fbpx

Nota do MTST: vitória! Contratações do Minha Casa, Minha Vida serão retomadas!

Saiba mais:
→ Por que as ocupações urbanas de Campinas ocupam o centro da cidade?


Após 22 dias de acampamento na avenida Paulista, em frente ao escritório da Presidência da República em São Paulo, os trabalhadores sem-teto do MTST conseguiram uma importante vitória.

Participamos ontem de uma reunião com o ministro das Cidades, na qual foi garantida a retomada das contratações de moradia na Faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, suspensas desde a entrada deste governo. O compromisso assumido prevê a publicação este mês de uma nova resolução para os projetos e, imediatamente, a retomada das contratações. Foi assegurado que, pelo critério de licenciamento avançado, os projetos do MTST e de outros movimentos serão contemplados.

O acampamento atingiu seu objetivo. Foram 22 dias de muita resistência, formação e cultura. Agradecemos a todas e todos que contribuíram de algum modo com esta grande luta. Aos que doaram alimentos, colchões, roupas. Aos que se apresentaram na tenda cultural, compartilhando seu conhecimento ou sua arte. A todos os movimentos, sindicatos e ativistas que foram solidários e passaram, em algum momento, por lá.

Não podemos deixar de mencionar o coletivo Fora do Eixo e o Círculo Palmarino, que foram decisivos para manter a vida cultural da ocupação. Estamos juntos!

O MTST sabe que ganhamos uma batalha, mas estamos em meio a uma dura guerra. Por isso, nossa luta não pára por aqui. Seguiremos nas ruas contra todos os ataques a direitos realizados pelo governo Temer e em luta pela democracia. Ontem não dissemos “adeus” à Paulista, mas só um “até logo”. No dia 15 tomaremos novamente esta avenida, com milhares de sem-teto, no dia de lutas contra a reforma da previdência. Assim também em todo o Brasil, nas mobilizações unitárias do movimento social.

Aqui está um povo sem medo de lutar!

João Dória Mente

O prefeito João Doria publicou em suas redes que o MTST desocupou a Paulista, após acampamento de 22 dias, por um pedido da prefeitura. O MTST não encerra suas lutas por pedidos de quem quer que seja.

Desocupamos a Paulista porque tivemos conquista, após uma reunião ontem com o ministro das Cidades, garantindo a retomada das contratações da Faixa 1 do Minha Casa Minha Vida.

E, gostem ou não, voltaremos à mesma avenida no próximo dia 15 numa grande mobilização contra a reforma da Previdência de Temer.

A luta é pra valer!

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top