Greve dos Servidores em Vinhedo

Compartilhe

O Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo divulgou Carta aberta a população e uma NOTA DE REPUDIO as agressões sofrida por uma diretora do sindicato feitas pelo filho do prefeito e Secretário de Gestão Pública e Transparência, Eduardo Pacheco.

Hoje durante nosso ato de greve, o Prefeito Dr. Dario aceitou finalmente realizar uma reunião com a diretoria. Estavam presentes nessa reunião representantes do Sindicato: Donizete Ribeiro, Sivaldo Costa e Monique Marmol e o Presidente Maurício Pixe Sanches. Da parte do Governo estavam presentes: O Prefeito Dr. Dario e os secretários Jorge Torrezin, Deise Serafim, Carlos Eduardo Diniz, Jaderson Spina e o Eduardo Pachecco, filho do Dr. Dario.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

A reunião foi muito truculenta, recebemos diversos ataques por parte do Governo, principalmente pelo filho do prefeito, Eduardo Pachecco, baixando o nível da discussão a todo momento. Inclusive, a greve foi ridicularizada pelo mesmo, dizendo que servidores estavam satisfeitos com o ajuste salarial de 3% e que o sindicato estava extrapolando ao convocar as manifestações e paralisações.

Foram irredutíveis quanto a apresentarem uma nova proposta, dizendo que não iriam dar “uma vírgula a mais” dos 3% que foram oferecidos.

O Sindicato não concordou com esse posicionamento vergonhoso e lamentável do Governo e amanhã iremos manter a PARALISAÇÃO.

O que o Governo Dario está fazendo com os servidores é uma HUMILHAÇÃO!

NÃO PODEMOS ACEITAR!

Atenciosamente,

Diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo

NOTA DE REPUDIO

O Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo (SSPV) REPUDIA a agressão sofrida por uma diretora do sindicato nesta quarta-feira, 1 de junho. 

Após muitas tentativas de reuniões, greves e mobilizações, finalmente conseguimos entrar na prefeitura para negociar com o prefeito da cidade, Dr. Dario. O filho do prefeito, Eduardo Pacheco (Secretário de Gestão Pública e Transparência), apesar de não ter um cargo de negociação, insistiu em ficar na reunião. 

O mesmo DESRESPEITOU uma diretora do SSPV com falas machistas, agredindo verbalmente e a tratando com extrema ofensa, ataques pessoais e xingamentos, usando falas como: “alguém faz essa menina ficar quieta”, “vai se ferrar”, “você é uma frustrada”. 

Nós, do Sindicato dos Servidores Públicos de Vinhedo (SSPV) repudiamos as atitudes machistas e as falas desrespeitosas que traduzem o modo truculento de fazer política de Eduardo Pacheco, filho do prefeito e pedimos uma RETRATAÇÃO PÚBLICA do secretário da prefeitura!

Diretoria SSPV.

Fonte: Gazeta Cidades

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Edson Índio, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Mané Gabeira, na Conferência Nacional dos Bancários
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Rita Lima, na Abertura dos Congressos dos Bancos Públicos
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários