiores bancos tiveram o lucro mais alto, entre todos, no 1º semestre: R$ 29,7 bilhões (Itaú, Bradesco, Santander, BB e Caixa).

Bancários em greve paralisam 326 agências no ES

A greve dos bancários continua crescendo no Espírito Santo. Nesta segunda-feira, 12, chegou a 326 o número de agências fechadas no Estado, 12 a mais do que o registrado na última sexta-feira, e 70 a mais quando comparado ao primeiro dia da greve, iniciada em 6 de setembro.

Em Santos 90% dos bancários aderiram à greve

Bancários e bancárias estão revoltados com os patrões banqueiros que oferecem reajuste de 6,5%, que representa apenas 68% da inflação (INPC projetado em 9,57%), e um único abono de R$ 3 mil. A greve nacional e por tempo indeterminado começou forte neste primeiro dia (6/9) na região.

Juros, extorsão e golpe!

Enquanto uma parcela da classe média e da população brasileira segue envenenada pelo ódio e o preconceito contra um governo