Povo de Independência (CE) se une em ato contra a precarização das agências bancárias

A população da pequena Independência (CE) realizou um ato público na manhã desta segunda-feira (13) contra a precarização do atendimento nas agências bancárias do Bradesco e Banco do Brasil – as únicas duas existentes na cidade de 26 mil habitantes.

Na cidade, a infraestrutura bancária está à míngua por conta dos assaltos recorrentes. Caixas eletrônicos sem manutenção e sem dinheiro, que só permitem a realização de transferências. Nas cidades próximas, a situação é semelhante e em cinco delas os bancos não funcionam mais.

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    “Exigimos segurança pública, pois em nossa cidade só existem dois policiais, e o reestabelecimento dos bancos com condições de atendimento, pois o comércio está fechando e as pessoas se mudando”,  explica Rosa Gonçalves, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Independência e diretora da Intersindical.

    O ato reuniu aposentados, pensionistas, servidores, comerciantes e estudantes, e contou com o apoio Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Independência, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, da Câmara de Lojistas, da Câmara Municipal, da FECI e da Associação Comunitária de Radiodifusão, entre outros.

    A passeata começou na frente da CDL, parou em frente ao Banco do Brasil e encerrou na agência do Bradesco.

    Os manifestantes elegeram uma comissão para ter uma audiência com a gerência dos bancos para agilizar a situação e enviaram uma carta com as reivindicações.

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x