Governo adia negociação e nova paralisação acontece nesta quinta-feira

Governo de SC adia negociação e nova paralisação acontece

Nova paralisação nesta quinta-feira (19h)

Nesta terça-feira, dia 17/04, as servidoras e servidores da saúde cumpriram mais um dia do calendário de paralisações nas unidades administradas diretamente pela SES, entre 07h e 10h.

Esse calendário de paralisações foi determinação da última assembleia da categoria (04/04) que deliberou que nos dias em que houver reuniões da comissão paritária criada entre Governo do Estado e Sindicato, acontecerão paralisações nas unidades de saúde do Estado.

Houve paralisações no Hospital Governador Celso Ramos, Maternidade Carmela Dutra, HEMOSC, Laboratório Central, Hospital Nereu Ramos, Hospital Infantil Joana de Gusmão, Hospital Regional de São José, Instituto de Cardiologia e IPQ, na região da grande Florianópolis. Em Lages, a paralisação foi no Hospital Tereza Ramos, em Ibirama no Hospital Waldomiro Colautti, em Mafra na Maternidade Dona Catarina Kuss, e em Joinville na Maternidade Darcy Vargas e Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. Somando todas as unidades, as paralisações envolveram centenas de servidoras e servidores das mais diversas profissões que compõem o quadro de atendimento da saúde todos os dias.

“Imprevisto do governo” adia a segunda rodada de negociação para quinta-feira

Nesta terça-feira (17/04), deveria ter ocorrido a segunda reunião da comissão paritária. No entanto, a direção do SindSaúde foi surpreendida com a notícia de que o governo teria tido um “imprevisto” e não poderia cumprir a agenda de negociação.

Dessa forma a reunião de negociação que deveria ter ocorrido na terça, ficou transferida para a quinta-feira, dia 19/04 as 13h.

O SindSaúde, como cumpre com o acordado e lembrando que temos a deliberação de que as paralisações ocorram nos dias que acontece a negociação, está convocando os servidores e servidoras da saúde para uma nova paralisação nesta quinta-feira, das 13h as 14h, acompanhando o calendário das negociações.

Fonte: Sindsaúde-SC


INTERSINDICAL – Central da Classe Trabalhadora
Clique aqui e curta nossa página no Facebook
Siga-nos no INSTAGRAM
Inscreva-se aqui em nosso canal no YouTube

*

Top