Privatizações de Temer: DIEESE publica relatório e aponta recessão

Privatizações de Temer DIEESE publica relatório e aponta recessão

Privatizações de Temer: Alguns Comentários sobre a Situação Fiscal

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) acaba de divulgar uma análise sobre o pacote de privatizações do governo  ilegítimo de Michel Temer – o marionete do grande capital.

Segundo o documento ‘Alguns Comentários sobre a Situação Fiscal e as Privatizações do Governo Temer‘, esta política não irá recuperar a economia. Em vez disso, a probabilidade é de colocar o país numa espiral recessiva sem fim. Com investimento e gasto privados travados pelos juros reais altos e expectativas pessimistas.

A expectativa é de possível aumento das tarifas de energia elétrica, gerando pressão inflacionária. Há também possibilidade de que a desnacionalização diminuirá a capacidade de planejamento e estratégia nacional.

O gasto público que poderia quebrar esta lógica recessiva está contraído. Segundo o Dieese, o corte de gastos que deprime a economia, promove queda da arrecadação e causa piora na situação fiscal. E assim sucessivamente.

A avaliação sobre o Programa de Parcerias de Investimento (PPI), que envolvem 57 projetos, dentre eles principalmente a venda de parte da Eletrobrás (ficou de fora Itaipu porque é binacional e as usinas nucleares), além da concessão de 14 aeroportos (incluindo Congonhas em São Paulo), 16 portos e a desestatização de 2 rodovias, 4 projetos em Petróleo e gás, a Lotex (CEF) e a Casa da Moeda (responsável pela emissão de cédulas, moedas, passaportes, selos, dentre outros) é a de que a conta cairá no colo do trabalhador.

CLIQUE AQUI E LEIA O DOCUMENTO NA ÍNTEGRA


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

*

Top