Mulheres da Intersindical convidam: América Latina na Perspectiva de Classe e Gênero

As condições de vida e trabalho latino-americano, o avanço das terceirizações e as maneiras de superarmos as desigualdades de gêneros nos espaços de direção política são temas relevantes para debatermos a América Latina com recorte de classe e gênero.

Assim, as mulheres da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora, convidam todas e todos para o debate América Latina na Perspectiva de Classe e Gênero, com a dirigente chilena Viviana Abud, subcoordenadora de mulheres da América Latina da FSM (Federação Sindical Mundial) e Secretária Geral do SITECO (Sindicato Interempresa de la Gran Minería y Ramas Anexas).

O envolvimento de todas e todos é essencial para a construção da unidade latino-americana e para a superação das desigualdades de classe e gênero.

A atividade acontecerá no dia 30 de setembro, às 18h30, no Sindicato dos Bancários, em São Paulo (Rua São Bento, 413).

Para confirmar sua presença envie um e-mail para:

Tem Facebook? Então clique aqui e confirme sua presença no evento.

vivi_3p

A companheira Viviana Abud é presença confirmada na atividade.

Leia também:
Equidade de gênero no mercado de trabalho vai demorar 80 anos, indica estudo
Senado aprova cota mínima para mulheres no Legislativo

*

Top