Franceses voltam às ruas contra projeto de reforma trabalhista

Franceses voltam às ruas contra projeto de reforma trabalhista

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Uma nova jornada de mobilizações ocorre nesta terça-feira (5) na França para protestar contra um projeto trabalhista que, segundo pesquisas, é rechaçado pela maioria dos franceses.

Os críticos do texto assinalam que favorece ao empresariado em detrimento dos direitos dos trabalhadores, em um país onde o desemprego se situa em torno de 10%.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Por sua vez, o governo e o patronato insistem em defendê-lo. Para a ministra do Trabalho, Myriam el Khomri, trata-se de uma iniciativa justa e necessária que deve permitir a redução da desocupação.

Milhares de pessoas devem atender ao chamado das organizações estudantis, que se mobilizem nesta terça-feira para reivindicar a retirada definitiva do plano. Detenções e confrontos entre manifestantes e membros das forças de segurança se produziram durante os protestos realizados em 31 de março.

Várias pessoas foram presas em Paris e em outras cidades do país em tais confrontos.

Na capital francesa, as detenções envolveram indivíduos que portavam armas e outros que lançaram projéteis, segundo fontes policiais.

O setor educacional e o de transporte somaram-se às ações. Os serviços de trens de alta velocidade e os que ligam as cidades com as periferias, assim como o metrô, estiveram afetados pela greve convocada.

Quanto aos aeroportos, também houve impactos. A greve de controladores aéreos obrigou a suspender voos no aeroporto de Paris-Orly e um terço em Marselha (sul).

O movimento afetou também o setor de educação. Em Paris vários liceus foram fechados e outros bloqueados por estudantes que se uniram às paralisações.

Fonte: Prensa Latina

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários