fbpx

Greve Geral: Intersindical tranca o trânsito da Baixada Santista

O Sindicato dos Bancários de Santos e Região e a Intersindical estiveram à frente das mobilizações da Greve Geral na  manhã de hoje. Juntamente com a CUT, sindicatos, estudantes e movimentos populares paralisaram as duas pistas da entrada da cidade de Santos, na altura do cemitério do Saboó, das 4h50 até 7h da manhã. No final da manhã, os manifestantes encontraram os petroleiros no prédio sede da Petrobrás, no Valongo, centro da cidade. As paralisações reuniram cerca de 200 pessoas.A partir das 17h, todas as categorias se reúnem em ato unificado da Baixada Santista.

Dirigente bancária, Eneida Koury destaca que, além da defesa da aposentadoria, a Greve Geral se conecta a todas as injustificações do povo brasileiro neste momento. “A população também não aguenta mais o desemprego e a alta de preços de produtos essenciais como a gás de cozinha, a energia elétrica e tudo que gira em torno da gasolina como alimentação, por exemplo. Sem falar da diminuição do Produto Interno Bruto (PIB) em 0,2%, ou seja, o recuo da economia e mais pobreza”, reitera Koury, que é presidente do Sindicato dos Bancários de Santos e Região.

 

 

SAIBA MAIS

Calcule sua aposentadoria
Baixe o jornal da Reforma da Previdência 2019
Baixe a HQ da Reforma da Previdência
Baixe a Cartilha Contra o Fim da Aposentatoria 

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top