fbpx

Malaak Shabazz, filha de MalcolmX, participa de encontro hoje no centro de SP

Pela primeira vez ao Brasil, a ativista Malaak Shabazz, filha do lendário líder negro Malcolm X (1925-1965), que ficou famoso nos anos 50/60 por lutar contra o regime racista dos Estados Unidos, vai falar nesta quinta-feira (12) sobre racismo, discriminação e resistência. A atividade é aberta ao público, e começará às 14h, no auditório da Galeria Olido (Avenida São João, 473), no Centro.

Malaak, especialista em direitos humanos internacionais, atua na ONU há 29 anos e é uma das convidadas ao lado do rapper Dexter, para falar no Seminário Juventude Negra, promovido pela Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial de São Paulo, como parte da Semana da Consciência Negra.

Ela é especialista em questões de direitos humanos internacionais, como “Descolonização e a eliminação do racismo e discriminação, com ênfase na situação de meninas”, e “Erradicação da violência contra mulheres em conflitos armados e catástrofes climáticas”.

Além disso, está envolvida com a fundação Worldwide Orphans (WOO), que monitora as condições de crianças órfãs em desastres. E, por meio de seu trabalho com a organização britânica Human Appeal, mobiliza conscientização internacional e ajuda humanitária para os refugiados do Oriente Médio.

O encontro pretende integrar os agentes sociais, formadores de opinião e especialistas entorno de indicadores que colocam a população jovem em situação de exclusão em áreas como educação, saúde e emprego, e terá ênfase no enfrentamento da violência.

Leia também:
Ipea comprova que assassinato de negros é 3,7 vezes maior que o de brancos
Semana intensa de movimentações pela inclusão social dos negros no Brasil

Malcolm X 001p

Malcolm X

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top