Ocupação na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (CE): povo marca sessão popular para discutir suas pautas

Ocupação na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (CE): povo marca sessão popular para discutir suas pautas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

O descaso dos vereadores de Juazeiro do Norte (CE) com as demandas da população e a preocupação em votar projetos só em benefício próprio – como aumento dos próprios salários – levou estudantes, sindicalistas e movimentos populares a ocuparem a Câmara Municipal desde a última quinta-feira (27) e a marcarem uma sessão popular nesta terça-feira (1º) às 15h.

Valdir Medeiros, da direção nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, comemora a mobilização, nunca registrada antes na cidade. 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

“Estamos fazendo história. Nesta terça-feira vamos ter a primeira sessão conduzida pelos trabalhadores. Nunca houve oportunidade para os movimentos populares se expressarem”, afirma.

Entre os temas que serão discutidos, defendidos pela Intersindical no Cariri, estão pautas locais e nacionais, como o fim da taxa de iluminação pública, o parque livre, a criação do Conselho Municipal de Transporte e a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela os investimentos públicos por 20 anos e afeta a vida de todos os brasileiros.

“Agora o povo vai poder falar na casa do povo”, diz Valdir Medeiros. “A grande mídia está apoiando a mobilização por causa do aumento vergonhoso que os vereadores fizeram para eles mesmos, apesar dos inúmeros protestos”.

Prefeito de Juazeiro vai ganhar mais que o presidente da República

Em meia hora d dia 27 de outubro, a maioria dos vereadores aprovou o aumento de 20% dos próprios salários, que passaram de R$ 10 mil para R$ 12,6 mil. Ficou estabelecido o reajuste do salário do vice-prefeito, de R$ 14 mil para R$ 21 mil e 65% de aumento para o prefeito, que passa a receber R$ 33 mil, mais do que o presidente da República e o dobro do salário do próprio governador do estado.

Os movimentos sociais alegam que o Regimento Interno da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (CE) foi violado e avisam que vão pedir a anulação da sessão.

O Ministério Público de Juazeiro do Norte pretende entrar com ação na Justiça assim que os novos salários forem publicados no Diário Oficial do município. Segundo os promotores, a votação não poderia ter acontecido depois das eleições, já que os vereadores reeleitos estão beneficiando a eles mesmos com o aumento que passa a valer em janeiro.

INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Manifestação contra a #PEC32
Manifestação contra a #PEC32
#7SForaBolsonaro
#7SForaBolsonaro
Raul Campos, trabalhador da #PROGUARU, no 7S Fora Bolsonaro!
Raul Campos, trabalhador da #PROGUARU, no 7S Fora Bolsonaro!
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários