fbpx

Petroleiros fazem dia de lutas contra desmonte da Petrobras

Intersindical participa da greve dos petroleiros no litoral paulista

Dirigentes, militantes da Intersindical e do Sindicato dos Bancários de Santos e Região participaram, em conjunto com diretores do Sindipetro-LP e os petroleiros do litoral paulista, da greve de 24 horas, nesta sexta-feira (24/07), na Refinaria Presidente Bernardes, Terminal Pilões e Termoelétrica (Cubatão), UTGCA (Caraguatatuba), no edifício do Valongo (Santos) e Tebar (São Sebastião).

Um dos eixos da paralisação nacional é a luta contra a venda de ativos pela presidenta Dilma e o Projeto de Lei do Senador José Serra (PSDB) que tenta privatizar a Petrobras.

Diante do risco iminente de privatização da empresa, através do plano de negócios e da tentativa de entrega do pré-sal às petrolíferas estrangeiras e por conta de que a Petrobras vive hoje um dos maiores ataques já sofridos desde a quebra do monopólio estatal do petróleo, na década de 1990, os petroleiros e a Intersindical promoveram na Baixada Santista a greve de alerta por 24 horas.

Segundo os dirigentes da Intersindical e dos petroleiros a greve desta sexta-feira deve ser apenas o início de uma grande luta em defesa da Petrobras e da soberania nacional do país.

Petrolíferas e banqueiros querem saquear trilhões do povo

O pré-sal brasileiro tem reservas de 300 bilhões de barris. Destes 60 bilhões foram descobertos pela Petrobras. Tudo isso vale 6 trilhões de dólares. Com isso o Brasil tem autossuficiência para mais 50 anos e será um dos 10 maiores produtores de petróleo mundial.

“A Petrobras é a única entre as 5 maiores do setor que aumenta a produção. Exxonmobil (EUA), Britsh Petroleum (britânica), Shell (anglo-holandesa) e Chevron (EUA) estão em queda. Estão golpeando a Petrobras para fatia-la”, alerta Eneida Koury, secretaria geral do Sindicato dos Bancários e da Direção Nacional da Intersindical.

Projeto 131/2015 de José Serra (PSDB)

Com a complacência e sem provocar alardeamento na grande mídia, o senador José Serra (PSDB), que deu entrevistas recentes pregando o desmembramento da Petrobras, apresentou o projeto de lei 131/2015 que altera o sistema de partilha do pré-sal, desobrigando a estatal brasileira de participar dos negócios e excluindo a cláusula que condiciona a participação da Petrobras em, no mínimo, 30% da exploração e produção em cada licitação.

Vamos lutar em defesa dos trabalhadores e da população

“Nossa trajetória de luta é por um governo que represente os trabalhadores, contra a terceirização, contra o ajuste fiscal, contra a privatização da Petrobras e de qualquer serviço público como acontece com as OSs. Também lutamos contra o golpe político que deputados e senadores da direita querem impor ao povo brasileiro para entregar todo o nosso patrimônio, desempregar, retirar direitos e arrochar salários dos trabalhadores. Vamos construir uma greve geral juntamente com movimentos sociais, políticos e sindicais do país. Só resta ao trabalhador muita unidade e luta, para resistir aos ataques do capital”, afirma Ricardo Saraiva Big, presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região e Secretário de Relações Internacionais da Intersindical.

Veja as fotos deste dia de lutas:
(clique na imagem para ver a galeria em tela cheia. Fotos: Fernando Diegues e Fabiano Couto)

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top