Notícias

Economistas contra o fim da aposentadoria e da previdência pública

Nós, entidades e economistas de diversas formações teóricas e políticas e diferentes especialidades, viemos por meio desse manifesto defender a Previdência Social e seu regime de repartição, nos posicionar contrários à Proposta de Emenda Constitucional 6/2019 (PEC 6).

CONIC, CESE e Cáritas iniciam mobilização contra a Reforma da Previdência

O Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), que reúne católicos, batistas, anglicanos, presbiterianos, ortodoxos e luteranos inicia nesta segunda-feira, 6 de maio, iniciou uma campanha nacional CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA. A ação é realizada em parceria com a Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE) e com a Cáritas Brasileira.

A Previdência que queremos!

Cinco medidas econômicas para financiar a Previdência Social e esquecer a “Deforma” do governo

A Frente Povo Sem Medo (PSM), que reúne organizações políticas, sindicatos e movimentos sociais, lançou o documento “A Previdência que queremos: pelo respeito ao pacto social de 1988”, em evento no Dieese, na semana passada. Para a PSM, a reforma proposta pelo governo Bolsonaro é “destrói o modelo de sociedade pactuado ao longo do processo de redemocratização”.

Falamos com Pablo Micheli, secretário-geral da CTA Autônoma, sobre o movimento sindical argentino

Falamos com Pablo Micheli, secretário-geral da CTA Autônoma, sobre o movimento sindical argentino

Na véspera do Dia Internacional dos Trabalhadores, o sindicalismo argentino deu mais uma demonstração de força contra o governo de Mauricio Macri, que afunda o país em desemprego e pobreza. As centrais e movimentos mais combativos convocaram uma paralisação nacional de 24 horas, que parou o país e levou milhares às ruas. A Intersindical Central da Classe Trabalhadora conversou com o secretário-geral da Central dos Trabalhadores da Argentina (CTA – Autónoma) Pablo Micheli, que falou da conjuntura da paralisação e da conjuntura local.

Ocupação Novo Rumo, FICA!

Ocupação Novo Rumo, FICA!

A Ocupação Novo Rumo, localizada na Vila Gomes, no município de São Paulo, está sob risco de despejo.

Por que não falam mais das virtudes liberais na Argentina?

Por que não falam mais das virtudes liberais na Argentina?

Há cerca de três anos, toda a grande mídia do Brasil, e muitos outros “cidadãos de bem”, tanto no Brasil quanto na Argentina, afirmavam peremptoriamente que o país vizinho estava ótimo e ficaria melhor, porque tinham tirado fora um “projeto nacionalista anacrônico” e, enfim, entrado para o reino da modernidade liberal.

"Deforma" da Previdência ataca quem mais precisa

“Deforma” da Previdência ataca quem mais precisa

Ao contrário do que diz a propaganda oficial, a proposta do governo prejudica sobretudo as pessoas mais pobres, como o trabalhador informal e o rural. O aumento no tempo de contribuição de 15 para 20 anos é cruel.

DIEESE lança indicador que mede a condição de trabalho no Brasil

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE lançou nesta quinta-feira (25) o Índice da Condição do Trabalho – ICT. Este indicador foi desenvolvido pela equipe técnica da instituição e tem como objetivo acompanhar e analisar as condições do mercado de trabalho brasileiro, tendo como base a realidade laboral.

Centrais organizam 1º de maio unificado contra o fim da aposentadoria

Pela primeira vez na história, o Dia do Trabalhador, comemorado em 1º de Maio, será organizado em conjunto por todas as centrais sindicais brasileiras. O motivo é a unidade contra a “deforma” da Previdência, do governo Bolsonaro. O evento começa às 10h, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, com o lema  “Em defesa dos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras: contra o fim da aposentadoria, por mais empregos e salários decentes”. 

Sem política de valorização, salário mínimo seria de R$572

Sem política de valorização, salário mínimo seria de R$572

O governo Bolsonaro confirmou que vai dar fim à política de valorização do salário mínimo, o que significa reajustes apenas pela inflação acumulada. A principal justificativa do governo é o impacto sobre as contas da Previdência Social.

Pedro Otoni - Crise do Pacto Federativo: a Lei Kandir

Pedro Otoni – Crise do Pacto Federativo: a Lei Kandir

O presente artigo trata do papel da Lei Kandir na interdição do Pacto Federativo. As Dívidas Públicas Estaduais, a Lei Kandir e a Lei de Responsabilidade Fiscal funcionam como as três cabeças da criatura mitológica que guardaria a porta do inferno, um cão chamado Cérbero.

Guedes tem dificuldades de obter apoio para mudar a Previdência

Uma semana após ter faltado ao embate na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o ministro da Economia, Paulo Guedes, compareceu ao colegiado, nesta quarta-feira (3), para defender sua proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19).

O povo se une contra o fim da aposentadoria

Uma iniciativa importante que servirá para pressionar o parlamento e integrar a população no processo será o abaixo assinado que as centrais sindicais vão lançar essa semana em todo o País. Além de possibilitar a participação ativa da população, o abaixo assinado servirá como instrumento de diálogo e de debate com a sociedade.

MP 873: Maia se compromete com nova redação 

As centrais sindicais foram recebidas ontem pelo presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia. O parlamentar reconhece que a Medida Provisória 873 editada pelo governo Bolsonaro é um mecanismo para impedir a organização sindical e, apesar das diferenças que ele tem com o movimento, considera que essa medida não é nada razoável para um país que se quer democrático.

Nota da CNBB sobre Reforma da Previdência 2019

Nota da CNBB sobre Reforma da Previdência 2019

Reconhecemos que o sistema da Previdência precisa ser avaliado e, se necessário, adequado à Seguridade Social. Alertamos, no entanto, que as mudanças contidas na PEC 06/2019 sacrificam os mais pobres, penalizam as mulheres e os trabalhadores rurais, punem as pessoas com deficiência e geram desânimo quanto à seguridade social, sobretudo, nos desempregados e nas gerações mais jovens.

Calcular Aposentadoria Reforma da Previdência 2019

Calcule sua aposentadoria

Calcule aqui sua aposentadoria. Veja como a proposta do governo aumenta o tempo de trabalho e os anos de contribuição pra você requerer o benefício. Veja como reduz o valor da aposentadoria.

MP 873: a exterminadora do futuro

MP 873: a exterminadora do futuro

A Medida Provisória 873, de 1º de março de 2019, veio para tentar concluir o serviço que a Lei n. 13.467/17 não conseguiu realizar por inteiro: aniquilar os sindicatos.​

A cara da crise: milhares fazem filas em busca por emprego

A cara da crise: milhares fazem filas em busca por emprego

Concentrados no Vale do Anhagabaú, centro da capital, cerca de 15 mil pessoas disputam 6 mil vagas anunciadas no Mutirão do Emprego, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo e pelo Sindicato dos Comerciários.

Por todo o país, milhares aderem à luta em defesa da Previdência

Por todo o país, milhares aderem à luta em defesa da Previdência

A resistência contra a “deforma da Previdência”, do governo Bolsonaro, começou a encorpar desde a última sexta-feira (22), com as mobilizações nacionais em defesa da aposentadoria. Foi um dia inteiro de atividades, com paralisações, panfletagens e atos de rua, marcando o primeiro protesto nacional contra a PEC, que foi apresentada em 20 de fevereiro.

CE - Fortaleza Contra o Fim da Aposentadoria

Fortaleza (CE) na luta contra a entrega da aposentadoria para os bancos

As Centrais sindicais (Intersindical, CUT, CTB, CSP-Conlutas, CSB, Unidade Classista), as Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular e vários sindicatos como o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort) promovem neste momento o ato “Ceará contra o Fim da Aposentadoria”.

Resolução sobre os Povos do Campo

Como um tsunami de rejeitos tóxicos que destrói sonhos, comunidades, rios, animais, contaminam o mar infectam os corais e de forma indelével marca a vida do planeta em nome do perverso acúmulo do capital, das mineradoras, do agronegócio, da especulação financeira.

Resolução em Defesa do SUS

O SUS representou um  marco importante na garantia do direito a saúde do cidadão brasileiro, ao determinar o caráter universal das ações e dos serviços de saúde no país, assegurando a saúde como direito de todos e dever do estado.

Resolução de Balanço da Intersindical

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora é resultado de um longo processo, principalmente a partir de 2006 na batalha para reorganizar a nossa classe com base no classismo, com coerência e independência política frente a patrões, partidos e governos. Em 2014, realizamos o congresso nacional de fundação e em 2016, o primeiro Congresso da Central.

Resolução sobre Financiamento Sindical

A organização e seu financiamento não é uma questão individual. Os trabalhadores e as trabalhadoras devem decidir coletivamente, em assembleias democráticas.

Resolução contra o fim da aposentadoria

O desafio principal da classe trabalhadora e seus aliados é impedir a aprovação da PEC 006, da deforma das aposentadorias. O governo propõe retirar da Constituição o direito à previdência e assistência social e entregar o sistema de seguridade para o capital financeiro.

Resolução de Conjuntura Nacional

A conjuntura política, econômica e social do Brasil é marcada por um processo de ofensiva da extrema direita, que tem como importante marco o Golpe parlamentar, judicial e midiático de 2016 – que marca o fim de um ciclo político-institucional conhecido como a nova república.

Resolução contra a agressão imperialista à Venezuela

O eixo central dos debates a luta pela paz e contra a ofensiva imperialista dos Estados Unidos da América – EUA contra a América Latina e Caribe, e em especial, contra a República Bolivariana de Venezuela.

Resolução de Conjuntura Internacional

As crises simultâneas do capitalismo O período atual é marcado pela existência de crises simultâneas e interdependentes. Na dimensão econômica,

Moção "Lula Livre" e liberdade a todos os presos políticos

Moção “Lula Livre” e liberdade a todos os presos políticos

O 2° Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe trabalhadora reafirma a posição tomada pela central durante o ano de 2018 e condena veementemente a prisão do Presidente Lula, bem como o processo de encarceramento político em curso em nosso país.

Dieese reforma da previdência

DIEESE e centrais iniciam Jornada Nacional de Debates sobre a PEC de Bolsonaro que quer acabar com aposentadoria

Às vésperas das manifestações em defesa da aposentadoria, que acontecem nesta sexta-feira (22), dirigentes sindicais se reuniram para lançar a 15ª Jornada Nacional de Debates do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), que se debruça sobre a Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019, a reforma previdenciária de Bolsonaro.

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Os delegados e delegadas do 2º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora se solidarizam com a companheira Maria Valéria. Recebemos com surpresa a notícia do pedido de prisão da companheira, pleiteado pela Associação de Docentes da UFAL (ADUFAL) e pelo Sindicatos dos trabalhadores da UFAL (SINTUFAL), contra a reitora Maria Valéria e membros da sua gestão.

Declaração do Seminário Internacional e Plano de Ação FSM

Declaração do Seminário Internacional da Intersindical e Plano de Ação da FSM

Nos dias 13 e 14 de março de 2019 em São Paulo- Brasil, realizamos o Seminário Internacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora e Federação Sindical Mundial – FSM, com representações de delegações de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Nicarágua, Panamá, Peru, Uruguai, Venezuela, e do Escritório na América Latina e Caribe da FSM.

Big destaca a importância de sindicatos se filiarem à FSM

Big destaca a importância de sindicatos se filiarem à FSM

Ricardo Saraiva Big, secretário de Relações Internacionais da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, conclamou os sindicatos filiados à central a também se filiarem à Federação Sindical Mundial (FSM) para fortalecer o internacionalismo classista sindical.

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Coordenador da FSM Chile, o dirigente sindical Christian Zambrano falou sobre o sistema previdenciário de seu país à plenária do 2º Congresso da Intersindical – Central da Trabalhadora, neste sábado. Segundo ele, não é possível analisar o processo de privatização das aposentadorias sem destacar o golpe militar e o governo do ditador Augusto Pinochet, que “matou e fez desaparecer homens e mulheres e aniquilar o movimento sindical”.

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

O diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Clemente Ganz Lúcio, provocou o 2º Congresso da Intersindical com reflexões sobre os impactos da atual reestruturação produtiva do capitalismo (quarta revolução industrial) na atividade sindical.

Está aberto o 2º Congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Está aberto o 2º Congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Três anos depois, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora volta a reunir suas lideranças sindicais e populares de todo o país para realizar seu Congresso Nacional. Neste ano, marcado pela consolidação do Golpe de 2016, a ofensiva contra os trabalhadores e o avanço do imperialismo sobre o Brasil e a América Latina, os eixos do Congresso são “Democracia, Direitos e Soberania”.

Ernesto Freire propõe forte autocrítica para a esquerda | Intersindical

Ernesto Freire propõe forte autocrítica para a esquerda

Ernesto Freire, da Federação Sindical Mundial (FSM) na América Latina, apimentou os debates sobre o “Mundo do Trabalho e os desafios do Movimento Sindical” propondo uma forte autocrítica da esquerda, conclamando pela unidade e a unificação.

Húbert de Jesús Ballesteros Gómez

‘Duque é o maior obstáculo para a paz na Colômbia’, diz Ballesteros

Húbert Ballesteros , da Fuerza Alternativa Revolucionaria del Común (FARC) um partido político colombiano fundado a partir dos acordos de paz entre o governo de Juan Manuel Santos e as FARC em 2016, num acordo em Havana, explicou parte da conjuntura colombiana deste governo de Ivan Duque Márquez durante o 1 º Seminário Internacional da Intersindical.