fbpx

Governo sinaliza percentual de 10,8% para servidores num prazo de 2 anos

O Ministério do Planejamento informou ontem (3/09) ser possível negociar um percentual de 10,8% em um prazo de 2 anos (2016-2017) para os servidores públicos federais do Executivo, que receberiam reajuste salarial de 5,5% em 2016 e 5,0% em 2017.

Além de reduzir pela metade o prazo que travava um debate com a categoria, o governo manteve a proposta de reajuste nos benefícios (auxílio-alimentacão, creche e plano de saúde) repondo percentual do período em que permaneceram congelados.

Ficou mantida também a proposta que altera regras da contagem de pontos das gratificações para fins de aposentadoria que tiveram prazo para incorporação da nova realidade melhorado em relação a proposta anterior.

A Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) lembrou hoje, via Facebook, que os funcionários públicos exigem reajuste salarial de 27,3% em 2016 e que o governo oferecia inicialmente 21,3% em quatro anos.

Agora os servidores públicos federais vão realizar assembleias na próxima semana para discutir a proposta.

O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais em Brasília vai se reunir na próxima terça (9/09) para avaliar o processo de negociação em curso e deliberar novas ações conjuntas das categorias para pressionar o governo a avançar nas negociações.

ACHOU ESSA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?Inscreva-se para receber nossas atualizações em seu e-mail

*

Top