fbpx

Professores da rede estadual do Rio de Janeiro aguardam proposta do governador Pezão

Em greve desde o último dia 2 de março, os professores e demais trabalhadores da educação do estado do Rio aguardam com ansiedade a contraproposta sobre o reajuste salarial deste ano, além do pagamento e do reajuste do Fundeb relativos aos anos de 2014, 2015 e 2016.

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (Sepe-Rio) tem uma audiência no final da tarde desta terça-feira (5) com o secretário de Estado de Educação do Rio, Antonio Netto.

O encontro será realizado na Alerj às 17h e terá como pontos de pauta as principais reivindicações da categoria, que tem a adesão de cerca de 80% dos trabalhadores.

A professora Marisa Gonzaga da Silva, do Sepe, lembra que o povo fluminense tem recebido com simpatia as manifestações da categoria. “Temos planfletado em feiras e eventos e explicado nossa situação, o governo está devendo para a gente”, diz ela.

A categoria reivindica 20% e já avisa que não aceitará ficar sem a parcela do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) .

Uma Assembleia geral da categoria está marcada para esta quarta-feira (6).

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top