fbpx

Servidores protestam contra fechamento de hospital no Conjunto Ceará

Diretores do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) e da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, participam hoje pela manhã de protesto dos servidores do Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Conceição (HNSC), no Conjunto Ceará.

O Hospital está paralisado desde o último dia 22, devido a problemas elétricos. Servidores relatam que na madrugada de sábado, houve inclusive princípio de incêndio.

A Prefeitura está remanejando pacientes para o Hospital Zilda Arns (Hospital da Mulher) e o destino dos servidores é incerto.

Esta não é a primeira vez que o hospital apresenta problemas estruturais e a Prefeitura não toma providências efetivas para saná-los. Em março deste ano, já houve problema semelhante ao atual, com transferência de pacientes para o Hospital da Mulher.

Também houve redução de gastos na unidade de saúde, que caíram de R$ 1,9 milhão em 2013, para R$ 1,5 milhão neste ano.

Situação semelhante a do HNSC, aconteceu com o Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (Cemja), que passou por problemas estruturais e foi fechado pela Prefeitura.

Para o Sindifort, é inaceitável que a Prefeitura continue tratando a saúde com descaso e que simplesmente feche um hospital prejudicando a população e os servidores.

Fonte: Sindifort

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top