Forteleza: agentes de saúde e de endemias vão à Câmara e vereadores levarão propostas dos trabalhadores ao prefeito

Compartilhe

Dia 24, terça-feira, os agentes de saúde e de endemias lotaram o auditório da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor). A ida a Câmara seguiu deliberação da última assembleia geral realizada dia 19/11/15. A mobilização dos agentes, organizada pelo Sindifort, buscou sensibilizar os vereadores para que:

– Seja garantido o Piso salarial Nacional e se institua por lei uma gratificação ou Vantagem Pessoal Reajustável (VPR) no valor correspondente ao do incentivo de campo com reajuste anual na mesma data e percentual do reajuste dos servidores da PMF;

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

– Que a Prefeitura reconheça o tempo de serviço dos trabalhadores (celetista) até a publicação da lei do PCCS para todos os efeitos legais, que são:

a) Enquadramento na tabela salarial do PCCS;
b) Ascensão funcional (promoções por capacitação e progressão por tempo de serviço);
c) Anuênios e licença-prêmio;
d) Incentivo a Titulação Acadêmica para os ACS e ACE, independente da idade dos servidores já em 2016;

– Abertura imediata de negociação com a Prefeitura para discutir estas propostas.

Na Câmara Municipal, os agentes também  afirmaram novamente que não reconhecem a suposta deliberação de assembleia do sindicato especifico (Sinasce), ocorrida dia 16//11/15, que aceitava a proposta do prefeito de incorporar o incentivo de campo para chegar ao piso salarial. “Não podemos pagar da própria remuneração, o nosso piso salarial, é um absurdo a prefeitura fazer essa proposta”, disse um dos agentes presente na manifestação.

Ainda na manhã, foi formada uma comissão com representantes do Sindifort, dos ACS/ACE e dirigentes sindicais. Esta comissão reuniu-se com o presidente da CMFor, vereador Salmito Filho (PDT), vereador Didi Mangueira (PDT) e outros vereadores da base aliada e da oposição. Os vereadores assumiram o compromisso de procurar, durante esta semana, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) para interceder pelas propostas da categoria, lembrando que elas foram encaminhadas ao prefeito desde a semana passada.

Na terça-feira, 1º de dezembro, a comissão de sindicalistas e servidores da base voltará a CMFor para reunir-se com os vereadores e saber qual o posicionamento da PMF. A partir daí, o Sindifort deve mobilizar nova assembleia dos ACS/ACE para informar os encaminhamentos, tomar eventuais deliberações e ver como se dará a continuidade da luta. Os agentes devem permanecer atentos e mobilizados. Parabéns as duas categorias que hoje mais uma vez se mostraram fortes e unidas para garantir o PCCS e o Piso Nacional sem o prejuízo de seus direitos!

Sindifort 016_02

Sindifort 016_03

Fonte: Sindifort

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
Intersindical no 18° Congresso Sindical. Mundial, em Roma (Itália)
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
SindSaúde-SC na luta pelo Piso Nacional da Enfermagem
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Edson Índio, Secretário Geral da Intersindical, no 1º de Maio em SP
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários