fbpx

Servidores do Pará cruzam os braços dias 11 e 12

Servidores(as) públicos(as) estaduais aprovam paralisação para 11 e 12/05

Os/as servidores/as públicos/as estaduais/as (SPE’s) reunidos/as em assembleia geral na manhã desta quinta-feira (28), no Ginásio da Escola Superior de Educação Física (Esefpa), deliberaram por paralisar suas atividades nos dias 11 e 12 de maio.

As entidades representativas de 22 categorias de servidores/as do Estado reafirmaram sua insatisfação com a política salarial do governo Jatene que retira direitos históricos, não reajusta o salário, portanto, não combate as perdas da inflação (11,56%) do último período e de só ter apresentado o aumento de R$ 100,00 no auxilio alimentação (somente para o pessoal da segurança pública).

O Sintepp considera que é hora de traçar uma estratégia de mobilização dos (as) trabalhadores (as) pela base, num amplo movimento unificado, conforme explicou o Coordenador Geral, Alberto Andrade, “O momento conjuntural que nós vivemos é de grandes desafios para a classe trabalhadora. E no Estado do Pará se configura mais do que urgente e necessário que os trabalhadores visualizem uma luta unificada para enfrentar o governo Jatene. A educação continuará sendo protagonista neste processo, porém nós entendemos que o fortalecimento de outras categorias e a participação dos servidores na luta unificada trará maiores possibilidades de vitórias neste momento de dificuldades políticas e estruturais que nós estamos vivendo. Por isso o Sintepp aposta na unidade e irá lutar para garantir as vitórias unificadas dos servidores públicos estaduais e para que nós possamos alcançar vitórias para nossas categorias como um todo, porque todo trabalhador é merecedor de ter dignidade em seu trabalho”.

A mobilização pela base garantiu à comunidade escolar importante vitória neste último bimestre, que foi a não aprovação pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) da proposta de reformulação da matriz curricular do Ensino Médio encaminhada pela Seduc, que reduziria a carga horária de professores/as e mais grave ainda retiraria o 7º horário de estudantes em preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que serve de base para ingresso nas Instituições de Ensino Superior do país. No dia 04|05 (quarta-feira) o Sintepp realizará assembleia geral para debater a campanha salarial 2016, às 9h00, no Auditório do CCNT/UEPA.

Entenda quais as prioridades dos SPE’s na Campanha Unificada 2016

“Para nós servidores públicos estaduais é ponto pacífico que não abriremos mão da atualização salarial pela inflação. Nós também lutamos pela reposição de nossas perdas salariais históricas, que acumuladas nos últimos quatro anos ultrapassam 15%. Há a necessidade de atualização das diárias do Estado para as instituições que fazem uso dela. Assim como em relação aos concursos públicos realizados, que os aprovados sejam nomeados. Não podemos abrir mão também do plano de carreira de várias categorias que estão em processo de aprovação e de atualização, essas são pautas que consideramos fundamentais”, comentou Elison Oliveira, Coordenador do Sindtran.

A paralisação aprovada para os dias 11 e 12|05 prevê a realização de Atos Públicos, respectivamente, na SEAD e no Iasep, quando serão tentadas audiências para debater a “proposta” salarial do governo e a atual situação de precariedade do instituto de assistência dos (as) trabalhadores (as) que organizarão equipes de mobilização, em suas bases e locais de trabalho. O objetivo daqui pra frente, na fala das lideranças sindicais, é construir um grande e forte movimento paredista unificado, caso o governo Jatene insista com sua política de ataques aos direitos e conquistas dos/as trabalhadores/as.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top