Intersindical

Resolução sobre os Povos do Campo

Como um tsunami de rejeitos tóxicos que destrói sonhos, comunidades, rios, animais, contaminam o mar infectam os corais e de forma indelével marca a vida do planeta em nome do perverso acúmulo do capital, das mineradoras, do agronegócio, da especulação financeira.

Resolução em Defesa do SUS

O SUS representou um  marco importante na garantia do direito a saúde do cidadão brasileiro, ao determinar o caráter universal das ações e dos serviços de saúde no país, assegurando a saúde como direito de todos e dever do estado.

Resolução de Balanço da Intersindical

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora é resultado de um longo processo, principalmente a partir de 2006 na batalha para reorganizar a nossa classe com base no classismo, com coerência e independência política frente a patrões, partidos e governos. Em 2014, realizamos o congresso nacional de fundação e em 2016, o primeiro Congresso da Central.

Resolução sobre Financiamento Sindical

A organização e seu financiamento não é uma questão individual. Os trabalhadores e as trabalhadoras devem decidir coletivamente, em assembleias democráticas.

Resolução contra o fim da aposentadoria

O desafio principal da classe trabalhadora e seus aliados é impedir a aprovação da PEC 006, da deforma das aposentadorias. O governo propõe retirar da Constituição o direito à previdência e assistência social e entregar o sistema de seguridade para o capital financeiro.

Resolução de Conjuntura Nacional

A conjuntura política, econômica e social do Brasil é marcada por um processo de ofensiva da extrema direita, que tem como importante marco o Golpe parlamentar, judicial e midiático de 2016 – que marca o fim de um ciclo político-institucional conhecido como a nova república.

Resolução contra a agressão imperialista à Venezuela

O eixo central dos debates a luta pela paz e contra a ofensiva imperialista dos Estados Unidos da América – EUA contra a América Latina e Caribe, e em especial, contra a República Bolivariana de Venezuela.

Resolução de Conjuntura Internacional

As crises simultâneas do capitalismo O período atual é marcado pela existência de crises simultâneas e interdependentes. Na dimensão econômica,

Moção "Lula Livre" e liberdade a todos os presos políticos

Moção “Lula Livre” e liberdade a todos os presos políticos

O 2° Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe trabalhadora reafirma a posição tomada pela central durante o ano de 2018 e condena veementemente a prisão do Presidente Lula, bem como o processo de encarceramento político em curso em nosso país.

Dieese reforma da previdência

DIEESE e centrais iniciam Jornada Nacional de Debates sobre a PEC de Bolsonaro que quer acabar com aposentadoria

Às vésperas das manifestações em defesa da aposentadoria, que acontecem nesta sexta-feira (22), dirigentes sindicais se reuniram para lançar a 15ª Jornada Nacional de Debates do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), que se debruça sobre a Projeto de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019, a reforma previdenciária de Bolsonaro.

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Moção de solidariedade à Reitora Maria Valéria Corrêa, da UFAL

Os delegados e delegadas do 2º Congresso Nacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora se solidarizam com a companheira Maria Valéria. Recebemos com surpresa a notícia do pedido de prisão da companheira, pleiteado pela Associação de Docentes da UFAL (ADUFAL) e pelo Sindicatos dos trabalhadores da UFAL (SINTUFAL), contra a reitora Maria Valéria e membros da sua gestão.

Declaração do Seminário Internacional e Plano de Ação FSM

Declaração do Seminário Internacional da Intersindical e Plano de Ação da FSM

Nos dias 13 e 14 de março de 2019 em São Paulo- Brasil, realizamos o Seminário Internacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora e Federação Sindical Mundial – FSM, com representações de delegações de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Nicarágua, Panamá, Peru, Uruguai, Venezuela, e do Escritório na América Latina e Caribe da FSM.

Big destaca a importância de sindicatos se filiarem à FSM

Big destaca a importância de sindicatos se filiarem à FSM

Ricardo Saraiva Big, secretário de Relações Internacionais da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, conclamou os sindicatos filiados à central a também se filiarem à Federação Sindical Mundial (FSM) para fortalecer o internacionalismo classista sindical.

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Christian Zambrano: privatização da previdência chilena só foi possível devido à ditadura assassina de Pinochet

Coordenador da FSM Chile, o dirigente sindical Christian Zambrano falou sobre o sistema previdenciário de seu país à plenária do 2º Congresso da Intersindical – Central da Trabalhadora, neste sábado. Segundo ele, não é possível analisar o processo de privatização das aposentadorias sem destacar o golpe militar e o governo do ditador Augusto Pinochet, que “matou e fez desaparecer homens e mulheres e aniquilar o movimento sindical”.

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

Clemente Ganz: reinventar o movimento sindical para o novo mundo do trabalho

O diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Clemente Ganz Lúcio, provocou o 2º Congresso da Intersindical com reflexões sobre os impactos da atual reestruturação produtiva do capitalismo (quarta revolução industrial) na atividade sindical.

Está aberto o 2º Congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Está aberto o 2º Congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora

Três anos depois, a Intersindical Central da Classe Trabalhadora volta a reunir suas lideranças sindicais e populares de todo o país para realizar seu Congresso Nacional. Neste ano, marcado pela consolidação do Golpe de 2016, a ofensiva contra os trabalhadores e o avanço do imperialismo sobre o Brasil e a América Latina, os eixos do Congresso são “Democracia, Direitos e Soberania”.

Ernesto Freire propõe forte autocrítica para a esquerda | Intersindical

Ernesto Freire propõe forte autocrítica para a esquerda

Ernesto Freire, da Federação Sindical Mundial (FSM) na América Latina, apimentou os debates sobre o “Mundo do Trabalho e os desafios do Movimento Sindical” propondo uma forte autocrítica da esquerda, conclamando pela unidade e a unificação.

Húbert de Jesús Ballesteros Gómez

‘Duque é o maior obstáculo para a paz na Colômbia’, diz Ballesteros

Húbert Ballesteros , da Fuerza Alternativa Revolucionaria del Común (FARC) um partido político colombiano fundado a partir dos acordos de paz entre o governo de Juan Manuel Santos e as FARC em 2016, num acordo em Havana, explicou parte da conjuntura colombiana deste governo de Ivan Duque Márquez durante o 1 º Seminário Internacional da Intersindical.

‘As massas reclamam a unidade’, conclama Carmela Sifuentes

‘As massas reclamam a unidade’, conclama Carmela Sifuentes

A vice-presidenta da Confederação Geral dos Trabalhadores do Peru , Carmela Sifuentes, compartilhou, nesta quarta-feira (13/03), durante o 1º Seminário  Internacional da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, os aspectos da conjuntura  latino-americana na visão peruana e de sua central.

Celso Amorim abre o Seminário Internacional da Intersindical

A discussão sobre a geopolítica mundial com o ex-ministro das Relações Internacionais, Celso Amorim, abriu os trabalhos do 1º Seminário Internacional da Intersindical nesta quarta-feira (13/03), no hotel San Raphael, em São Paulo.

Programação do 2º Congresso Nacional da Intersindical | Intersindical

Programação do 2º Congresso Nacional da Intersindical

A abertura do evento vai acontecer próxima na sexta-feira, dia 15, às 19h no Hotel San Rafael (Largo do Arouche, no centro de SP) aproveitando que as delegações estarão chegando das diversas regiões do país e devem se hospedar no mesmo local. No sábado e domingo (16 e 17), as atividades serão realizadas na Quadra dos Bancários (Rua Tabatinguera 192, Praça da Sé).

Conversar, unir e mobilizar o povo em defesa da aposentadoria e da previdência pública!

Conversar, unir e mobilizar o povo em defesa da aposentadoria e da previdência pública!

O governo da extrema direita quer excluir de vez os trabalhadores mais empobrecidos elevando ainda mais o tempo de contribuição para o acesso à aposentadoria. Atualmente, já é muito difícil comprovar os 15 exigidos, dado a alternância que milhões de pessoas são submetidas, de longos períodos sem emprego formal e alguns curtos momentos de trabalho com carteira assinada.

Centrais se opõem à MP que exclui trabalhadores da previdência mesmo sem reforma

Centrais se opõem à MP que exclui trabalhadores da previdência mesmo sem reforma

São determinações que aprofundam a crise social e de emprego em que vivemos, tornam ainda mais vulneráveis os pequenos municípios, não investem no efetivo saneamento das contas previdenciárias nem apontam um caminho de negociação e entendimento, fundamental para se encontrar uma solução equilibrada e sustentável para a situação.

Nota de solirariedad al Sinaltrainal en Bugalagrande - Colômbia

Nota de solirariedad al Sinaltrainal en Bugalagrande – Colômbia

La Intersindical Central de la Clase Trabajadora – Brasil manifiesta su solidaridad con el compañero Omar Rengifo Rojas, presidente del Sinaltrainal en Bugalagrande y trabajador de Nestlé de Colombia SA, sindicalista que fue víctima de cobarde atentado en Valle del Cauca.

10 de agosto: Basta de golpe na educação! | INTERSINDICAL

10 de agosto: Basta de golpe na educação!

70% das crianças  de 0 a 3 anos não tem acesso a creche no Brasil, são 7,7 milhões de crianças sem matrícula na educação infantil, segundo o IBGE. Um quadro que prejudica o desenvolvimento escolar posterior destas crianças e afeta a inserção das mães ao mercado de trabalho.

10 DE AGOSTO: Basta de caos na saúde!

Sarampo, pólio, rubéola e difteria voltaram. Após serem erradicadas no país na década de 90 estas doenças retornaram após 2016. Isso se deve ao corte de recursos para a vacinação produzido pelo governo Temer.

10 DE AGOSTO: Basta de insegurança e violência!

No Brasil, segundo o IPEA, são mortos anualmente mais de 60 mil pessoas em decorrência da violência. Uma maioria de 56% dos óbitos são de homens jovens (15-19 anos), sendo que um negro tem 2,5 vezes mais chance de ser morto do que um não negro.

10 DE AGOSTO: Basta de congelamento do serviço público! | INTERSINDICAL

10 DE AGOSTO: Basta de congelamento do serviço público!

A PEC do Fim do Mundo (atual Emenda Constitucional nº 95) foi aprovada no final de 2016, logo após o golpe que colocou Michel Temer no poder. O mundo ainda não acabou, mas, nesse ritmo, as políticas públicas no Brasil estão próximas do fim.

10 DE AGOSTO: Basta de ataque à democracia

O único motivo para a condenação é impedir que Lula seja candidato à presidência da república, já que é ele o líder de todas as pesquisas de intenção de voto.

10 DE AGOSTO: Basta de miséria e fome!

Em 2017, a extrema pobreza no Brasil voltou ao nível de 2005. Isso significa que 11,8 milhões de brasileiros têm rendimento domiciliar per capita de até R$ 70,00.

10 DE AGOSTO: Basta de juros altos! Chega de extorsão! | INTERSINDICAL

10 DE AGOSTO: Basta de juros altos! Chega de extorsão!

A Maioria do povo brasileiro sofre os efeitos perversos da atuação dos bancos e do capital financeiro na economia. Um exemplo é a taxa de juros praticada no país, que funciona como um Robin Hood ao contrário, pois tira dos pobres e da classe média para engordar as fortunas de banqueiros, grandes empresários e rentistas.

10 DE AGOSTO: Basta de carestia! | INTERSINDICAL

10 DE AGOSTO: Basta de carestia!

A lista de compras das famílias brasileiras, a cada dia, se torna mais curta. As necessidades básicas não cabem no salário, e a maioria do povo aperta os cintos.

10 DE AGOSTO: Basta de só encontrar bico para sobreviver!

10 DE AGOSTO: Basta de só encontrar bico para sobreviver!

O Brasil voltou a ser um país recordista em desemprego. Para milhões de pessoas só sobrou bicos ou ocupações precárias para sobreviver. A informalidade no Brasil é antiga, mas após a aprovação da deforma trabalhista e da terceirização essa realidade piorou, e muito!

10 DE AGOSTO: Basta de desemprego! | INTERSINDICAL

10 DE AGOSTO: Basta de desemprego!

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a PNAD, falta emprego para 27,7 milhões de pessoas no Brasil. Por trás desses números existem mulheres e homens submetidos a um dos maiores dramas humano, o desemprego, que gera insegurança, medo, desespero e até depressão.

10 DE AGOSTO É DIA DO BASTA! Em defesa do emprego, da aposentadoria e dos direitos!

10 DE AGOSTO É DIA DO BASTA! Em defesa do emprego, da aposentadoria e dos direitos!

Acabou à pouco a reunião das Centrais Sindicais que contou com a participação de diversos sindicatos) que definiram o dia 10 de agosto como Dia do Basta. Será um dia nacional de luta em que ocorrerá em nível nacional contando com a participação de trabalhadores da Intersindical e das demais centrais, diversos sindicatos e movimentos sociais.

Eleições 2018: votar em quem defende a classe trabalhadora e a soberania nacional

Eleições 2018: votar em quem defende a classe trabalhadora e a soberania nacional

Nenhum voto em quem apoiou o golpe e os retrocessos! O desemprego e o subemprego atingem quase 30 milhões de pessoas. Para muitos, só restou o bico e o subemprego. Mesmo aqueles que estão no mercado formal já são atingidos pela introdução dos “contratos” precarizantes da reforma trabalhista, pela compressão salarial, pelos ataques às convenções coletivas, pela terceirização e pejotização desenfreadas, pelo esvaziamento da justiça do trabalho e pela tentativa de desmontar os sindicatos.

Centrais sindicais lançam Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora

Centrais sindicais lançam Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora

A agenda propõe de imediato medidas de combate ao desemprego e ao subemprego crescentes que já atingem 28 milhões de trabalhadores, como a criação de frentes de trabalho, com atenção especial para os jovens; a retomada das obras de infraestrutura e a implementação de políticas de amparo aos desempregados, com aumento das parcelas do seguro desemprego, vale transporte para o desempregado, vale gás, subsídio de energia elétrica, entre outras.

Greve dos Petroleiros: refinarias são alvo de ação de militares

Greve dos Petroleiros: refinarias são alvo de ação de militares

Intervenção militar na greve dos petroleiros! Em uma ação de violação do direito de greve dos trabalhadores, militares do exército ocuparam, com ajuda de Policiais Militares, a Refinaria Henrique Lage (REVAP) localizada em São José dos Campos, Vale do Paraíba (SP) nesta manhã de quarta-feira (30).