fbpx

Professores de Duque de Caxias (RJ) fazem mobilização de 3 dias contra parcelamento de salários

O prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, (PSD) começou a adotar a cartilha de parcelamento do salário dos servidores. Na segunda-feira (6), anunciou que os que ganham até R$ 3 mil teriam os salários pagos e o restante receberia  R$ 3 mil mais  50% do total da remuneração recebida e os outros 50% restantes até o dia 15 de junho.

A notícia pegou de surpresa os servidores de Duque de Caxias (RJ). Os servidores da Educação reagiram rápido e definiram em assembleia um calendário de 3 dias de lutas. Na quarta-feira (8), dia da assembleia, realizaram uma paralisação e ocuparam a Prefeitura de Duque de Caxias.

Nesta quinta-feira (9) ficou definido que haverá meio turno de reunião com os alunos e meio turno de reunião com os pais para expor a situação da educação municipal e para a sexta-feira (10) os professores preparam um ato de paralisação integral no centro da cidade e conclamam a população a participar do “Arraiá dos Sem Salários”.

O Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe) de Caxias também vai entrar com pedido de liminar para que o pagamento seja efetuado em uma só parcela.

Para os servidores inativos, o parcelamento já começou no mês passado. 

SepeCaxias 002

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail
Tags

*

Top