Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Trabalhadores escracham Temer

O presidente golpista Michel Temer (PMDB) e seu aliado tucano, o governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foram recebidos em Campinas com uma manifestação em protesto contra a reforma da Previdência, que impedirá o direito à aposentadoria dos/as brasileiros/as. Eles estiveram em no Polo Tecnológico no distrito de Barão Geraldo, em Campinas, nesta quinta-feira, 15/02, em visita ao projeto Sirius, do Laboratório de Luz Síncroton de 4ª geração.

Dirigentes do Unificados e da Intersindical Central da Classe Trabalhadora participaram do protesto em frente às obras do projeto Sirius. Um forte esquema policial foi montado no local. A Guarda Municipal chegou a tentar impedir a concentração de manifestantes. A comitiva de carros blindados passou pelo portão de acesso às obras do Sirius, onde trabalhadores de diversas categorias profissionais como químicos, farmacêuticos, petroleiros, professores, eletricitários, pesquisadores científicos e estudantes entoavam palavras de ordem como: “Temer, safado já é aposentado” e “Temer, ladrão, seu lugar é na prisão! ”.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Hipocrisia dos golpistas

Em 2017, o orçamento destinado à Ciência e Tecnologia brasileira sofreu um corte de 44% (de R$ 5,8 bilhões em 2016, para R$ 3,2 bilhões em 2017), o que levou ganhadores do Prêmio Nobel a encaminhar carta ao golpista alertando que a medida causará danos ao país por muitos anos, “com o desmantelamento de grupos de pesquisa renomados e um êxodo de cérebros que vai afetar os melhores jovens cientistas”. A pasta dilapidada está sob comando de Gilberto Kassab (PSD), que também esteve presente na atividade em Campinas.

Já o governador Geraldo Alckmin é responsável pelo crônico sucateamento da educação pública no estado de São Paulo, com fechamento de salas e uma reforma duramente criticada por profissionais da Educação e estudantes.

19/02: Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência Social

O Unificados convoca todos/as os/as trabalhadores/as a participar do Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência na próxima segunda-feira, 19/02, aderindo às manifestações em defesa do direito à aposentadoria. Em Campinas, além de paralisações de diversos setores, está programado um ato no Largo do Rosário, centro, a partir das 17h. Em São Paulo, a concentração para o ato será a partir das 16h no MASP. Participe!

Fonte: Sindicato dos Químicos de Campinas, Osasco e região


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Nilza, pela Intersindical, neste #24JForaBolsonaro na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, neste #24JForaBolsonaro, na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Camila, das Brigadas Populares, no #24JForaBolsonaro na Paulista
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários