fbpx

Mercedes-Benz paralisa atividades por tempo indeterminado

Segundo diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, montadora pôs todos os trabalhadores em licença remunerada e avisou que começará a demitir por telegrama nesta semana

A unidade da MercedesBenz em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, determinou hoje (15) a paralisação de suas atividades por tempo indeterminado e pôs todos os trabalhadores em licença remunerada. “Na semana passada, a empresa comunicou que a fábrica toda está de licença remunerada e além disso, disse que não tem como manter o excesso dos trabalhadores que tem e começará a demiti-los nesta semana, através de telegramas”, afirma o diretor administrativo do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Moisés Selerges, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

Segundo o dirigente, a montadora alega que há excedente de trabalhadores devido à conjuntura econômica. “A empresa alega excesso de mão de obra por causa da queda do mercado, o que aconteceu de fato e de forma significativa. Mas acreditamos que tem meios que evitem as demissões. Você pode fazer o Programa de Proteção ao Emprego (PPE) ou o layoff. Nós não temos uma receita pronta, mas temos vontade para evitar que as demissões aconteçam”, afirma.

A MercedesBenz, com 9.500 trabalhadores, comunicou neste mês que deseja demitir cerca de 2 mil funcionários. “Desde fevereiro, 1.400 estavam de licença remunerada. Agora, ela coloca o restante da fábrica e diz que há um excesso de mais de 2 mil trabalhadores. A Mercedez tem responsabilidade social, já ganhou muito dinheiro no Brasil, então, tem que aprender a suportar os momentos de crise”, diz Moisés.

Fonte: Rede Brasil Atual

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top