URGENTE – Justiça de São Paulo quer despejar famílias na Pandemia

Compartilhe

Na noite desta segunda-feira, dia 09/08, o juiz Antônio Carlos Santoro Filho da 11ª Vara Cível do Fórum de Santo Amaro determinou o despejo de mais de 600 famílias de ocupação organizada pelo MTST na região do Jardim Novo Horizonte, Zona Sul da cidade de São Paulo.

O terreno ocupado é uma Zona Especial de Interesse Social segundo o Plano Diretor de São Paulo e por isso deveria servir para habitação popular, mas estava abandonado há mais de 50 anos, em uma das áreas mais adensadas e pobres da cidade. A ocupação é formada por centenas de famílias despejadas durante a pandemia, agravada pelo desemprego explosivo, pela fome e pela falta absoluta de política habitacional.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Apesar do longo tempo de abandono, a ordem de despejo foi publicada em tempo recorde: uma hora após o pedido ser apresentado. Além de desumana, a decisão é arbitrária e ilegal já que viola decisão do Supremo Tribunal Federal na ADPF 828. O MTST seguirá lutando na justiça e principalmente nas ruas para suspender o despejo.

Fonte: MTST

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Trabalhadores Químicos decidem pelo Fora Bolsonaro
Trabalhadores Químicos decidem pelo Fora Bolsonaro
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários