fbpx

MTST ocupa terreno em Ceilândia na luta por moradia

O Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) ocupou, na madrugada deste sábado (4), um terreno de cerca de 270 mil m² na região do Pôr-do-Sol, em Ceilândia. 150 famílias estão no local.

A ocupação quer a construção de moradias populares dentro do programa Habita Brasília, como forma de cumprimento das diversas promessas já feitas pelo GDF ao MTST, como liberação de terrenos e inscrição na Codhab – ações prometidas, mas jamais executadas.

O MTST apoia, também, a regularização dos condomínios do Pôr-do-Sol e Sol Nascente, que já aguardam há anos a sua legalização por parte do governo.

O movimento se junta à população do DF na luta contra o abusivo aumento das tarifas do transporte, que chega a absurdos 25% em algumas linhas e já é alvo de duas ações na Justiça. Além disso, cobra do GDF outra postura frente à crise hídrica, já que o governo realiza hoje um verdadeiro racionamento seletivo, priorizando as regiões mais pobres na redução do consumo de água. 

A ocupação é por tempo indeterminado, até que sejam resolvidas as promessas do GDF, e o movimento espera negociação rápida por parte do governo.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top