fbpx

PL 4330: aprovado o projeto do desemprego e da precarização

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem, dia 08, por 324 votos a favor, 137 contra e duas abstenções, o texto principal do Projeto de Lei 4330, que amplia as possibilidades de terceirização à todas as atividades, tanto no setor público quanto no privado, reduzindo assim diversos direitos trabalhistas.

Apenas três partidos – PSOL, PT e PCdoB – orientaram seus parlamentares a votarem contra o projeto.

PSDB, PSD, PR, PSB, DEM, PDT, Solidariedade, PPS, PV e o bloco composto por PMDB, PP, PTB, PSC, PHS e PEN determinaram voto a favor da destruição dos direitos trabalhistas no Brasil.

O Pros e o bloco formado por PRB, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB, PTC, PSL e PTdoB liberaram as bancadas e a maioria destes parlamentares também votaram contra os trabalhadores, a juventude e o futuro do país.

Na semana que vem serão apreciados os destaques ao PL 4330. Está mais do que claro que este congresso é rigorosamente contrário aos interesses populares. Portanto, não podemos ter ilusões.

Por isso, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora, juntamente com outras centrais sindicais e movimentos sociais convoca os trabalhadores e os setores populares a realizarem um grande Dia Nacional de Paralisações no próximo dia 15 de abril contra o PL 4330. Vamos parar o Brasil em defesa dos direitos e contra a ampliação da precarização do trabalho.

Perdemos essa batalha, mas a luta vai continuar para garantir direitos e melhores salários aos atuais terceirizados, impedir a possibilidade de terceirizar todas as atividades das empresas, além de outras mudanças absolutamente  necessárias para proibir a precarização do trabalho, a destruição de direitos, a fragmentação da classe. É preciso lutar para garantir igualdade de direitos entre trabalhadores terceirizados e trabalhadores diretamente contratados.

Veja abaixo como votou cada deputado:

. Por ESTADO DE FILIAÇÃO

. Por LEGENDA PARTIDÁRIA

Vamos denunciar a todos/as que votaram a favor dos patrões e contrários aos trabalhadores. Esses deputados não merece nenhum voto dos trabalhadores. São traidores do povo. Trabalhador/a deve votar em trabalhador/a. Chega de votar em coxinha ou gente financiada pelas empresas.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top