fbpx

Nota de repúdio ao atentado ocorrido no Al Janiah

Ontem, 31.08.2016, dia em que se consolidou o GOLPE no Brasil, o Bar e Restaurante Al Janiah foi violentamente atacado pela Polícia Militar, que jogou bombas no estabelecimento, aonde ocorria a apresentação de músicos brasileiros e sul africanos. Espaço de referência na luta da esquerda em São Paulo, construído por palestinos refugiados da Guerra na Síria e por militantes do [email protected] – Movimento Palestina Para Todos, foi alvo da truculência e fascismo do Estado neste momento sombrio que demarca o aumento da violência contra todos aqueles que não se calarão diante do Golpe e da retirada de direitos de toda a população do país – brasileiros, palestinos, sul africanos, sírios, haitianos, congoleses, e todo o povo trabalhador que aqui vive e batalha. 

Toda a solidariedade e apoio aos companheiros do Al Janiah, e a todos aqueles que foram brutalmente atacados pela polícia fascista do Estado. Somos mais fortes e seguiremos a luta. E enquanto houver golpes, as ruas não calarão.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top