Fortaleza: Servidores municipais vão à Câmara pressionar por mudanças em projetos de reajuste

Fortaleza: Servidores municipais vão à Câmara pressionar por mudanças em projetos de reajuste

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Na quarta-feira, 16/3, servidores e empregados públicos municipais, em estado de greve, comparecem à Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) para realizar manifestação e pressionar vereadores por mudanças nos projetos de lei que tratam do reajuste salarial e tramitam em regime de urgência desde a semana passada.

Grande parte do reajuste proposto pela Prefeitura será corroído pela inflação. Conforme os projetos enviados a CMFor, haverá 2% de reajuste em março e 8,5% em dezembro, havendo retroatividade a janeiro deste ano somente para os 2% iniciais. Esta proposta não repõe nem as perdas de 2015, já que os 8,5% serão corroídos pela inflação ao longo deste ano. Somente nos dois primeiros meses de 2016, a inflação em Fortaleza já acumulou 2,25%, tendo por base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Ano passado, Fortaleza teve uma inflação 11,43% pelo mesmo indicador.

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

Conforme estudo do economista e professor da UFC, Aécio Oliveira, “a inflação acumulada de maio de 2008 até dezembro de 2015 foi 66,47%, enquanto que os reajustes de salários totalizaram 37,84%. Seria necessário um reajuste de salários de 20,77%, a partir de 1º de janeiro de 2016, para recuperar o poder de compra de maio de 2008”.

Enquanto alega crise econômica, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) continua gastando milhões com obras, como a do viaduto que desabou na Raul Barbosa e com a terceirização da saúde e da limpeza urbana, entre outras. Diante de tanto descaso, servidores e empregados públicos seguem em mobilização, pedem apoio da sociedade e dos vereadores com a palavra de ordem “Não causamos a crise, não pagaremos por ela, a luta é de todos.”

008_04

Fonte: Sindifort

Acha esse material importante? Cadastre seu e-mail para receber nossa newsletter.

COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Já assistiu nossos últimos vídeos no YouTube?

2 de outubro FORA BOLSONARO
2 de outubro FORA BOLSONARO
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
Nilza Pereira: Unidade é a chave para derrotar Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
100 mil na Paulista pelo Fora Bolsonaro
Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários