Bancários

reestruturação do banco do brasil

O que é a “reestruturação” do Banco do Brasil?

A Diretoria do Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira, 11, uma proposta de “reestruturação” da instituição que prevê o fechamento de agências, um programa de demissões voluntárias e a extinção de funções. Saiba o que realmente está em jogo na “reestruturação” do BB.

Absurdo: anúncio de demissão em massa no Santander

Banco Santander rompe com compromisso público de não demitir durante a pandemia e ameaça dispensar 20% do funcionários da instituição. Trabalhadores lançam o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores de Santander.

alteração estatutária da cassi

Intersindical não reconhece o resultado da alteração estatutária da CASSI

A promulgação do resultado da consulta de alteração do estatuto da CASSI, apreciada pelo corpo social da entidade entre os dias 18/11/2019 à 28/11/2019, ao não observar o texto do art. 73º do estatuto social que determina “Para aprovação de reforma estatutária […], é necessário o quorum de votantes de metade do total de associados registrado no último balancete mensal publicado, mais 1 (um) associado, e, destes, que no mínimo, 2/3 (dois terços) votem favoravelmente, não computados os votos em branco.” é um claro atentado a legalidade e a democracia na condução da CASSI.

Santander lidera reclamações entre os bancos

Santander lidera reclamações entre os bancos

Além da lista de reclamações do BC, outra informação dá conta que o banco espanhol deve anunciar em breve o fechamento de 600 agências no país, ou seja, mais exploração e precarização contra funcionários e clientes.

Justiça condena Santander e Itaú por terceirização

TST determinou que os bancos Itaú e Santander equiparem a remuneração e outros benefícios concedidos a duas atendentes de telemarketing aos da função de bancário após reconhecer vínculo de emprego com as instituições, mesmo o serviço sendo prestado em empresas terceirizadas.

Banco do Brasil inaugura a loja de atendimentos, banco sem bancários e bancárias

Banco do Brasil inaugura banco sem bancários e bancárias

Foi inaugurada em São Paulo o que o Banco do Brasil está chamando de “loja de atendimento”, que nada mais é do que um banco sem bancários . Todos os trabalhadores e trabalhadoras são terceirizados e prestam serviços de bancários e bancárias.

Em comunicado interno, caixa anuncia nova reestruturação

Em comunicado interno, caixa anuncia nova reestruturação

A Caixa divulgou a criação do Programa Eficiência, cujo objetivo é reduzir as despesas operacionais em R$ 2,5 bilhões até 2019. Para diretora do Sindicato dos Bancários/ES Lizandre Borges a iniciativa é mais um ataque à atuação da Caixa na área social e na execução de políticas públicas, além de poder atacar diretamente os trabalhadores e trabalhadoras, acarretando mais retirada de direitos, intensificação do assédio moral e dos adoecimentos

Bancário reclama de falta de isonomia e recebe gratificação por demissão

Bancário reclama de falta de isonomia e recebe gratificação por demissão

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o direito de um bancário ao recebimento de gratificação especial que o Banco Santander pagava a apenas alguns empregados no momento da demissão. Conforme jurisprudência do TST, o pagamento da gratificação especial rescisória a apenas alguns empregados sob o pretexto de mera liberalidade do empregador afronta o princípio da isonomia (igualdade).

Bradesco pode fechar até 200 agências neste ano | INTERSINDICAL

Bradesco pode fechar até 200 agências neste ano

Depois de fechar 565 unidades e extinguir quase 10 mil postos de trabalho em 2017, ao mesmo tempo que obteve um lucro de R$ 19 bilhões nesse mesmo período, o novo presidente do Bradesco declarou que pode encerrar o funcionamento de até 200 agências este ano.

Santander lucra R$ 9,95 bilhões em 2017 à custa da classe trabalhadora

Santander lucra R$ 9,95 bilhões em 2017 à custa da classe trabalhadora

Com lucro de R$ 2,7 bilhões no 4º trimestre do ano passado, o Santander Brasil fechou 2017 lucrando R$ 9,95 bilhões. O resultado é o maior lucro da história da instituição no País, ao mesmo tempo em que o banco lidera, pelo segundo trimestre consecutivo, o ranking de reclamações do Banco Central.

Bancários protestam contra implementação da reforma trabalhista no Santander

Bancários protestam contra implementação da reforma trabalhista no Santander

Ação sindical reuniu trabalhadores e trabalhadoras que protestaram contra diversas medidas de implementação da reforma trabalhista no banco, como acordo individual de banco de horas semestral, alteração da data de pagamento do dia 20 para o dia 30 a partir de março de 2018, e modificação do pagamento do 13º salário, antes previsto para fevereiro e novembro e, agora, maio e dezembro.

Bancários paralisam Santander em Santos e no Brasil

Bancários paralisam Santander em Santos e no Brasil

A reforma trabalhista de Temer deixou o Santander livre para demitir em massa, fracionar férias e alterar regras para não pagar horas extras, e ainda mudar datas do crédito do salário e 13º unilateralmente, sem negociar com os trabalhadores.

Caixa pressiona empregados a aderir à jornada flexivel

Caixa pressiona empregados a aderir à jornada flexível

A Caixa tem tentado obrigar os trabalhadores e trabalhadoras a aderir à jornada flexível, o que pode ser considerado prática de assédio moral. Segundo denúncias feitas ao Sindicato dos Bancários/ES, mesmo após a orientação do jurídico da Caixa de não impor esse tipo de jornada, isso ainda está acontecendo em algumas agências. Em uma, na sexta-feira, 03, foi passado um termo para assinatura junto com parte do normativo interno da Caixa que trata da jornada flexível. O termo não dá aos bancários e bancárias a opção de escolherem se querem a jornada rígida ou flexível, orientando que optem somente pela segunda. Em outras agências, foi dito em reunião que quem realizar jornada rígida não poderá ir ao médico, atrasar nem um minuto, “sendo melhor para todos que passem para a jornada flexível”.

Banco do Brasil impõe metas aos caixas

Banco do Brasil impõe metas aos caixas

Como parte da ‘desestruturação’ implantada no governo golpista Temer, a diretoria do Banco do Brasil lançou metas para os caixas. Eles estão sendo obrigados a vender Ourocap (título de capitalização) e fazer oferecer empréstimos aos clientes. O Sindicato dos Bancários de Santos e Região vai organizar os funcionários e tomará as medidas cabíveis

Baixada Santista: CAIXA Econômica Federal 100% Pública

Luta continua na Baixada Santista: CAIXA 100% Pública

A privatização prejudica os empregados que terão suas condições de trabalho precarizadas, com perdas de direitos e arrocho salarial. Além disso, é bom afirmar que o banco é operador de políticas públicas e sociais. E entre os mais prejudicados também estão os trabalhadores e os mais pobres

Santander lucra R$ 7,2 bilhões em 2017 e segue DEMITINDO

Santander lucra R$ 7,2 bilhões em 2017 e segue demitindo

Resultado representa crescimento de 35% em relação ao mesmo período do ano passado; por outro lado, banco espanhol eliminou 1,3 mil vagas em 12 meses e é o atual líder de reclamações de clientes segundo o Banco Central, o que comprova a falta de sintonia com seu próprio slogan.

Santander, Sérgio Rial e os jagunços do Mercado - INTERSINDICAL

Santander, Sérgio Rial e os jagunços do Mercado

Entusiasta das Reformas Trabalhista e Previdenciária, Rial encontra nelas um campo livre para contratar por hora (trabalho intermitente), terceirizar, pejotizar e explorar de forma selvagem o bancário. Livra-o de direitos trabalhistas e da justiça do trabalho. Rial não tem compromisso com o Brasil e os trabalhadores  

Após mobilização nacional, mudança no estatuto da Caixa é adiado

Após mobilização nacional, votação de mudança no estatuto da Caixa é adiado

Após mobilizações sindicais realizadas em vários estados, foi adiada a votação da proposta de alteração do estatuto da Caixa, prevista para ocorrer na tarde desta quarta, 18, durante reunião do Conselho de Administração (CA) do banco. No ES, o Sindibancários realizou ato vestindo luto e protestando contra tentativa de privatização do banco.

Conselho de Administração da Caixa pode transformar banco em S/A

Conselho de Administração da Caixa pode transformar banco em S/A

O Conselho de Administração (CA) da Caixa pode votar nesta quarta-feira 18, alterações no estatuto da empresa. Entre os itens há mudanças que interferem no direito dos trabalhadores e uma transformação substancial, fazendo com que a instituição se torne uma sociedade anônima (S/A). A conselheira que representa os empregados, Rita Serrano, vai votar contra essa proposta de alteração do estatuto.

Santander é condenado a indenizar bancária com deficiência auditiva

Santander é condenado a indenizar bancária com deficiência auditiva

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho desproveu agravo do Banco Santander (Brasil) S.A. contra decisão que o condenou a indenizar uma bancária com deficiência auditiva que, em reuniões, não contava com intérprete na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). A Turma também rejeitou recurso da trabalhadora, que pretendia aumentar o valor da indenização, fixada em R$ 5 mil.

Metodologia do equacionamento aprofunda deficit da Funcef

Metodologia do equacionamento aprofunda deficit da Funcef

Enquanto todos discutem as razões do deficit ou buscam argumentos para não ter que arcar com as cobranças extraordinárias, fica de lado uma discussão importante. Nos últimos anos, vimos o quanto a metodologia de equacionamento prevista na regulamentação e seguida pela Funcef não foi capaz de resolver o problema e ainda aprofundou o deficit.

Bancários se mobilizam contra as reformas

Bancários se mobilizam contra as reformas

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região inicia, nesta quinta-feira (14/9), uma campanha de conscientização e mobilização da categoria bancária com o Tema: Governo e Congresso destroem seu passado, presente e futuro.

Caixa começa a aplicar jornada flexível para não pagar hora extra

Caixa começa a aplicar jornada flexível para não pagar hora extra

Descumprindo o Acordo Coletivo de Trabalho, a Caixa começou a implementar nas agências e departamentos a jornada flexível para todos os empregados, se recusando a fazer o pagamento das horas extras. A prática foi verificada no fechamento dos contracheques de setembro em várias agências do Espírito Santo. O Sindicato alerta que medida é ilegal e orienta bancários a não assinarem o ponto cujo registro for feito como flexível.

Itaú é condenado a pagar 7ª e 8ª horas e PLR proporcional

Itaú é condenado a pagar 7ª e 8ª horas e PLR proporcional

Uma bancária de Jundiaí ganhou um processo referente a 7ª e 8ª horas e PLR proporcional. A sentença, proferida no dia 25 de agosto pela juíza Cristiane Helena Pontes, condena o Itaú a pagar R$ 80 mil para a funcionária, que de 2011 a 2015 atuou com a função de assessora operacional de empresas.

Reforma Trabalhista e as Implicações para a Categoria Bancária

Reforma Trabalhista: bancários do ES debatem resistências ao desmonte dos direitos

O Sindicato dos Bancários/ES, filiado à Intersindical, realiza nos dias 25 e 26 de agosto o seminário Reforma Trabalhista e as Implicações para a Categoria Bancária. O evento ocorrerá na sede do Sindicato, no Centro de Vitória. O objetivo é estudar de forma aprofundada a reforma trabalhista e suas consequências para a categoria bancária, a fim de traçar estratégias de resistência aos ataques promovidos pelo governo Temer aos direitos dos trabalhadores.

Bradesco, Caixa e Banrisul anunciam PDV (Programa de Demissão Voluntária)

Bradesco, Caixa e Banrisul anunciam Programa de Demissão Voluntária

PDV: Novos contratados recebem 60% do salário de  quem saiu. Imediatamente depois da sanção do projeto de “reforma” trabalhista, agora Lei 13.467, Bradesco, Caixa Econômica Federal e Banrisul anunciaram programas de demissão voluntárias. No caso do Bradesco, o Programa de Demissão Voluntária (PDV) foi anunciado na quinta-feira (13), mesmo dia da sanção da lei.

Santander condenado a reintegrar Bancária com depressão

A Justiça do Trabalho determinou a reintegração ao emprego de uma funcionária do Banco Santander (Brasil) S.A., que teria sido demitida no período em que encontrava-se em aviso prévio e beneficiada com o auxílio-doença previdenciário. O recurso Ordinário foi originário da 4ª Vara do Trabalho de João Pessoa.

Baixada Santista unida na Greve Geral

Intersindical, Bancários de Santos e Região, a totalidade das centrais sindicais, dezenas de sindicatos, movimentos sociais e estudantes aprovaram a Greve Geral na Baixada amanhã, 28/4.

Dia de luta movimenta trabalhadores contra retirada de direitos

Trabalhadores capixabas paralisaram a entrada da Petrobrás, em Vitória, e retardaram por uma hora a abertura das agências bancárias localizadas na Reta da Penha durante a manhã desta sexta-feira, 31. A ação foi em protesto contra a terceirização e as reformas trabalhista e da Previdência e fez parte de um calendário nacional de mobilização em preparação para uma greve geral, a ser realizada no próximo 28 de abril.

Santander obriga bancários a buscar novos clientes fora do expediente

O banco Santander não cansa de “inovar” quando o assunto é exploração do trabalhador para ampliar seus lucros bilionários. Desta vez as denúncias vem da Regional Litoral Sul, que tem obrigado bancários a buscar novos clientes, nas ruas, fora do horário de expediente.

Bancários de Santos sediam debate sobre Feminismo Negro

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região sediou o debate “Contribuição do Feminismo Negro para a luta das mulheres”, na noite desta quinta-feira, 23. O encontro começou com a exibição do filme “Mulheres Negras: Projetos de Mundo”, da diretora Day Rodrigues. Em seguida houve roda de conversa com a diretora do documentário, a rapper e professora de História Preta Rara, a assistente social Tami Tá Guina e a cientista social Dida Dias.

Bancos brasileiros fecharam 2.535 postos de trabalho no 1º bimestre

No primeiro bimestre de 2017, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), os bancos brasileiros fecharam 2.535 postos de trabalho no Brasil. Esse saldo representa um crescimento de 223,75% em relação ao mesmo período de 2016, quando o saldo foi negativo em 783 postos de trabalho bancário.

Neste sábado (18) tem Seminário sobre o “Desmonte da Previdência” no Sindicato dos Bancários de Santos

No mês de luta, conscientização e mobilização contra o “Desmonte da Previdência” e a extinção dos direitos trabalhistas. A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, parte integrante da Frente Sindical Classista da Baixada Santista, organizou Seminário sobre o ”Desmonte da Previdência”, neste sábado, 18/3, às 14 horas, na Av. Washington Luiz, 140, Encruzilhada, Santos/SP. A entrada é gratuita.

Bancários acampam na orla de Santos contra o Desmonte da Previdência

Como parte do calendário de luta da Frente Sindical Classista da Baixada Santista contra o Desmonte da Previdência e a “Reforma Trabalhista” pretendida pelo governo ilegítimo de Temer, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora e a diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região, em conjunto com integrantes de vários sindicatos e associações de trabalhadores, montaram acampamento, dia 15/3, de frente à praia, no Gonzaga (posto 4), em Santos/SP, onde moram vários políticos da região, para pedir que os deputados federais da Baixada Santista Beto Mansur, João Paulo Tavares Papa e Marcelo Squassoni não aprovem o Desmonte da Previdência que acaba com a aposentadoria dos trabalhadores.

Mantida condenação contra Bradesco por assédio moral

Justiça do trabalho condena Bradesco a pagar indenização de R$ 800 milhões

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul condenou o Bradesco a pagar uma indenização de R$ 800 milhões ao Fundo de Amparo ao Trabalhador por dispensa discriminatória e sonegação de valores a empregados. De acordo com o Ministério Público do Trabalho, autor da ação civil pública que originou a condenação, a empresa demitiu dois irmãos que trabalhavam em diferentes agências do banco, no mesmo dia, em represália pelo pai deles, um ex-gerente do banco, ter entrado com uma reclamação trabalhista contra o Bradesco.

HSBC é condenado a indenizar bancário por exigir trabalho durante greve

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho manteve condenação imposta ao HSBC Bank Brasil S.A. – Banco Múltiplo por ter impedido um analista de serviços de participar de greve. O trabalhador tentou aumentar o valor da indenização, fixado em R$ 20 mil, mas os ministros o consideraram razoável e proporcional às condutas praticadas pelo banco.

Bancários de Santos e região protestam contra assédio no Santander

A diretoria do Sindicato dos Bancários de Santos e Região protestou com manifestação na frente da agência do Santander, na Pça. Mauá, no centro de Santos/SP (onde fica a superintendência regional), sexta-feira (10/2), das 8h às 13h, contra as arbitrariedades como assédio moral, desrespeito à Convenção Coletiva de Trabalho, mudança unilateral do plano de saúde dos funcionários e demissões que estão ocorrendo no banco.

Sindicato dos Bancários de Santos reverte demissão por justa causa no Santander

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região garantiu na justiça a readmissão de uma bancária do Santander, em Itanhaém, nesta quarta-feira, 8. O banco extraviou documentos da trabalhadora, referentes à sua aposentadoria por invalidez, e depois a demitiu alegando abandono de emprego. A lambança incluiu o corte do plano de saúde da bancária, que depende dele por conta de sua doença.

Cerco aos bancos públicos e ao futuro do Brasil

Não existem grandes países sem grandes empresas nacionais, também não existem grandes nações que possam prescindir de um forte sistema financeiro público para que se desenvolvam estratégica e soberanamente. Não se trata apenas, como ocorria no passado, do direito de cunhar moeda, mas de ter instrumentos que possam garantir que a roda da economia continue girando.

Sindibancários/ES ocupa praça em ato contra a retirada de direitos

Sindibancários/ES ocupa praça em ato contra a retirada de direitos

A manhã desta terça-feira, 12, foi de mobilização e luta contra os projetos de retirada de direitos promovidos pelo governo golpista de Temer. Diretores e diretoras do Sindibancários/ES participaram do ato realizado na Praça Costa Pereira, onde dialogaram com a população sobre os inúmeros ataques aos direitos dos trabalhadores que estão em curso.

Número de bancários demitidos até outubro supera o de todo o ano de 2015

Foi divulgada na quarta-feira, 28, a pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (Caged). O estudo aponta que de janeiro a outubro de 2016 os bancos brasileiros fecharam 10.009 postos de trabalho no Brasil, uma quantia que supera o total fechado em 2015, que foi de 9.886. O número de 2016 representa um aumento de 58,4% em relação ao número de postos fechados no mesmo período no ano passado, que foi 6.319.

Bancários do Banco do Brasil fazem protesto nacional dia 7

Mobilização! Essa é a palavra de ordem dos funcionários para evitar a perda de direitos e evitar o desmonte do Banco do Brasil. Essa certeza ficou ainda mais evidente durante a negociação entre a comissão de empresa dos funcionários e a direção do banco público na quinta-feira 1º de dezembro. Uma nova reunião está marcada para o dia 8.

Bradesco anuncia fechamento de agências

O encerramento de unidades pode ocorrer nos próximos meses e atendimento será transferido para postos de atendimento menores, precarizando ainda mais o atendimento aos clientes e as condições de trabalho dos bancários.

Temer vai exterminar postos de trabalho no Banco do Brasil

Começaram as manobras do governo golpista de Michel Temer para privatizar bancos estatais. O Banco do Brasil anunciou ontem, domingo (20/11), o fechamento de 781 agências, o equivalente a 14% de um total de 5.430. Também foi confirmada abertura do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), alardeado desde outubro, contudo o Banco vinha constantemente negando e dando respostas evasivas quando perguntado sobre redução de funcionários. A diretoria do BB espera a adesão de de até 18.000 funcionários aptos a se aposentar. Conforme o PEAI, os bancários e bancárias terão até 9 de dezembro para aderir.