Nota da INTERSINDICAL ao Governo do Estado de Pernambuco em repúdio ao processo de perseguição política a Áureo Cisneiros

Ao Governo de Pernambuco: NÃO à perseguição política a Áureo Cisneiros

NÃO à perseguição política a Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol-PE

Ao Governo do Estado de Pernambuco

A Intersindical Central da Classe Trabalhadora vem manifestar seu mais profundo repúdio ao processo de perseguição política levado a cabo pelo Governo do Estado de Pernambuco contra uma das mais importantes lideranças do movimento sindical do estado, o companheiro Áureo Cisneros, Presidente do Sinpol-PE.

Com esse reiterado processo de perseguição política, o governo está atentando contra o direito constitucional de organização sindical. Essas práticas antisindicais são um atentado à democracia, ao direito de manifestação e à ação sindical legítima do Presidente da entidade representativa dos Policiais Civis de Pernambuco.

Exigimos que o governo cesse imediatamente esse processo de perseguição, cancele as punições descabidas e estabeleça um processo de negociação com o Sinpol para que se resolva no diálogo democrático esse processo.

Áureo Cisneros, o Sinpol e sua diretoria têm todo o nosso apoio e solidariedade na sua luta por melhores condições de trabalho para a categoria e por uma política de segurança pública que valorize a cidadania e o povo pernambucano.

São Paulo, 18 de abril de 2018

Direção Nacional da INTERSINDICAL Central da Classe trabalhadora

Assista ao vídeo da Intersindical em repúdio ao processo de perseguição política do Governo do Estado de Pernambuco e em defesa do Presidente do Sinpol-PE, Áureo Cisneiros:


ACOMPANHE A INTERSINDICAL NAS REDES

facebook/intersindical.central

YouTube/IntersindicalCentral

instagram/intersindical_cct

twitter/intersindical

Postagens Relacionadas

*

Top