Grande ato unificado contra a privatização da CELG

Grande ato unificado contra a privatização da CELG

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

A dimensão nacional da luta em defesa da CELG teve ontem, 12/11, mais um importante capítulo: a realização de um grandioso ato público contra a privatização do setor elétrico nacional.

Cerca de duas mil pessoas participaram desse momento histórico. Os trabalhadores da Saneago mostraram todo o seu apoio aos companheiros da CELG após uma grande marcha contra a privatização das empresas goianas. Entidades sindicais, movimentos sociais, populares e autoridades políticas nacionais, estaduais e municipais engrossaram esta luta que não é só do povo goiano.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Na ocasião o diretor do STIUEG Washington fraga disse que é importante que a Presidente da República não esqueça da sua história de luta, não se una ao Governo privatista de Goiás que não tem legitimidade nem compromisso com a classe trabalhadora.

Durante seu discurso o Senador Lindberg Farias falou do caos que o estado do Rio de Janeiro se encontra após a privatização da Light, onde, apenas no primeiro ano, 50% dos trabalhadores foram demitidos, e disse que é preciso lutar contra esta onda privatista. O deputado prometeu levar esta luta até as últimas instâncias e disse ainda que se o governo conseguir vender a CELG, a próxima com certeza será a Saneago.

Já o Senador Ronaldo Caiado disse que o Governo do Estado usou a federalização da Celg como o caminho mais rápido em sua estratégia de vender a empresa. “Diziam que a Eletrobras investiria na Celg. Mas ela não apenas não investiu como vai levar 51% do dinheiro que o leilão poderá arrecadar. E Goiás, além de não ver esse dinheiro, vai ficar com as dívidas. Enganaram os goianos e querem nos fazer crer que foi um bom negócio” declarou Caiado.

Ao final do ato o diretor do STIUEG João Maria de Oliveira agradeceu a todos os presentes e disse que é importante que cada um faça sua parte multiplicando a luta que ganha força a cada encontro.

Edson  Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, também esteve presente na atividade representando a central.

Stiueg 001

Com informações da assessoria de comunicação da Stiueg

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários