População de Paranhos (MS) protesta em frente à Prefeitura neste dia de Greve Geral

Compartilhe

Saiba mais:
Câmara dos Deputados dá tiro de morte nos direitos trabalhistas
→ Nota Pública do Ministério Público do Trabalho contra a Reforma Trabalhista e apoiando a Greve Geral
→ Juízes e advogados em defesa da Justiça do Trabalho


A entrada da Prefeitura de Paranhos, a 469 km de Campo Grande, amanheceu ocupada por manifestantes nesta sexta-feira, 28 de abril. A cidade, que no Mapa da Violência está entre as dez mais violentas do país, é um dos locais de maior vulnerabilidade econômica e social.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Por isso o povo está nas ruas em greve geral e de olho nos aliados políticos dos candidatos a vereadores e prefeitos em 2018 que votarem contra a retirada de direitos sociais, contra o emprego e contra a aposentadoria.

A cidade faz fronteira com o Paraguai já foi considerada o município mais violento de Mato Grosso do Sul.

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Inscreva-se em nosso canal no YouTube

.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários