Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Trabalhadores escracham Temer e Alckmin em visita a Campinas

Trabalhadores escracham Temer

O presidente golpista Michel Temer (PMDB) e seu aliado tucano, o governador do estado de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) foram recebidos em Campinas com uma manifestação em protesto contra a reforma da Previdência, que impedirá o direito à aposentadoria dos/as brasileiros/as. Eles estiveram em no Polo Tecnológico no distrito de Barão Geraldo, em Campinas, nesta quinta-feira, 15/02, em visita ao projeto Sirius, do Laboratório de Luz Síncroton de 4ª geração.

Dirigentes do Unificados e da Intersindical Central da Classe Trabalhadora participaram do protesto em frente às obras do projeto Sirius. Um forte esquema policial foi montado no local. A Guarda Municipal chegou a tentar impedir a concentração de manifestantes. A comitiva de carros blindados passou pelo portão de acesso às obras do Sirius, onde trabalhadores de diversas categorias profissionais como químicos, farmacêuticos, petroleiros, professores, eletricitários, pesquisadores científicos e estudantes entoavam palavras de ordem como: “Temer, safado já é aposentado” e “Temer, ladrão, seu lugar é na prisão! ”.

Hipocrisia dos golpistas

Em 2017, o orçamento destinado à Ciência e Tecnologia brasileira sofreu um corte de 44% (de R$ 5,8 bilhões em 2016, para R$ 3,2 bilhões em 2017), o que levou ganhadores do Prêmio Nobel a encaminhar carta ao golpista alertando que a medida causará danos ao país por muitos anos, “com o desmantelamento de grupos de pesquisa renomados e um êxodo de cérebros que vai afetar os melhores jovens cientistas”. A pasta dilapidada está sob comando de Gilberto Kassab (PSD), que também esteve presente na atividade em Campinas.

Já o governador Geraldo Alckmin é responsável pelo crônico sucateamento da educação pública no estado de São Paulo, com fechamento de salas e uma reforma duramente criticada por profissionais da Educação e estudantes.

19/02: Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência Social

O Unificados convoca todos/as os/as trabalhadores/as a participar do Dia Nacional de Luta Contra a Reforma da Previdência na próxima segunda-feira, 19/02, aderindo às manifestações em defesa do direito à aposentadoria. Em Campinas, além de paralisações de diversos setores, está programado um ato no Largo do Rosário, centro, a partir das 17h. Em São Paulo, a concentração para o ato será a partir das 16h no MASP. Participe!

Fonte: Sindicato dos Químicos de Campinas, Osasco e região


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

Postagens Relacionadas

*

Top