Saudação da Intersindical ao povo Venezuelano em razão da vitoriosa e democrática Eleição de 2021

Saudação da Intersindical ao povo Venezuelano em razão da vitoriosa e democrática Eleição de 2021

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

A Direção Nacional da Intersindical, reunida em São Paulo nos dias 04 e 05 de dezembro, saúda o povo venezuelano pela importante participação nas megaeleições realizadas no país no último dia 21 de novembro.

Na grande maioria das províncias e municípios, a população venezuelana reforçou seu apoio ao processo bolivariano de mudanças sociais iniciado pelo ex-presidente Hugo Chávez em 1999.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Esse resultado demonstra que apesar do bloqueio e guerra econômica levadas a cabo pelo imperialismo e a direita local, o povo venezuelano tem consciência política e, sobretudo, não abre mão da soberania popular e dos avanços conquistados pela revolução bolivariana.

Através do nosso Secretário Geral, Edson Carneiro Índio,  que esteve presente no país como Acompanhante Internacional das eleições, mais uma vez a Intersindical tem a certeza de que a maioria da classe trabalhadora da Venezuela apoia seu governo e as instituições bolivarianas.  Mesmo diante de tantos ataques, não recuam da determinação constitucional de construir uma sociedade socialista na pátria de Bolívar.

Cumprimentamos todas as lideranças políticas eleitas pelo Grande Polo Patriótico, em particular, nosso camarada ex dirigente sindical Eduardo Piñate, eleito agora Governador de Apure, em nome de quem desejamos, para todos os eleitos, toda sorte e força à frente das tarefas confiadas nas urnas pelo povo.

Aproveitamos para cumprimentar nossa parceira Central Bolivariana Socialista da Venezuela e todas as organizações populares venezuelanas que mantêm as lutas para garantir a autodeterminação de seu povo.

Outrossim, exigimos que o governo brasileiro respeite o governo constitucional de Nicolás Maduro e desista de sua política criminosa de atentar contra o corpo diplomático da Venezuela em nosso país.

É necessário que o Brasil normalize as relações diplomáticas e respeite a Convenção de Viena e os tratados internacionais para com nossa querida Venezuela.

Abaixo o bloqueio econômico à Venezuela!

Viva a autodeterminação dos povos!

São Paulo, 05 de dezembro de 2021
Direção Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora  

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

PEC 32 da REFORMA ADMINISTRATIVA é adiada, vitória dos trabalhadores
PEC 32 da REFORMA ADMINISTRATIVA é adiada, vitória dos trabalhadores
PEC 32 e o Desmonte do Serviço Público
PEC 32 e o Desmonte do Serviço Público
Intersindical contra a PEC 32 em Brasília
Intersindical contra a PEC 32 em Brasília
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários