Pesquisa do Dieese comprova arrocho salarial sobre a classe trabalhadora

Pesquisa do Dieese comprova arrocho salarial sobre a classe trabalhadora

Pesquisa divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra que, em 2016, 36,7% dos acordos salariais foram fechados com índices inferiores à inflação. Quase o dobro do ano anterior (19%).

Apenas 18,9% dos acordos tiveram aumento real (acima da inflação, medida pelo INPC-IBGE). O resultado, equivalente a 2003, foi o pior da série histórica, iniciada em 1996. E os demais 44,4% foram equivalentes ao INPC.

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    A variação média dos reajustes ficou abaixo do índice de inflação: -0,52%. O Dieese analisou 714 negociações, na indústria, no comércio e no setor de serviços.

    “O quadro das negociações salariais analisado revela o agravamento da situação captada no balanço dos reajustes de 2015”, afirma o instituto. Naquele ano, os reajustes acima da inflação foram pouco mais da metade (51%) do total.

    Passado melhor

    Entre 2005 ​e 2014, as negociações com ganho real nunca foram menos do que 70% do total. Com exceção de 005, 2008 e 2009, foram de no mínimo 86%. Em dois anos, 2012 e 2014, superou os 90%. A situação piora em 2015, quando os acordos acima da inflação somaram 50,7%.

    O Dieese apurou ainda aumento no número de reajustes salariais parcelados, o que já havia acontecido no ano anterior. Em 2016, 29,6% dos acordos tiveram parcelamento, ante 13,7% em 2015. De 2008 a 2013, a proporção ficava entre 4% e 5% do total.

    Entre os setores, o de serviços teve a maior proporção de reajustes abaixo da inflação: 49%. Outros 20,6% ficaram acima do INPC, índice maior que a média geral.

    Na indústria, foram 16,9% de acordos com reajuste superior à variação do INPC e 30,6% abaixo, com 52,6% equivalente ao índice usado como referência nas negociações. O comércio teve 21,4% acima e 29,1% abaixo, com praticamente metade (49,6%) iguais ao INPC.


    INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
    Clique aqui e curta nossa página no Facebook
    Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

    Tags
    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x