No Pará, a greve da educação toma força. Recuar Jamais!

No Pará, a greve da educação toma força. Recuar Jamais!

Os Trabalhadores da Educação fizeram um Ato Denúncia no primeiro dia da Feira Pan-Amazônica do Livro, em Belém, que teve seu inicio dois de maio (sábado).

Em nosso ato cultural dialogamos com os participantes da Feira quanto à irresponsabilidade do governo do Pará em não pagar o mínimo exigido por lei aos profissionais que cuidam da educação em nosso estado.

    LISTA INTERSINDICAL

    RECEBA INFORMAÇÕES IMPORTANTES NO SEU E-MAIL

    Jatene gasta milhões em propaganda fingindo que investe algo no sistema educacional do nosso estado, enquanto permite que nossas escolas fiquem em ruínas e os filhos da classe trabalhadora sejam vítimas de violência nas ruas e nas escolas, consequência da falta de investimento tanto na educação quanto na segurança pública do Pará.

    Nossa Greve chega a um mês sem sinalização de respostas positivas da administração pública, que, por sinal, deixou bem óbvio na audiência do dia 29 de maio seu desinteresse em obedecer à resolução do Tribunal de Justiça do Estado, órgão este que afirma que o governo do estadão está em dívida com a educação, devendo pagar o piso, que está desatualizado desde janeiro de 2015.

    Entramos com uma solicitação (Protocolo Nº: 26019/2018) ao Ministério Público para reunirmos quanto a atual situação da Educação no Estado, visto que o poder executivo negligência sua responsabilidade com a população paraense. Ainda aguardamos resposta do Senhor Procurador

    Geral de Justiça do Estado, mas temos fé que conseguiremos, com o apoio de nossa categoria e da população do estado, avançar nas negociações que visam melhorar o sistema educacional paraense.

    Acompanhe e participe de nossa Agenda da Greve:

    – 04 de junho (segunda-feira), 09:00h: Ato Público em Solidariedade à Ocupação da EE Helena Guillon;
    – 04 de junho (segunda-feira), 10:30h: Campanha de Doação de Sangue ao Hemopa;
    – 04 de junho (segunda-feira), 17:00h: Reunião do Comando de Greve, na EE Cordeiro de Farias;
    – 05 de junho (terça-feira), 09:00h: Ato Público no Ministério Público do Estado (CidadeVelha);
    – 06 de junho (quarta-feira), 09:00h: Ato Público e Assembleia Geral da Categoria em frente a ALEPA.

    Nós, funcionários e docentes, permaneceremos em luta por melhores condições nas escolas públicas deste Estado. Todos|as por uma educação pública, gratuita e de qualidade!

    Fonte: Sintepp


    CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

    Facebook Intersindical

    Instagram Intersindical

    YouTube Intersindical

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    Ver todos os comentários
    Top
    0
    Comentex
    ()
    x