fbpx

Projeto de José Serra que retira do povo brasileiro os recursos do pré-sal pode ser votado hoje

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

Está para ser colocado em votação a qualquer momento no Senado o Projeto de Lei 131/2015, do senador José Serra (PSDB-SP), que tramita em regime de urgência e que pode transferir para as multinacionais os lucros que o povo brasileiro teria com a exploração dos recursos do pré-sal.

Em entrevista ao site Carta Maior, o especialista em petróleo e consultor legislativo da Câmara, Paulo César Ribeiro Lima, denuncia o que está por trás da proposta do senador tucano.

“Com este projeto, quem perde é o povo brasileiro, a receita social do país, a educação e a saúde. Quem ganha são as multinacionais que irão se apropriar dessa renda que o estado perde, e ainda com alto risco operacional”, afirma Lima.

Pela legislação atual, 50% dos lucros do pré-sal operados pela Petrobras seriam destinados ao financiamento da saúde e da educação. Só que a proposta de Serra libera a estatal da função de operadora única do pré-sal, desobriga a participação mínima de 30% dos blocos licitados, e acaba com a transferência desses recursos para o Estado brasileiro.

De acordo com o consultor, o regime de partilha aprovado para a exploração do pré-sal já é muito ruim, porque implica em alta lucratividade, investimentos baixos e risco praticamente zero para as multinacionais envolvidas.

O consultor avalia que, com a estatal brasileira como operadora, pelo menos uma boa parte dos lucros fica com o Estado brasileiro, inclusive no fundo Social que destina 50% da sua receita à saúde e educação.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail
Tags

*

Top