Nota da Intersindical em apoio aos educadores do Distrito Federal agredidos

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora condena veementemente a agressão aos professores e orientadores do Distrito Federal durante a manifestação realizada nesta quarta-feira, 28, dia do servidor público.

As chocantes imagens capturadas durante a covarde ação da Polícia Militar (também servidores públicos), após já ter sido negociado a liberação da via pública, deixam claro qual o tipo de diálogo o governo de Rodrigo Rollemberg (PSB) tem com os trabalhadores.

Mais do que isso. A lamentável nota oficial do governo mostra a que ponto chega seu autoritarismo, ao criminalizar o sindicato – entidade de defesa da categoria – e admitindo que ações equivalentes da PM irão ocorrer caso novas manifestações aconteçam.

Como se não bastasse o calote do governador Rollemberg, com o não pagamento dos reajustes concedidos em 2013, os profissionais da educação agora se veem vítimas do braço armado e truculento do estado.

Nesse sentido, a Intersindical reafirma seu apoio aos servidores públicos paralisados. A luta dos trabalhadores é legítima. Os servidores não se intimidarão frente à violência deste governo.

Pagamento dos reajustes já ou que se fortaleça a greve!

Pela valorização dos servidores públicos!

Abaixo à repressão!

Leia também: Governo do Distrito Federal faz a ‘festa’ do servidor público com balas de borracha, spray de pimenta e gás lacrimogêneo

Assista aos vídeos da ação truculenta da PM:

1: Link externo para a rede social Facebook:
PMDF

2: Professores apanhando da policia do Distrito Federal (YouTube)

 

*

Top