fbpx

STF CONTRA OS TRABALHADORES: Terceirização geral e irrestrita agora tem aval da “Justiça”!

STF CONTRA OS TRABALHADORES: Terceirização é aprovada!

Por 7 votos a 4 o STF julga constitucional a terceirização geral e irrestrita

O julgamento da ADPF 324 e um Recurso Extraordinário, ambos provocados por uma entidade patronal e uma empresa pela apequenada corte golpista brasileira terminou hoje com uma tragédia para a classe trabalhadora, o povo brasileiro e o futuro do nosso pais.

O objetivo dos dois processos era declarar constitucional a ampliação da terceirização para todas as atividades de forma irrestrita (ou seja, inclusive na atividade fim).

Com a decisão, a terceirização de todas as atividades das empresas passa a ter aval da justiça. Na verdade, injustiça.

Agora hospitais não precisam contratar enfermeiros ou médicos, basta terceirizar. O mesmo poderá acontecer em todos os setores.

Ou seja, um empresário monta uma empresa e não precisa contratar nenhum funcionário. Basta terceirizar tudo.

O golpista Michel Temer e sua maioria de deputados e senadores já haviam introduzido o tema na deforma trabalhista

A Intersindical, há muitos anos, alerta para os males da terceirização, tendo participado ativamente de todas as lutas, em debates, fóruns e manifestações, sempre se opondo à prática da terceirização. Para a Intersindical, o combate a terceirização seguirá sendo central para a classe trabalhadora.

Mais uma vez, os mais altos integrantes do judiciário do auxílio moradia e do salário sem teto, sintonizada com os interesses exclusivos dos grandes grupos econômicos

Como votou cada Ministro?

A favor da constitucionalidade da terceirização irrestrita, votaram positivamente os ministros Luís Roberto Barroso e Luiz Fux, ambos relatores do caso, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello.

Trabalhadores terceirizados estão submetidos a condições mais precárias

Objetivamente, o que foi aprovado hoje é a liberação de mais mortes, adoecimento, trabalho em regime análogo ao escravo e consolidação da barbárie nas relações e condições de trabalho.


Saiba mais:

→ Terceirização irrestrita sinaliza precarização do trabalho, alerta Anamatra
O desemprego, a reforma trabalhista e os 50 tons de Temer


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top