Lucro do Santander Brasil é de R$ 5,8 bi em 2014, 19% do resultado mundial

Lucro do Santander Brasil é de R$ 5,8 bi em 2014, 19% do resultado mundial

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Sindicato dos Bancários de Santos e região

O Santander Brasil, maior banco estrangeiro no país, anunciou nesta terça-feira (3) que obteve lucro líquido de R$ 1,521 bilhão no quarto trimestre de 2014, alta de 7,9% sobre igual período de 2013. No ano, o lucro do banco espanhol ficou em R$ 5,850 bilhões, uma alta de 1,8% frente a 2013.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

A carteira de crédito total somou R$ 245,514 bilhões no final de dezembro de 2014, um avanço de 7,9% em 12 meses e 4,7% no trimestre. “Tanto em 12 meses como no trimestre, a variação do real frente ao dólar impactou a carteira de crédito em moeda estrangeira, que inclui também as operações indexadas em dólar”, informou o banco, conforme reportagem do G1.

O saldo das provisões para crédito de liquidação duvidosa totalizou R$ 14,582 bilhões em dezembro de 2014, redução de 2,8% em 12 meses e de 0,8% no trimestre.

O índice de inadimplência, superior a 90 dias, atingiu 3,3% do total da carteira de crédito, mostrando redução de 0,4 ponto percentual em 12 meses e em três meses. O índice de inadimplência entre 15 e 90 dias, atingiu 4,1% em dezembro de 2014, registrando redução de 0,6 ponto percentual em 12 meses e 0,2 ponto percentual quando comparado a setembro de 2014.

Lucro mundial

O Santander, principal banco da Eurozona, registrou em 2014 um lucro mundial de 5,82 bilhões de euros, uma alta de 39,3%, graças ao aumento da atividade e de uma redução das provisões.

Mas no quarto trimestre de 2014, o lucro líquido do banco, em processo de transformação estimulado por Ana Botín, sua nova presidente, caiu 9,3%, a 1,46 bilhão de euros.

No início de janeiro, o banco havia calculado o lucro em 5,8 bilhões de euros e procedeu um aumento do capital de 7,5 bilhões de euros para melhorar a solvência da instituição.

Por países, a maior participação no lucro veio outra vez do Brasil e do Reino Unido, ambos com 19%; seguidos por Espanha (14%), Estados Unidos (10%), México (8%), Chile e Polônia (6% cada um), Alemanha (5%), Argentina (4%) e Portugal (2%).

O produto líquido bancário, indicador do valor agregado obtido pelo banco, progrediu 4% no ano passado, a 29,55 bilhões de euros, segundo um comunicado do banco.

Ana Botin, que sucedeu o pai Emilio, falecido em setembro de 2014, adotou uma nova estratégia de crescimento.

Pela primeira vez desde o início da crise econômica, o lucro do banco aumentou nos 10 principais mercados, entre eles Brasil, Reino Unido, Espanha e México, segundo o Santander.

O banco reduziu em quase 1% seus custos e as provisões duvidosas em 14%, segundo o comunicado.

Pagamento da PLR e do PPRS

Com a publicação do balanço, o movimento sindical reivindica também o pagamento da segunda parcela da PLR e do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS). O Bradesco já anunciou que o crédito da PLR será feito na próxima sexta-feira (6).

 

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
Intersindical no #19JForaBolsonaro na Av. Paulista
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
ELEIÇÕES PERUANAS [Intersindical Debate #34]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
POR QUE IR ÀS RUAS NO 19J? [Intersindical Debate #33]
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários