Pesquisa internacional pontua condições de trabalho por plataformas no Brasil

Compartilhe

ASSISTA AQUI A TRANSMISSÃO DO EVENTO:
“Por trabalho decente na economia de plataformas”

Uber, iFood, 99, Rappi, UberEats e GetNinjas não conseguiram comprovar padrões mínimos de trabalho decente

Na próxima quinta-feira (17), às 9 horas, ocorre o evento online de lançamento do relatório “Fairwork Brasil 2021: Por trabalho decente na economia de plataformas”, realizado pelo projeto Fairwork Brasil, vinculado à Universidade de Oxford. As inscrições gratuitas são realizadas pelo site do projeto.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Este é o primeiro levantamento do tipo no país, que classifica como as maiores plataformas tratam os trabalhadores. A pontuação vai de 0 a 10 e reflete o trabalho justo a partir de cinco eixos: remuneração, condições de trabalho, contratos, gestão e representação.

As seis empresas que fazem parte do escopo do estudo – Uber, iFood, 99, Rappi, UberEats e GetNinjasnão conseguiram comprovar padrões mínimos de trabalho decente.

O resultado mostra que as plataformas promovem o trabalho indecente no Brasil e segue a linha do que é executado por empresas do tipo em outros países da América Latina, como Chile e Equador, cuja maior pontuação é 3.

O coordenador do Fairwork no Brasil, Rafael Grohmann, ressalta os impactos do projeto ao redor do mundo: “É uma pesquisa-ação. Os princípios podem ajudar na formulação de políticas públicas e a construir, junto com as diferentes instituições interessadas, mecanismos rumo ao trabalho decente na economia de plataformas no Brasil”.

A equipe no país é coordenada pelos professores Rafael Grohmann (Unisinos), Julice Salvagni (UFRGS), Roseli Figaro (USP) e Rodrigo Carelli (UFRJ). A metodologia envolveu entrevistas com trabalhadores, pesquisa documental e reuniões com gestores de plataformas. O próximo levantamento publicado pelo Fairwork Brasil está previsto para dezembro deste ano.

O que é o Fairwork

Fairwork é um projeto global sediado no Oxford Internet Institute e no WZB Berlin Social Science Centre. Globalmente, o Fairwork colabora de forma próxima com trabalhadores, plataformas, advogados e formuladores de políticas para imaginar e construir um futuro do trabalho mais justo.

O quê? Lançamento do Relatório de Pesquisa Fairwork sobre a condição de trabalho de trabalhadores brasileiros nas plataformas Uber, iFood, 99, Rappi, UberEats e GetNinjas.
Quando? 17 de março, às 9 horas
Como se inscrever? Pelo link FairWork Brasil

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários