Inquérito sobre cartel do metrô de São Paulo está parado há um ano

Inquérito sobre cartel do metrô de São Paulo está parado há um ano

Compartilhe

A Polícia Federal já concluiu a investigação sobre o esquema que fraudou licitações de trens da capital paulista, em sucessivos governos do PSDB, mas o Ministério Público não formalizou denuncia

O principal inquérito criminal que investigou o cartel do metrô em São Paulo está fazendo aniversário de um ano. Concluído pela Polícia Federal em novembro do ano passado, a investigação sobre o esquema que fraudou licitações para compras de trens entre 1998 e 2008, em sucessivos governos do PSDB, está parado no Ministério Público Federal.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Segundo reportagem, o procurador da República responsável pelo caso, Rodrigo de Grandis, ainda não decidiu se apresentará a Justiça denúncia criminal contra os suspeitos, o que resultaria em ação penal contra as 33 pessoas indiciadas pela Polícia Federal. Segundo o procurador, ele ainda aguarda, para a formalização das denúncias, envio de extratos bancários por autoridades estrangeiras que podem comprovar crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

O ex-presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) Mario Bandeira, o ex-gerente de operações José Luiz Lavorente, e os ex-diretores da estatal João Roberto Zaniboni e Ademir Venâncio de Araújo estão entre os indiciados.

Entre os executivos das empresas supostamente envolvidas, ainda estão os ex-diretores da Siemens, Alstom, CAF, Bombardier, Daimler-Chrysler, Mitsui e TTrans. Na lista, também está o consultor Arthur Gomes de Teixeira, apontado como intermediário de suborno.

O recorte temporal da investigação compreende os governos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin. Na conclusão do inquérito, os indiciados negaram as práticas criminosas.

Trensalao 002

Fonte: Congresso em Foco

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários