Juliana Bavuzo propõe intersecções dentro do próprio feminismo

Compartilhe

Juliana Bavuzo, secretária política das Brigadas Populares, expôs alguns dos desafios a serem debatidos no 2º Encontro de Mulheres da Intersindical, como o extermínio de direitos que afetam em especial as mulheres e a questão da própria atuação do movimento feminista.

“Na crise quem primeiro sofre o baque são as mulheres, temos que olhar para os nossos desafios internos, o mundo do trabalho mudou. As mulheres sempre estiveram no trabalho informal…como nós vamos pensar esses desafios, de retirada de direitos dos formais e aumento do trabalho informal?”, pontuou.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

O segundo desafio, segundo ela, é pensar o sindicalismo.

E o último desafio é do próprio feminismo. “Quem são nossas aliadas? Como fazer intersecções dentro do nosso feminismo”, questionou, uma vez que as opressões que afligem as mulheres se manifestam em configurações variadas, e em diferentes graus de intensidade e grupos.

Texto: Tsuli Turbiani


CLIQUE E ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários