Ratinho é condenado por trabalho escravo em fazenda

Ratinho é condenado por trabalho escravo em fazenda

Ratinho é condenado por trabalho escravo em fazenda

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

De acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), ele mantinha funcionários de sua propriedade rural em situação análoga à de escravos, sem fornecer equipamentos de segurança, alojamento ou alimentação adequada.

O apresentador do SBT, Carlos Roberto Massa, conhecido como Ratinho, foi condenado a pagar R$ 200 mil por danos morais coletivos.

De acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), ele mantinha funcionários de sua propriedade rural em situação análoga à de escravos, sem fornecer equipamentos de segurança, alojamento ou alimentação adequada.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Segundo a denúncia, os empregados da Fazenda Esplanada, em Limeira do Oeste (SP), tinham que se alimentar na lavoura e nos banheiros. Ratinho também teria aliciado pessoas no Maranhão e na Bahia, contratadas em situação irregular.

O apresentador já havia sido condenado a pagar R$ 1 milhão por danos morais coletivos na mesma ação pela Justiça do Trabalho de Minas Gerais, depois que o Ministério Público do Trabalho (MPT) em Uberlândia ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) contra ele.

Carlos Massa recorreu e conseguiu excluir o dano, mas o MPT foi ao TST, apontou violação de artigos e leis, além de divergência jurisprudencial, e os ministros aceitaram o recurso. Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, ele negou as acusações.

Fonte: Revista Fórum


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários