fbpx

Presidenta Dilma veta reajuste salarial de servidores judiciários

Mobilizar a categoria e intensificar a luta pela derrubada do veto

Os servidores do Judiciário no Piauí se reuniram nessa quarta-feira (22) para avaliar sobre o veto do PLC 28/2015, que repõe as perdas salariais do judiciário, e debateram as demandas para a sua derrubada no congresso. A decisão é unânime, o foco principal é intensificar a luta para barrar o veto presidencial e para isso, retomar as articulações com os deputados e senadores e permanecer mobilizados é o caminho.

Na assembleia foi deliberado continuar em greve até hoje, quinta-feira (23), e, de acordo com a indicação e os informes da reunião nacional do comando de greve, se decidirá os rumos a serem trilhados.  O esforço e a mobilização devem a partir de agora dobrados e não podemos permitir sair dessa luta sem a vitória.

A categoria do Judiciário brasileiro está há 9 anos sem salário digno desse nome e a Presidência da República de maneira intransigente veta o projeto alegando que além de tudo é inconstitucional, ora, se o projeto é de autoria do judiciário e passou pelo senado e câmara está claro que não é inconstitucional! O problema não é o orçamento ou qualquer coisa que seja, é na verdade que o governo quer a submissão e a defasagem do Poder Judiciário.

A nossa luta se fortifica com a indignação que se alastra em cada um de nós e vamos para cima com tudo e para barrar o veto. Para mudar essa realidade é preciso garantir o apoio dos parlamentares para que haja maioria absoluta dos votos tanto na Câmara dos Deputados (257 votos favoráveis) quanto no Senado (42 votos), isto é, metade dos votos do colegiado mais um e vamos juntos garantir que seja feita justiça.

A articulação se intensifica

Houve nessa manhã reunião com o deputado federal Júlio César (PSD) que manifestou total apoio à derrubada do veto, “Considero justa a reposição salarial dos Servidores do Judiciário e defendo a derrubada do veto. ”

Receptivo a nosso pleito o deputado alertou sobre como deva ser o trabalho a partir de agora, “Para se conseguir a derrubada de um veto, que é algo difícil, precisa-se de muita articulação. O voto é secreto e isso ajuda, mas sem um esforço intenso não se vai conseguir o êxito. Vocês devem procurar os deputados e senadores fazer as conversas e solicitar apoio”, e finalizou, “A coisa deve ser orquestrada. Os sindicatos nacionais devem se mobilizar. ”

Não podemos perder as expectativas e agora mais que nunca devamos estar mobilizados e centrados montando o cenário favorável para travar mais essa batalha. O PLC 28/2015 é nosso e não vamos de maneira nenhuma desistir de lutar por justiça. A luta da categoria foi responsável por conseguirmos chegar até aqui e seguiremos juntos com a cabeça erguida até a vitória!

Fonte: Sintrajufe/PI (Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Piauí)

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top